4 de abr de 2018

Banco da Amazônia dispõe de recursos acima de R$ 302 milhões para investimentos no Maranhão este ano



GIRO ECONÔMICO

O presidente do Banco da Amazônia, Marivaldo Melo, anunciou nesta terça-feira (03), que a instituição financeira deve aplicar este ano no Maranhão R$ 302 milhões, nos diversos setores da economia e fortalecer empresas de todos os portes, além de contribuir com a melhoria da qualidade de vida da população, com geração de renda e desenvolvimento sustentável. 

Já o superintendente estadual, Frederico dos Santos França, detalha que as principais demandas são de agropecuaristas, principalmente pecuária de corte e agricultura, mas há uma gama de arranjos produtivos que demandam recursos, como avicultura, piscicultura, logística, indústria e comércio, bem como previsão de investimentos na área portuária do Itaqui, com ampliação do Terminal de Grãos (Tegram) e construção de um terminal para escoamento de celulose. 

Em 2017, o banco aplicou cerca de R$ 256,22 milhões no estado, o que corresponde a 20,60% do crédito de fomento aplicado pelas suas 12 agências. Leia mais em Maranhão Hoje.

Professores - Os candidatos que se inscreveram, até esta terça-feira (03), no processo seletivo do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) para atuarem como instrutores de Gestão e Negócios, em Balsas e Codó, e de Contador, em São Luís, vão se submeter aos testes dias 10 (conhecimento) e 25 de abril (didática) para as vagas do interior, e dia 13, os da capital, que também vão passar por entrevistas dias 25 e 27. A divulgação do resultado será dia 04 de maio no site do Senac e em jornal de grande circulação. 

Indústria - A produção industrial brasileira fechou os dois primeiros meses do ano com um crescimento de 4,3% na comparação com o mesmo período de 2017, a maior alta para um primeiro bimestre desde os 4,7% verificados em 2011. A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou nesta terça-feira (03) a Pesquisa Industrial Mensal Produção Física Brasil (PIM-PF Brasil) de fevereiro, quando o parque fabril fechou com expansão de 0,2% frente ao mês anterior. 

Capacitação - Pesquisa divulgada pela CNI nesta terça-feira (03) mostra que os brasileiros que se sentem preparados para o mercado de trabalho caiu de 14% em 2010 para 12% em 2017; razoavelmente preparados, caiu de 43% para 30%; pouco preparado, aumentou de 26% para 32%; e despreparado, aumentou de 13% para 32%. 








Os empresários Parmênio Carvalho e Parmênio Júnior com o novo ministro da Saúde, Gilberto Occhi, em recente evento em São Luís quando ainda era presidente da Caixa Econômica Federal



Encontro - A Federação das Indústrias (Fiema) realiza nesta quarta-feira (04), das 08h ao meio-dia, o Encontro com Empresários. A primeira palestra será proferida, às 09h, pelo ouvidor-geral da Vale, Alexandre Aquino, sobre Compliance para Stakeholders; e às 10h, os advogados André Menescal e Thiago Sarrad, da Nelson Willians & Advogados Associados, falam sobre Convalidação de Incentivos Fiscais. O evento será na Casa da Indústria Albano Franco (sede da Fiema), na Rotatória da Cohama. 

Cancelamento - A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) disponibilizou no seu site o cancelamento online/tempestivo da nota fiscal eletrônica (NFA-e), no prazo de até 24 horas. Excedendo este prazo, o usuário somente poderá fazer o cancelamento da Nota por meio de requerimento, protocolado nas agências de atendimento da Sefaz, direcionado para a Central de Operações Estaduais (COE). A opção de cancelamento online está disponível na página da NFA-e (http://aplicacoes.ma.gov.br/nfae/jsp/login/login.jsf).

Nenhum comentário: