28 de abr de 2018

Maranhão é o estado que possui menos residências com microcomputador e máquina de lavar, segundo o IBGE

O Maranhão continua sendo o estado com o menor percentual de domicílios com microcomputador dentre todas as unidades da federação. É o que revela a Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílio (PNAD) divulgada quinta-feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Outro bem com pouca penetração nos domicílios maranhenses é a máquina de lavar roupa. Apesar da variação positiva de 25,5% para 26,7% de 2016 para 2017, o Maranhão é o penúltimo, em termos percentuais, como domicílios com acesso a esse bem.

Mesmo com da grande diminuição de domicílios que possuem apenas TV de tubo, com o percentual se reduzindo de 47,5% em 2016 para 41,5% em 2017, o Maranhão continua sendo o terceiro estado com o maior percentual de domicílios que possuem apenas esse tipo de aparelho nos domicílios.

Esses números demonstram existir uma dificuldade de acesso para determinados bens de maior valor. Tal fato se coaduna com o dado da PNADC sobre o rendimento médio real habitualmente recebido por mês de todos os trabalhos, onde o Maranhão ocupa a última posição com o valor de R$ 1.299,00 (dados do quarto trimestre de 2017). Leia pesquisa completa em MARANHÃO HOJE.

Nenhum comentário: