27 de abr de 2018

Estudo do Etene, órgão vinculado ao BNB, constata aumento nas exportações nordestinas no 1º trimestre

As exportações do Nordeste somaram US$ 3,9 bilhões nos três primeiros meses do ano. Em comparação ao mesmo período de 2017, houve incremento de 3,8% nas vendas externas. O levantamento do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), área de pesquisas do Banco do Nordeste, tem base em números divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

O crescimento foi devido à comercialização de produtos básicos, que registraram aumento de 27%, e dos semimanufaturados, com avanço de 10% nas exportações. As vendas de algodão (224,6%), bagaço de soja (50,9%) e soja (22%) foram os destaques, enquanto as vendas de pasta química de madeira (65,8%) ganharam relevância entre os semimanufaturados.

Os principais parceiros comerciais (Estados Unidos, China e Argentina) responderam por 44,8% das exportações. No período de janeiro a março, relativamente ao mesmo período de 2017, os embarques para os EUA aumentaram 16,5% e Argentina, 28,4%. Leia mais em GIRO ECONÔMICO.

Nenhum comentário: