18 de abr de 2018

Famílias de São Luís e Buritirana recebem mais de R$ 5,1 milhões pelo Cartão Reforma para reforma de suas casas

GIRO ECONÔMICO

São Luís e Buritirana são os dois primeiros municípios do Maranhão selecionados para receber os benefícios do Cartão Reforma em 2018. A lista foi divulgada segunda-feira (16) pelo Ministério das Cidades. Serão destinados R$ 178,5 milhões para reforma, expansão ou conclusão dos lares em bairros selecionados pelas prefeituras, sendo que para o Maranhão o volume ultrapassa R$ 5,1 milhões, destinados para 949 famílias. Neste edital, foram contempladas localidades em 22 estados: Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins. 

A verba pode ser utilizada para a construção de quarto ou banheiro, substituição de telhado, obras de saneamento e energia, finalização de reboco ou pintura etc. O beneficiário fica responsável pelo custeio da mão de obra e de equipamentos. 

Para Buritirana serão liberados R$ 566.750,00, beneficiando 149 famílias. Para São Luís, serão destinados R$ 4.600.000,00 beneficiando 800 famílias dos bairros Santa Cruz e Vera Cruz. Leia mais em Maranhão Hoje.

Aposentadorias  - Após um trabalho de revisão de benefícios sociais concedidos pelo governo federal, 422 mil serão cancelados, sendo 228 mil auxílios-doença, 43 mil aposentadorias por invalidez e 151 mil benefícios de Prestação Continuada (BPC). Segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, o objetivo é revisar 1,8 milhão de benefícios, entre auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. A expectativa do governo é chegar a 1,1 milhão de benefícios mensais, o que chega à economia de R$ 20 bilhões. 

Arroz - A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realiza nesta quinta-feira (19) leilões de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) e de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro). Serão ofertadas 90 mil toneladas para PEP (75 mil do RS e 15 mil de SC) e 17 mil para Pepro (15 mil t do RS e 2 mil t de SC), totalizando 107 mil toneladas. O produto não poderá ser escoado para os estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do Maranhão, Piauí, Tocantins, Rondônia e Pará. 

Centenário - A seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Maranhão (OAB-MA) lança nesta quarta-feira (18), às 19h, a programação do Centenário da Faculdade de Direito do Maranhão, oportunidade em que será apresentado o calendário dos eventos para comemorar a data. 











A advogada Jéssica Thayna de Oliveira Lima, especialista em Direito Portuário, em recente palestra promovida Instituto de Ciências Náuticas do Maranhão na Faculdade de Negócios (Faene)





Documentos - Além da recuperação, pelo Cheque Minha Casa, de bens imobiliários e móveis, eletrodomésticos etc danificados pelas enchentes em diversas cidades do interior, outra ação deve ser desenvolvida pelo Governo do Estado para amenizar o sofrimento das famílias atingidas. Trata-se da recuperação de documentos de identificação pessoal e outras certidões sem as quais muitos vão encontrar embaraços no futuro para preservar ou recuperar direitos e não serem descredenciados de benefícios estaduais e federais. 

Salário - O salário mínimo para o próximo ano proposto pelo Governo Federal, que deve ser elevado para R$ 1.002,00, conforme valor previsto no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019, já chegou ao Congresso Nacional e foi encaminhada para análise da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO). Após passar pelas demais comissões, será levado ao plenário onde ser votado e encaminhado à sanção do presidente Michel Temer.

Nenhum comentário: