31 de mai de 2018

Agricultores maranhenses temem perder boa parte da safra recorde de grãos por dificuldades de escoamento

GIRO DE QUINTA 

Depois de comemorarem uma safra recorde de grãos para este ano (mais de 3,4 milhões de toneladas), os agricultores estão apavorados com as ameaças de perda da colheita por não terem como fazer o transporte. Na região de Balsas, segundo o Sindicato dos Produtores Rurais, muita soja está armazenada nas fazendas a espera de liberação das rodovias, pelos caminhoneiros, para que os agricultores possam mandar para os portos, principalmente o Itaqui, em São Luís, por onde sai, em grande parte, para o exterior. 

Por outro lado, muitos caminhões estão retidos, carregados, e isto pode significar perda na qualidade e consequente depreciação de preço, porém o que mais preocupa é o atraso na entrega, pois isto acumula gastos extras com os navios a espera de carregamento para poderem zarpar.

A situação é mais complicada na região de Chapadinha, onde apenas metade da plantação foi colhida, ou seja, muita soja e milho ainda no campo, e se não houver colheita boa parte vai se perder, provocando prejuízos incalculáveis para os produtores. 

Comércio - O funcionamento do comércio nesta quinta-feira (31) com condições especiais para os comerciários, como pagamento de hora extra dobrada e gratificação de R$ 50,00 (em espécie) ao final do expediente, vale apenas para os que fecharam acordo coletivo de trabalho, que são lojas de confecções, eletrodomésticos, atacadistas etc. Concessionárias de veículos, supermercados, farmácias, postos de gasolina etc abrem sem as obrigações, porque Corpus Christi não está no calendário oficial de feriados em São Luís. 

Vacinação - A primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa se encerra nesta quinta-feira (31), mas tudo indica que o prazo poderá ser estendido, pois muitos criadores alegam dificuldades para fazer o transporte do medicamento até suas propriedades com os bloqueios das rodovias pelos caminhoneiros desde a segunda-feira (21) da semana passada. Além dos problemas de transporte, muitos fazendeiros enfrentam problemas para deslocamento dos animais por conta do inverno rigoroso. 

Distinguido com a Medalha Timbira Mérito do Trabalho, o 
diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem 
Comercial (Senac), Ahirton Lopes, com o desembargador
 James Araújo Farias 
Feriado - As repartições públicas estaduais e municipais decidiram estender o “feriado” de Corpus Christi e decretaram ponto facultativo para sexta-feira (1º de junho), ou seja, quatro dias sem nenhum atendimento ao contribuinte, apenas os serviços essenciais. 

Gráficas - Mais um setor produtivo ameaçado pela greve dos caminhoneiros: o de gráficas. Segundo o presidente do sindicato dessas empresas, Roberto Carlos Moreira, muitas estão sem papel, chapas de impressão, tinta etc e correm risco de parar suas atividades. Ele diz que um caminhão seu está retido em Pernambuco desde a semana passada e seu estoque deve durar para mais dez dias, ou seja, se até segunda-feira (04) não houver uma solução para o problema pode faltar impressos na cidade, até mesmo jornais. 

Emprego - De janeiro a março, o Senac já encaminhou mais de 630 ex-alunos do Senac para as 218 vagas do seu Banco de Oportunidades, solicitando indicação de profissionais. Das áreas que contratam com maior frequência estão Comércio (vendedor, operador de caixa, gerente etc) e Hospitalidade (funções como cozinheiro, garçom, copeiro etc). O porte das empresas que procuram a instituição vai desde negócios com apenas dez funcionários até grandes fábricas, não se restringindo a um tamanho padrão de empresa.

30 de mai de 2018

Corpus Christi não é feriado em São Luís, mas comerciário que trabalhar nesta quinta vai ganhar hora extra dobrada

GIRO ECONÔMICO


Todos os anos a história se repete, mas não custa lembrar: Dia de Corpus Christi não é feriado em São Luís, muito embora a maioria dos estabelecimentos comerciais e industriais e as repartições públicas – claro – não funcionem. O feriado foi extinto nos anos 1990, pela Câmara Municipal, depois que a Justiça determinou a redução de cinco para quatro, como manda a legislação federal, e a discussão, gerada pela Associação Comercial, tinha como objetivo tirar o 08 de setembro da lista dos feriados, pois os municípios só podem cria-los para comemoração religiosa. 

Que fizeram os vereadores? Mantiveram o 08 de setembro, não como aniversário da cidade, mas como Dia da Natividade de Nossa Senhora, e Corpus Christi foi para o sacrifício.

Como a data é comemorada nacionalmente, São Luís acaba desobedecendo a lei municipal, e assim continua com os cinco, muito embora as empresas, salvo por força de acordo coletivo, que funcionarem não estão obrigadas a pagar hora extra aos empregados. 

Mérito - O diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) no Maranhão, Ahirton Lopes, foi um dos agraciados com a Medalha da Ordem Timbira do Mérito Judiciário do Trabalho, honraria criada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MA) para homenagear personalidades que se destacaram no Direito do Trabalho ou prestaram relevantes serviços à Justiça do Trabalho no país, em especial, no Maranhão. Este ano, foram condecoradas 32 personalidades. 

Supermercados - A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) divulgou nota em que alerta para a redução dos estoques devido aos protestos dos caminhoneiros. Segundo a entidade, os estoques de produtos não perecíveis, que tem duração média de 15 dias, já estão pela metade. A Abras acrescenta que, mesmo após o movimento de caminhoneiros vir a ser encerrado, serão necessários de cinco a dez dias para que o abastecimento dos supermercados voltem a se normalizar. As manifestações chegaram ontem ao nono dia.

Na plenária que debateu o eSocial, em evento da Câmara 
dos Dirigentes Lojistas (CDL), o presidente da entidade, Fábio Ribeiro, 
com o advogado Bruno Carvalho (E) e o presidente do Conselho 
Regional de Contabilidade (CRC-MA), João Conrado de Carvalho 
Seletivo do Sesc - De 4 a 10 de junho, o responsável do candidato ao seletivo da Escola Sesc de Ensino Médio deve confirmar inscrição na unidade da cidade em que reside, devendo levar duas fotos 3x4, originais e cópias autenticadas da certidão de nascimento ou RG, declaração de que o candidato está cursando ou concluiu o último ano de ensino fundamental e comprovante de residência. 

Conab - A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) cumpriu nesta segunda-feira (28) um dos itens do acordo celebrado entre o governo federal e os caminhoneiros, ao publicar uma chamada pública para a contratação de frete para remoção de 26 mil toneladas de milho dos estoques públicos de Sorriso (MT) para Palmeira do Piauí (PI). O anúncio deu-se após a divulgação dos termos da Medida Provisória assinada pelo presidente Michel Temer em que foi concedido vários benefícios para acabar a paralisação. 

Babaçu - Foi realizado nesta terça-feira (29), em Itapecuru-Mirim, seminário com quebradeiras de coco para discutir formas de inclusão social, como a sociobiodiversidade na Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM-Bio). Cerca de 300 pessoas (extrativistas e representantes de diversas instituições do estado) participaram do evento, coordenado pelo Movimento de Mulheres Trabalhadoras e Rurais e Quebradeiras de Coco Babaçu em parceria com a Associação das Quebradeiras de Coco e clubes de mães.

Aeroporto de Imperatriz continua sem combustível, segundo comunicado da Infraero desta terça à noite

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), em nota divulgada na noite desta terça-feira (29), informou que o Aeroporto Renato Cortez Moreira, de Imperatriz, continua sem combustível de avião. O aeroporto continua operando apenas com os voos que fazem escala pelo município, como é o caso dos voos entre São Luís e Brasília.

A empresa diz que já alertou os operadores de aeronaves para avaliarem seus planejamentos de voos para que cada um possa definir sua melhor estratégia de abastecimento de acordo com o estoque disponível nos terminais de origem e destino.

Segue a relação dos aeroportos que estão com falta de combustível:

  • São José dos Campos/SP
  • Uberlândia/MG
  • Campina Grande/PB
  • Juazeiro do Norte/CE
  • Palmas/TO
  • Imperatriz/MA
  • Londrina/PR
  • João Pessoa/PB

A Infraero informou ainda está em contato com órgãos públicos relacionados ao setor aéreo para garantir a chegada dos caminhões com combustível de aviação aos aeroportos administrados pela empresa. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

29 de mai de 2018

Você sabia? No Maranhão, quem tem avião paga menos ICMS sobre combustíveis do que dono de carro popular

Um dos primeiros atos de Flávio Dino (PCdoB) logo após assumir o Governo do Estado foi reduzir, em março de 2015, o ICMS sobre Querosene de Aviação (QAV) para as companhias aéreas. Aquelas que operam em apenas um aeroporto, deixaram de recolher 25% e passaram a pagar 17%; as que operam em dois aeroportos, 12%; e as que operarem em três aeroportos ou fizerem voos internacionais e para os destinos dos Lençóis Maranhenses (Barreirinhas) e Chapada das Mesas (Carolina), 7%. Para aviões particulares, foi mantida a alíquota de 25%.

O argumento do governador para promover essa redução era impulsionar o turismo, ou seja, por pagarem imposto menor aqui, as companhias aéreas iriam criar mais voos para o estado, o que não se confirmou. De acordo com dados da Infraero, em 2014 foram registrados 25.821 pousos e decolagem no Aeroporto Cunha Machado, em São Luís, e 9.400 no Renato Cortez Moreira, em Imperatriz. Somados, registraram 35.221 pousos e decolagens. Passados três anos desse benefício, o movimento nos dois aeroportos caiu em 2017 para 25.528, isto é, 9.693 a menos, quase 10 mil. Foram 19.695 em São Luís e 5.833 em Imperatriz.

Resultado de imagem para querosene de aviação
O litro do querosene de aviação, além de ter um ICMS menor, custa R$ 3,30, bem menos do que paga num posto de combustíveis o dono de um veículo, seja automóvel de luxo ou popular. Fazendo-se as contas, uma companhia aérea que opera em apenas um aeroporto deixa para os cofres do Estado, por litro de querosene, R$ 0,59; já as que operam em dois aeroportos R$ 0,42; e se houver voo para o exterior partindo do Maranhão e forem atendidas Barreirinhas e Carolina, apenas R$ 0,24.

Imagem relacionada
Além das companhias, os donos de aviões particulares pagam bem menos por combustível do que o consumidor comum que necessita de gasolina para o seu dia a dia, pois, embora mantida a alíquota de 25%, o que ele paga por  litro de querosene não chega a R$ 1,00, apenas R$ 0,87.

Vale ressaltar que no Maranhão, gasolina, comum ou aditivada, é considerada artigo de luxo, assim como jóias, perfume importado, jet ski etc, por isto tem ICMS de 28% e, como pelo Ato Cotepe, incide sobre R$ 3,88, fica para o estado, por cada litro vendido na bomba, R$ 1,09.

Banco do Nordeste abre chamada para financiamento de R$ 4 milhões a projetos sobre Soluções Inovadoras

GIRO ECONÔMICO

Com o tema “Soluções Inovadoras para Implementação do Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste”, o Banco do Nordeste abre chamada pública para seleção de projetos no valor total de R$ 4 milhões. O edital faz parte do plano de ações focado no desenvolvimento territorial e na organização, fortalecimento e elevação da competitividade das cadeias produtivas. A fase de inscrições vai até 11 de julho e o resultado da primeira etapa será conhecido em 10 de agosto. 

Podem participar da seleção instituições públicas e privadas sem fins lucrativos, sediadas ou com atuação nos Estados nordestinos e no norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Os projetos podem ter prazo de seis meses a dois anos de execução, e serão apoiados com até R$ 300 mil.

Os recursos não reembolsáveis são do Fundo de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci) para apoio a projetos de desenvolvimento e difusão de soluções inovadoras e sustentáveis. 

Combustível - O empresário Leopoldo dos Santos Neto, proprietário da Rede Natureza, tem uma preocupação com a medida anunciada pelo presidente Michel Temer para atender as exigências dos caminhoneiros: como compensar as compras que foram feitas com a incidência da Cide e do PIS/Cofins sobre o óleo diesel e ser obrigado a vender o litro do combustível com R$ 0,46 de desconto. Outra preocupação é com a normalização do abastecimento dos postos, pois isto, segundo ele, ainda vai levar um bom período. 

Comércio - A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA) informou nesta terça-feira que nesta no feriado pelo Dia de Corpus Christi, a ser comemorado quinta-feira (31), o comércio pode funcionar em São Luís das 8 às 14 horas para os estabelecimentos de rua e das 14 às 20 horas os de Shopping Centers, com pagamento de 100% sobre o valor da hora normal e mais gratificação de R$ 50,00, conforme acordo firmado por meio da Convenção Coletiva de Trabalho. 

Na Ação Global de sábado, no Multicenter Sebrae, José 
Ahirton Lopes (Senac), Fábio Ribeiro (presidente da CDL São Luís), 
Antônio Froes (diretor da CDL) e Pedro Robson (vice-presidente
 da Federação das Indústrias 
Vacinação - Faltando ainda três dias para encerramento da primeira fase da campanha de vacinação contra a febre aftosa, alguns criadores temem enfrentar problemas para transportar o medicamento de imunização até os pastos, pois trata-se de produto muito delicado, que pode se perder se demorar na entrega. 

Avicultura - O problema no segmento de avicultura tende a se tornar mais delicado no Maranhão do que em outras unidades da Federação porque o estado não conta com frigoríficos de aves, ou seja, toda a produção local – estimada em 3,5 milhões de frangos/mês – é vendida para abates em feiras ou abatedouros fora do estado, e como não há transporte para tirar esses animais, as granjas estão produzindo sem ter como acomodá-los, porém o pior é não receber ração e esses animais passarem a correr risco de morrer de fome. 

Cerveja - Um dos itens de consumo que alguns brasileiros consideram mais importante, a cerveja, pode falta se as indústrias não receberem insumos e não tiverem como levar sua produção até os consumidores. Pelo menos no que diz respeito aos refrigerantes, energéticos e sucos, em algumas fábricas a produção foi encerrada nesta segunda-feira, e, segundo o presidente do Sindicato da Indústria de Bebidas (Simdbebidas), Francisco da Rocha, não é nenhum exagero se prevê até falta de água engarrafada.

Maranhão ainda sofre sérios riscos de desabastecimento com a paralisação dos motoristas de caminhões

O Maranhão pode entrar em risco de desabastecimento, caso os motoristas de caminhões, ainda que a paralisação seja suspensa 100%, não consigam normalizar entregas de insumos, animais, produtos industrializados etc. Um dos setores mais preocupantes é o da agropecuária, com riscos de perdas na colheita de grãos, fornecimento de carne, frangos e leite, e até mesmo o setor automotivo pode ser comprometido.

Segundo o presidente da Federação da Agricultura (Faema), Raimundo Coelho, produtores de soja e milho do Sul do Estado e da região de Chapadinha temem perder grande parte daquela que seria a maior colheita de grãos dos últimos anos. Na região de Balsas, diz ele, a safra está quase toda colhida e a preocupação agora é com o escoamento, pois com a retenção nas estradas e a armazenagem precária nas próprias fazendas, os grãos podem perder qualidade e os preços serem depreciados, mas há o risco de perda total. Já na região de Chapadinha, ainda faltam colher 50% da produção se não houver combustível para as máquinas colheitadeiras e caminhões para retirar o que já foi colhido haverá perdas enormes.

Ainda de acordo com Raimundo Coelho, o setor pecuário também é preocupante, pois os fazendeiros não têm como tirar o boi do pasto para levar até os frigoríficos e este têm dificuldades de levar a carne até os açougues e supermercados. Quanto ao leite, disse que boa parte da produção está se perdendo, pois não há como fazer o transporte e os animais devem ser ordenhados para preservação de sua saúde.

Ainda no segmento da agropecuária, o presidente da Associação dos Avicultores (Avima), José Augusto Monteiro, diz que as granjas estão ficando sem ração para alimentar os frangos e estes podem morrer com mais de três dias sem alimentação adequada. Segundo ele, o Maranhão produz 3,5 milhões de cabeças por mês, e boa parte desse plantel pode ir para o sacrifício.

Automóveis  - No segmento de automóveis, o empresário Manoel Dias, do Grupo Alvema, diz que as concessionárias trabalham com estoque para até 45 dias, portanto as vendas realizadas nas lojas podem ser atendidas sem problemas, contudo quem fez compra direta, pela internet, para receber na revenda autorizada, vai ter de esperar um pouco mais, porque já se passaram mais de sete dias de paralisação e as fábricas deixaram de produzir novos veículos porque seus pátios estão lotados.

Ainda de acordo com Manoel Dias, a parte mais preocupante é de assistência técnica porque nenhuma concessionária consegue manter 100% dos itens em estoque, isto é, sempre há pedidos para atender algum tipo de reparo, e as empresas não estão fazendo a entrega, o que pode significar mais tempo do carro na oficina.

Por outro lado, o presidente do Sindicato da Indústria de Bebidas (Sindbebidas), Francisco da Rocha, informou que a partir desta terça-feira algumas vão parar as atividades, por falta de insumos e não terem como tirar a produção dos armazéns. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

27 de mai de 2018

Quase metade do preço da gasolina é de impostos que são cobrados pelos governos federal e estaduais

GIRO ECONÔMICO

Criou-se uma disputa entre os governos federal e estaduais para se identificar onde está a causa do preço de combustíveis ser tão elevado. Segundo a Petrobras, o valor é composto de três variáveis principais: o cobrado nas refinarias ou na importação, impostos estaduais e federais e a margem de comercialização dos distribuidores e postos revendedores. Os impostos federais que incidem na gasolina e no diesel são a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), PIS/Pasep e Cofins. No caso da gasolina, os tributos correspondem a 16% do preço final e 13% no diesel.

O Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), cobrado pelos estados, tem peso médio de 29% no preço final da gasolina e de 16% no diesel. Essa variação é um dos motivos para as diferenças entre os preços de cada unidade da Federação.

Como o leitor pode perceber, quase metade do que entra no seu tanque é imposto, e a outra parte fica com quem extrai e refina petróleo, transporta combustível até às distribuidoras, estas levam até os postos e estes cobrem custos operacionais e geram o lucro dos donos. Fácil de entender, não é mesmo?

Combustíveis - Os proprietários dos postos onde ainda é possível encontrar combustíveis em São Luís estão temendo pela segurança de seus empregados – frentistas e gerentes – diante da fúria dos motoristas que não conseguem abastecer seus veículos. Em alguns locais, há registros de ameaça de agressões físicas por parte de quem, após enfrentar horas e horas em filas quilométricas, encontra a bomba vazia. Dados do Sindcombustíveis dão conta de que cerca de 20% dos postos da capital ainda têm estoque para vender.

Desconfiança - O Índice de Confiança do Empresário Industrial do Maranhão (ICEI-MA) apresentou mais uma redução em abril (-3,9), a segunda queda consecutiva desde fevereiro, segundo pesquisa da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), realizada entre 02 e 16 do mês passado. O índice geral de confiança fechou em 56,1 pontos, e o segmento da indústria, que caiu 4 pontos, encerrando abril com 58,1 pontos. A construção civil apresentou queda (-2,7) e concluiu o mês com 50,7 pontos.

Na solenidade de comemoração dos 65 anos do Senai no
Maranhão, o diretor estadual, Marco Moura, com o presidente da 
Federação das Indústrias (Fiema), Edilson Baldez, e o diretor nacional 
do órgão, Rafael Lucchesi 

Aeroportos - Os aeroportos do Maranhão – Cunha Machado (São Luis) e Renato Cortez Moreira (Imperatriz) – não registram atraso nem cancelamento de voos, apesar dos transtornos que estão sendo sentidos em outros lugares, onde os aviões deixaram de voar por falta de combustíveis.

Pavimentação - As universidades Estadual do Maranhão (Uema) e Ceuma (Uniceuma) realizam nesta segunda-feira (28) o Colóquio Novos Aspectos da Pavimentação do Estado do Maranhão, com participação de Saulo Martins (reitor do Ceuma), Germano Saraiva (professor e empresário), Eduardo Ricci (presidente da Associação Brasileira de Pavimentação), Eduardo Moraes (diretor da Associação Brasileira de Cimento Portland) e Zeca Belo (presidente do Sindicor). O evento começa às 17h no Ceuma do Turu.

Caminhoneiros - A paralisação dos caminhoneiros, que inferniza a vida dos brasileiros desde segunda-feira (21), tem reivindicações tão complexas, que podem beneficiar até quem poderia estar sendo prejudicado. É o caso de grupos que têm armazéns atacadistas e lojas de varejos e fazem o abastecimento destas por empresa própria de transporte, que atende ainda outro tipo de clientela. Por isto alguns não reclamam, pois perdas de agora podem ser compensadas na outra ponta de suas atividades, se atendidas as exigências ao governo.



25 de mai de 2018

Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas constata queda no índice de confiança do comércio de abril a maio

GIRO ECONÔMICO

O Índice de Confiança do Comércio, medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), caiu 4,1 pontos de abril para maio, ao passar de 96,7 para 92,6 pontos. Com o resultado, o indicador retornou ao mesmo patamar de novembro de 2017. Em médias móveis trimestrais, o indicador recuou 1 ponto depois de oito altas seguidas. De abril para maio, a confiança recuou em 11 dos 13 segmentos pesquisados. 

O Índice de Situação Atual, que mede a avaliação dos empresários do comércio sobre o momento presente, caiu 4,7 pontos e chegou a 89,4 pontos, menor nível desde janeiro passado (88 pontos). Já o Índice de Expectativas, que mede a avaliação dos empresários em relação ao futuro, caiu 3,2 pontos, para 96,2 pontos, menor valor desde setembro de 2017 (95,6 pontos).

De acordo com a FGV, a queda do indicador sinaliza que o setor já percebe uma desaceleração no ritmo do crescimento das vendas. “ A queda da percepção atual sugere que a recuperação das vendas deve continuar de forma gradual e sujeita a tropeços ao longo do ano”, disse o pesquisador da FGV Rodolpho Tobler. 

França - Em visita a São Luís, o ministro Conselheiro da Embaixada da França no Brssil, Gilles Pecassou, manifestou intenção de aproximar empresários locais do seu país. A França é o décimo principal país de destino das exportações maranhenses com o volume de US$ 38,7 milhões, representando 3,73 % da pauta total de produtos exportados no Maranhão, no período de janeiro a abril de 2018. Em relação ao mesmo período no ano anterior, houve um incremento de 181,35% no volume exportado à França. 

Fies - Termina nesta sexta-feira (25) o prazo para renovação do contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre deste ano. Neste semestre, cerca de 1,1 milhão de financiamentos devem ser renovados. Os contratos do Fies precisam ser aditados todo semestre. O pedido é feito inicialmente pelas instituições de ensino e depois as informações devem ser validadas pelos estudantes pela internet, no Sistema Informatizado do Fundo de Financiamento Estudantil (SisFies). 

A presidente da Fundação Antônio Jorge Dino, Enide 
Dino, inaugurou quarta-feira o Memorial do seu ex-marido, 
que leva o nome da instituição e que foi, além de médico, 
deputado e governador do Maranhão 
Câmbio - O Banco do Brasil está possibilitando a seus clientes a aquisição de euros pelo seu aplicativo na internet para transações de até US$ 3 mil, limitada a US$ 10 mil por mês. A opção está disponível para compra pela cotação do dia e a moeda será retirada em qualquer guichê de agências do BB que operam câmbio em todo o país. 

Spotter day - Será realizado quinta-feira (31), das 08h às 18h, no Aeroporto Internacional de São Luís a quarta edição do Spotter Day Infraero, que proporcionará a fotógrafos profissionais e amadores a oportunidade de registrarem operações de pousos e decolagens de aeronaves em áreas normalmente restritas ao público, obtendo também imagens de ângulos do próprio aeroporto. Os participantes devem levar um quilo de alimento não perecível e/ou alguma peça de roupa em bom estado para doação a vítimas de enchentes. 

Senac - O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) participa neste sábado 926), no Multicenter Sebrae, em São Luís, da 25º edição da Ação Global, iniciativa do Serviço Social da Indústria (Sesi). Assim como nas edições anteriores, o órgão vai oferecer serviços que contribuem com a melhoria da qualidade de vida da população, dentre eles, corte de cabelo e barba, oficinas com orientação sobre como preparar pizzas caseiras, tapiocas recheadas e coquetéis não-alcoólicos.

Deputado Adriano Sarney diz que seu telefone foi clonado e está sendo usado para pedidos de doações indevidas

Em nota distribuída na tarde desta sexta-feira (25), o deputado estadual Adriano Sarney (PV) denunciou a clonagem do seu telefone celular, que estaria sendo usado de forma indevida nas redes sociais para práticas criminosas, como pedido de doações e informação da conta bancária para onde devem ser dirigidos os depósitos.

Eis a nota:

Informamos a quem possa interessar que o número do meu telefone pessoal do deputado estadual Adriano Sarney (PV) está sendo utilizado por um criminoso para aplicar golpes em redes sociais, especialmente Whatsapp, aproveitando-se da boa-fé das pessoas, solicitando depósitos e/ou transferências para uma determinada conta corrente. 

Esclarecemos, portanto, que são falsas essas mensagens e que já estão sendo tomadas as medidas cabíveis junto à Polícia Civil e demais órgãos competentes.

24 de mai de 2018

Ao contestar Gerir, Governo se contradiz sobre qualidade da saúde ao acusar instituto de atrapalhar os serviços

Na tréplica de notas sobre a polêmica envolvendo o Governo do Estado e o Instituto Gerir, a Secretaria Estadual de Saúde entrou em contradição nesta quinta-feira (24) ao analisar a qualidade dos serviços oferecidos por três hospitais administrados pela terceirizada. Antes apresentados como referências e exemplos da "saúde de verdade" oferecida à população, a SES diz agora que os serviços no Carlos Macieira e Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO), em São Luís, e o Macrorregional, de Imperatriz, eram atrapalhados.

A polêmica se criou depois da veiculação de uma reportagem pela Rede Record, quarta-feira (23), na qual é retratada a realidade da saúde do Maranhão, com falta de alimentos e medicamentos. Inconformada, a Secretaria da Saúde resolveu romper, nesta quinta-feira (24), o contrato com o Gerir, acusando-o de descumprir de cláusulas contratuais. Em resposta, o Gerir acusou o governo de lhe dar um calote de R$ 63 milhões; e na tréplica a SES diz que a nota do instituto é desespero. Leia reportagens em MARANHAO HOJE. 

Leia o teor da segunda nota da Secretaria de Saúde:

Diante de nota lançada pelo Instituto Gerir, a Secretaria de Estado da Saúde esclarece:
  1. A nota demonstra desespero diante de ações normais, previstas em lei, praticadas pela Secretaria de Saúde, para garantir o serviço público de saúde no nosso Estado.
  2. Não houve nenhum calote por parte do Estado. O que houve, na verdade, é que o Instituto Gerir quer receber dinheiro público sem prestar contas e comprová-las. Isso é impossível e houve várias notificações e reuniões sobre o assunto. Infelizmente, o Gerir não resolveu os seus problemas e optou pelo caminho da chantagem, por exemplo, sabotando serviços, o que não é admissível.
  3. As 3 unidades hospitalares que eram administradas pelo Gerir estão com contratos suspensos e sob administração emergencial, para garantir a continuidade dos serviços. 
  4. As três unidades de saúde, antes administradas pelo Instituto Gerir, estão funcionando normalmente e irão inclusive ampliar serviços, o que era atrapalhado pela má gestão do Gerir.

Senac faz apelo à polícia por reforço na segurança nas proximidades da unidade na Rua do Passeio em São Luís

GIRO ECONÔMICO

Visando a garantir maior segurança a estudantes, professores, usuários de serviços e funcionários da sua unidade na Rua do Passeio, em São Luís, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) reivindicou do delegado 2º Distrito Policial em São Luís, Joviano Furtado, uma ação para reforço de policiamento nas áreas próximas a esse centro de formação profissional. 

A proposta é no sentido de revitalizar a área, de modo que as pessoas possam transitar em qualquer horário do dia em segurança, sejam alunos, instrutores, servidores e a população em geral que frequentam as instalações do Senac. Segundo o diretor do órgão, Ahirton Lopes, as ações de segurança vão garantir um acesso bom, cômodo e, principalmente, seguro depois dos investimentos que estão sendo feitos para abertura de novos cursos e maior fluxo de pessoas.

O delegado prometeu abrir negociação com as pessoas que se identificam como vigilantes de carros a fim de afastar quem circula com intenções de crime: assaltos, arrombamentos de carros, tráfico de drogas etc. Caso não seja resolvida a situação, haverá medidas punitivas. 

Poupança - Foi lançado terça-feira (22), o Portal Planos Econômicos para adesão ao acordo da caderneta de poupança referente às perdas econômicas durante os planos Bresser, Verão e Collor II. A estimativa é que 2,5 milhões de pessoas recebam os valores, sendo que 222 mil só da Caixa Econômica. Quem tem direito a até R$ 5 mil receberá à vista, e para valores entre R$ 5.000,01 e R$ 10.000,00, pagamento em três parcelas; no caso de valores acima de R$ 10.000,00, o pagamento será em cinco parcelas. 

Indústria - Em queda desde 2014, os investimentos da indústria brasileira voltaram a crescer em 2017, e a previsão é que a trajetória continue em 2018. Esse é o resultado de pesquisa divulgada nesta quarta-feira (23) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). De acordo com o levantamento, 76% das empresas fizeram algum tipo de investimento ano passado, o maior percentual desde 2015 – dado que confirma o fim da recessão. Além disso, 81% das grandes indústrias afirmaram que pretendem investir este ano. 

O delegado Joviano Furtado com os executivos do Senac Ahirton Lopes, 
Tamires da Silva (gerente do Senac em São Luís), Mauro Diniz (gerente da 
Unidade de Tecnologia da Informação) e Raimundo Melo ( Núcleo de 
Apoio Operacional) no encontro para garantir mais segurança 
à unidade da Rua do Passeio 
Falecimento - Faleceu nesta quarta-feira (23) o antropólogo Sérgio Ferretti, professor da Universidade Federal do Maranhão, um dos maiores estudiosos da diversidade religiosa no estado. Seu corpo será sepultado nesta quinta às 10h, no Parque da Saudade, no Vinhais. 

Prefeituras - O Ministério da Educação disponibilizou um montante de R$ 25.237.316,67 para auxiliar as prefeituras municipais do Maranhão a superar dificuldades financeiras emergenciais. No total, R$ 600 milhões foram liberados para as mais de 5,5 mil cidades brasileiras que recebem o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O anúncio da liberação foi feito pelo presidente da República, Michel Temer, terça-feira (22), na abertura da 21ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios – Marcha dos Prefeitos. 

Combustíveis - O presidente do Senado, Eunício Oliveira, confirmou para a próxima semana reunião entre deputados e senadores para discutir o aumento nos preços de gasolina, diesel e gás de cozinha. Foram convidados para o debate o presidente da Petrobras, Pedro Parente; o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco; o presidente da Petrobras Distribuidora, Ivan Pereira Júnior; o presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Alexandre de Souza; e representantes de entidades de defesa do consumidor.

23 de mai de 2018

Senai completa nesta quinta 65 anos de atuação com foco na capacitação profissional para a indústria maranhense

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) completa nesta quinta-feira (24) 65 anos de atuação no Maranhão, e para comemorar a data será lançado às 19h, na Federação das Indústrias (Fiema), no bairro da Cohama, o livro Senai Maranhão 65 anos – Educação, Inovação e Tecnologia, bem como serão prestadas homenagens a diversas personalidades que fazem parte da história da instituição.

O evento terá a presença do diretor-geral do órgão, Rafael Lucchesi, que vem de Brasília especialmente para participar da solenidade. 

Também haverá uma mostra de tecnologias educacionais utilizadas pelo SENAI em sala de aula, a exemplo de um Simulador de solda, Impressora 3D, Mesa digitalizadora e Realidade aumentada.

Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF) da Fiema ganha a adesão das empresas Omega e Aurizona

GIRO ECONÔMICO

A Omega e a Aurizona assinaram convênio de cooperação com a Federação das Indústrias (Fiema), tornando-se apoiadoras do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores do Maranhão (PDF), do qual fazem parte outras dez empresas. Pela parceria, passam a ter acesso à lista completa dos fornecedores locais cadastrados no Portal de Negócios do PDF (www.fornecedoresma.com.br), que inclui mais de 1.500 empresas, além dos serviços de prospecção de novos fornecedores, qualificação dos atuais fornecedores e a realização de Rodada de Negócios. 

O ato contou com as presenças, dentre outros, do presidente da entidade, Edilson Baldez; do superintendente, Albertino Leal; do presidente do Conselho Gestor do PDF, Vinicius Cardoso (Alumar); do coordenador do PDF, Carlos Macedo; e do diretor de Relações Institucionais da Vale, Dorgival Ferreira Pereira.

“As novas parcerias fortalecem a nova fase do PDF, que tem realizado novas ações para o desenvolvimento de fornecedores do Maranhão e para gerar novas oportunidades de negócios”, afirmou o presidente da Fiema, Edilson Baldez. 

eSocial - O auditor fiscal do Trabalho Nauro Costa Muniz profere nesta quarta-feira (23), ao meio-dia, no Grand São Luís Hotel, palestra sobre a “Implantação do eSocial”, sistema que visa a simplificar o envio de informações referentes às obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas. A promoção é da Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), cujo presidente, Fábio Ribeiro, diz que o tema merece toda a atenção dos lojistas e comerciantes em geral, que poderão tirar suas dúvidas com o palestrante. 

Deficiência - A Comissão de Defesa da Pessoa com Deficiência da OAB-MA realiza, nestas quarta (23) e quinta –feira (24), o I Seminário de Direito e Saúde da Pessoa com Deficiência da OAB/MA, evento marcado para a partir das 16h, na sede da Ordem, no bairro do Jaracati. O objetivo é debater a efetivação dos direitos das pessoas com deficiência e levar ao público em geral conhecimentos de profissionais de diferentes áreas, oferecendo orientações para a boa qualidade de vida, prevenção de doenças e bem estar. 

Termômetro - A Prefeitura de São Luís já está autorizada a buscar parceiros na iniciativa privada para instalação de termômetros nas praias de São Luís, conforme regras estabelecidas no projeto do vereador Pavão Filho (PDT). 

O empresário Benedito Mendes, proprietário da BB Mendes, 
sediada em Itapecuru-Mirim, onde atuação nos ramos de beneficiamento 
de arroz, cerâmica, factoring e outros, com o ex-governador de São Paulo 
Geraldo Alckmin, pré-candidato a presidente pelo PSDB 
Embrapa - Os 45 anos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) serão lembrados no Senado quinta-feira (24), às 9h, por sugestão de sete senadores, que destacaram a importância da instituição para o desenvolvimento econômico e social do país. Criada em 1973, a estatal, vinculada ao Ministério da Agricultura, tem unidades de pesquisa especializadas em assuntos diversos, como algodão (Paraíba), gado de leite (Zona da Mata mineira), agrobiologia (Rio de Janeiro), arroz e feijão (Goiás), solos (Embrapa Cocais, Maranhão).

Emprego - Para um país onde desemprego é um dos maiores tormentos da população, a notícia é preocupante, mas governo federal pretende atrair imigrantes estrangeiros com qualificação para disputar vagas no mercado de trabalho brasileiro, projeto do Ministério das Relações Exteriores que deve ser publicado no segundo semestre. “Será uma portaria conjunta com os ministérios da Justiça e do Trabalho”, segundo Paulo Gustavo de Sant'Anna, chefe da divisão de Imigração do Itamaraty.

22 de mai de 2018

Ex-governadora Roseana Sarney diz que ataques violentos contra ela são preconceitos pela fato de ser mulher

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) classifica os constantes ataques a ela com uma clara demonstração de preconceito contra a mulher por parte de um segmento de seus opositores, notadamente os ligados ao governador Flávio Dino (PCdoB). Na entrevista que concedeu a Geraldo Castro no programa Abrindo o Verbo, da Mirante AM, segunda-feira (21), Roseana disse que as notícias falsas contra a sua pré-candidatura ao Governo do Estado mostram como ainda há muitos políticos preconceituosos, simplesmente porque uma mulher está se propondo a disputar a eleição e coloca em risco o projeto de reeleição do governador.

Roseana, de fato, é uma das pretendentes ao Governo do Estado que mais têm sofrido ataques por parte dos aliados do governador, sejam eles políticos, jornalistas, blogueiros e simpatizantes nas redes sociais. As críticas a ela extrapolam o lado político para invadir sua vida familiar e pessoal, visando com isto desestabilizá-la e afugentar aliados e eleitores, mas, ratificando sua declaração no encontro realizado em sua residência no Calhau, garante que sua pré-candidatura é pra valer. Leia reportagem em Maranhão Hoje.

A ex-governadora disse que reage a esses ataques com serenidade, mas com uma determinação cada vez maior de enfrentar as urnas disposta a vencer, "pois quem se candidata sempre objetiva ganhar", embora a derrota faça parte do jogo. Ela diz compreender o desequilíbrio dos adversários, pois sabem que ela realmente é uma ameaça ao projeto de continuidade do atual governo.

Federação das Indústrias promove debate sobre linhas de financiamento do BNDES para micro e pequenas empresas

GIRO ECONÔMICO

A Federação das Indústrias (Fiema) agendou para esta terça-feira (22) o ciclo de palestras “O BNDES Mais Perto de Você”, ação que é uma iniciativa do Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC) que tem por objetivo apresentar as linhas de financiamento do banco para micro, pequenas e médias empresas. A apresentação foi feita por José Lamartine Távora Júnior, engenheiro, e Fernando Castilhos, administrador. 

Nas palestras dos técnicos do BNDES, a apresentação as principais linhas de financiamento para MPEs, como Cartão BNDES (crédito rotativo), BNDES Giro (capital de giro), BNDES Finame (aquisição de máquinas e equipamentos), BNDES Automático (projetos de investimentos) e BNDES Exim (exportação). Na ocasião, micro, pequenos e médios empresários também poderão esclarecer dúvidas e saber quais as opções de crédito mais adequadas aos seus negócios.

Nos três primeiros meses de 2018, o BNDES desembolsou R$ 11,2 bilhões. Deste total, mais da metade (54% ou R$ 6,1 bilhões) foram destinados a micro, pequenas e médias empresas.

Fundos - Congressistas do Norte e Nordeste estão se articulando para aprovar projeto do senador Eunício de Oliveira (MDB-CE) que prorroga incentivos às empresas que estão nas áreas de abrangência das superintendências do Norte (Sudam) e Nordeste (Sudene). O prazo dos incentivos está previsto para acabar no final do ano, mas, se aprovada a renovação, o prazo se estende até 2023. A necessidade de aprovação ainda no primeiro semestre se deve às mudanças no calendário legislativo por conta das eleições.

Graduação - O Centro de Estudos Constitucionais e Gestão Pública (CECGP), do advogado Sérgio Tamer, já recebeu autorização do Ministério da Educação para implantação de cursos de graduação em nível superior, e o primeiro será de Segurança Pública, na modalidade tecnológico, com duração de dois anos e meio, tendo como público alvo policiais (civis e militares), bombeiros, guardas municipais, salva-vidas e outros profissionais que lidam diretamente com a segurança e proteção das pessoas.

No Congresso Nacional de Hotéis (Conetel), realizado semana 
passada em Fortaleza (CE), – Conote, o presidente da Fiema, 
Edilson Baldez, com o prefeito de Morros, Sidrack Feitosa 
(e a esposa Eliana),  Romulo Costa, Socorro Araujo, João Barros 
Filho, Edmilson Cutrim e Armando Ferreira e oficiais do 
Batalhão de Turismo

Municípios - O Projeto de Lei Complementar que regulamenta a criação de municípios no Brasil, é o destaque do Plenário da Câmara dos Deputados a partir de terça-feira (22). A matéria teve o regime de urgência aprovado na última quarta-feira (16) e precisa do apoio de um mínimo de 257 deputados. Hoje, o Brasil tem 5.570 municípios.

Fundos - Tramita na Câmara Federal Medida Provisória 812/17 que muda a forma de cálculo das taxas de juros dos empréstimos não rurais concedidos com recursos dos fundos constitucionais do Norte (FNO), do Nordeste (FNE) e do Centro-Oeste (FCO). Com o texto, as taxas serão aproximadas da Taxa de Longo Prazo (TLP), com apuração mensal e ajuste pela inflação. De acordo com o projeto de lei de conversão da deputada Simone Morgado (MDB-PA), as mudanças valem para contratos firmados a partir de 1º de janeiro de 2018.

Leilão - A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realiza, quinta-feira (24), mais uma venda direta de milho, por meio de seu sistema de leilão eletrônico. O produto está armazenado no Mato Grosso. O objetivo é aumentar o acesso dos criadores ao produto que é utilizado para a ração animal. Esta série de leilões está prevista em resolução do Conselho Interministerial de Estoques Públicos (Ciep), que autorizou as operações para atender reivindicação dos criadores em razão do alto preço do cereal no mercado.

Memorial Antônio Jorge Dino será inaugurado nesta quarta-feira na fundação que leva o seu nome

Será inaugurado nesta quarta-feira (23), Dia Municipal e Estadual de Combate ao Câncer, o Memorial Dr. Antonio Dino, que irá funcionar na Fundação Antonio Dino, no bairro do Monte Castelo, em São Luís.

Para a presidente da FAD, Enide Dino (foto), viúva de Antonio Dino, Enide Jorge Dino, o Memorial é um gesto de homenagem e reconhecimento ao grandioso e inspirador do trabalho desenvolvido pela instituição.

"Antonio Dino viveu para ajudar pacientes com câncer. Com sua precoce partida nos deixou o legado de continuar seu trabalho. Nada melhor que um memorial a fim de que sua historia sirva de exemplo para outras gerações", disse ela. 

O memorial irá contar com fotos e objetos pessoais do médico e político, que, dentre outras funções, foi governador do Estado, e poderá ser visitado em horário comercial.

Saiba mais sobre Antônio Jorge Dino:

Natural de Cururupu, nascido em 1913, foi médico, professor e político. Ele foi deputado federal (1955–1963), deputado estadual (1963–1966), vice-governador (1966–1970) e governador do Maranhão, de 1970 a 1971.

  • Em 1954, foi eleito deputado federal pelo Partido Social Democrático (PSD) 
  • Em 1958, foi reeleito deputado federal pelo Partido Social Democrático (PSD) 
  • Em 1962, foi eleito deputado estadual pelo Partido Social Progressistas (PSP)
  • Em 1965, foi eleito vice-governador do do Maranhão na chapa encabeçada por José Sarney (UDN).
  • Em 1970, assumiu o mandato de governador, após a renúncia de  José Sarney, que foi disputar a eleição para o Senado.
  • Em 18 de junho de 1976, faleceu em São Luís.

21 de mai de 2018

Movimentação nas Ceasas em 2017 corresponde a mais de 17 milhões de toneladas de alimentos comercializadas

GIRO SEGUNDA 

O volume movimentado pelas Centrais de Abastecimento foi de mais de 17 milhões de toneladas, com movimento de comercialização acima de R$ 34 bilhões. Na comparação entre 2016 e 2017, houve aumento de 7,4% na quantidade ofertada de produtos e a redução de 5,8% no valor comercializado.
Os números são do balanço realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), lançado nesta quinta-feira (17). 

O relatório era antes veiculado dentro do próprio levantamento mensal, o Boletim Prohort, mas agora será disponibilizado à parte, com a possibilidade de análise dos técnicos da Companhia e maior especificidade dos dados. O índice de oferta registrado foi destaque principalmente na Região Sul, onde houve uma elevação de 11,7%, e nas regiões Sudeste (8,7%), Centro-Oeste (7,2%) e Nordeste (2,5%). Já o valor arrecadado nas vendas teve redução na região Norte (-11,9%), seguida do Centro-Oeste (-11,4%), Sudeste (-6%), Nordeste (-3,8%) e Sul (-2,3%).

Em termos percentuais de participação no total comercializado no país pelos entrepostos de hortigranjeiros, vem primeiro a região Sudeste com 55% com produtos como batata, tomate, cenoura, laranja e banana, depois o Nordeste (22%), Sul (13%), Centro-Oeste (9%) e Norte (1%). 

Paralisação - A Associação Brasileira de Caminhoneiros (ABCam) convocou paralisação geral nacional a partir desta segunda-feira (21) para pressionar o governo federal a adotar medidas para mitigar o impacto do aumento do diesel, como a isenção de tributos. No início da semana, a ABCam enviou um ofício ao governo federal em que mostrou como os caminhoneiros vêm sofrendo com aos aumentos sucessivos no óleo diesel, o que tem gerado aumento de custos para a atividade de transporte. 

Loteria - O prêmio principal de R$ 957 mil do primeiro concurso do Dia de Sorte, sorteado sábado (19) em Goiânia (GO) saiu para um bolão de oito cotas registrado em Paranaguá (PR). A aposta vencedora acertou os números 03-05-08-09-19-21-30. Na segunda faixa de premiação, com seis acertos, 206 apostas vão receber R$ R$ 1.992,96. O Dia de Sorte ainda vai pagar R$ 20 para as 7.250 apostas que acertaram cinco números e R$ 4 para as 94.747 apostas com quatro acertos. O mês da sorte sorteado foi fevereiro. 

Pesquisa - A Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulga nesta segunda-feira (21) os resultados do estudo “Transporte em Números”. O estudo traz dados sobre o desempenho do setor transportador no processo de recuperação econômica após a forte recessão que afetou o Brasil nos últimos anos.

O presidente do Sistema Federação da Agricultura (Faema/Senar), 
Raimundo Coelho, foi homenageado na abertura da Agrobalsas, pelos 
serviços prestados ao setor produtivo rural, segundo reconhecimento da 
Fundação de Amparo à Pesquisa no Corredor de Exportação Norte (Fapcen)

Improbidade - Os crimes contra a administração pública serão tema de debate durante o III Seminário de Improbidade Administrativa e Crimes contra a Administração Pública, que será realizado nesta segunda-feira (21), no Fórum Sarney Costa, no Calhau, pelos integrantes do projeto “Maranhão Contra a Corrupção”. O evento, aberto ao público, terá início às 9h e reunirá cerca de 250 inscritos, entre servidores e magistrados, representantes do Ministério Público, delegados de polícia, comunidade jurídica e acadêmica etc.

Pesquisa - Levantamento do Ministério do Turismo mostra que 88% dos turistas que estiveram no Brasil em 2017 ficaram satisfeitos com a visita. O resultado é maior que o registrado há cinco anos, quando 85% dos entrevistados disseram ter aproveitado a estadia no País. Para chegar a esse resultado, a pesquisa ouviu 35.550 pessoas em 15 aeroportos e 10 pontos de entrada terrestre. Os itens com melhor avaliação foram: hospitalidade (98%), alojamentos (96,4%), gastronomia (95,7%) e os restaurantes (95,5%).

20 de mai de 2018

Fundação Vale inclui mais cinco comunidades do município de São Luís no seu Ciclo Saúde

GIRO ECONÔMICO

Mais cinco Unidades Básicas de Saúde (UBS) passam a integrar o projeto Ciclo Saúde da Fundação Vale, que tem como objetivo cooperar tecnicamente a Atenção Básica na região Itaqui Bacanga, em São Luís. Com isso, o projeto passa a atender 12 unidades, levando capacitação para os profissionais de saúde que atuam diretamente nas comunidades ligadas a essas unidades, além de equipamentos e mobiliário para melhorar a qualidade do atendimento. Em termos territoriais, a ampliação do projeto contribuirá para fortalecer a Atenção Básica em 50% da cidade. 

Para marcar esta ampliação, os profissionais que atuam nas novas unidades irão participar da primeira etapa de capacitação do projeto, uma oportunidade para aprofundar os conhecimentos sobre a Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) e Política Nacional De Promoção Da Saúde (PNPS).

Serão contempladas as unidades de saúde Clodomir Pinheiro, São Raimundo, Vila Nova, Gapara, Yves Parga, Rio Grande, Pedrinhas II, C.S. Maracanã, C.S. Pedrinhas 1, C.S. Laura Vasconcelos, USF Coqueiro e C.S. Ribamar Frazão. 

Estacionamento - Sempre que o poder público interfere em negócios das empresas, com discurso de estar agindo em defesa do povo, este sempre paga o preço mais alto. É o caso, por exemplo, dos estacionamentos de shopping centers, que foram obrigados a dar até trinta minutos de gratuidade, mas as empresas, para compensar isto, aumentaram os custos dos clientes, pois passaram a adotar taxas por um prazo maior, e com isto quem vai a esses centros comerciais está pagando até R$ 7,00, onde antes pagava-se no máximo R$ 4,00. 

Premiação - Os empresários Leopoldo dos Santos Neto (Postos Natureza) e Magnólia Rolim (Rede Paloma) seguem neste domingo (20) para uma viagem a Sardenha, na Itália, a título de premiação por terem conquistado as melhores pontuações no concurso Desafio Petrobras 2017. Leopoldo ganhou dois prêmios pelo desempenho de seu posto no bairro da Ponta d´Areia, nas proximidades da Lagoa da Jansen, tanto pela movimentação da loja de conveniência da BR Mania quanto pelo comércio de combustíveis. 

Na comemoração dos cem anos da Faculdade de Direito da Universidade 
Federal do Maranhão, o advogado Sérgio Tamer apresentando à reitora 
Nair Portela dois dos três exemplares lançado pela CECGP para 
comemorar este aniversário 
Mestrado - O Centro de Estudos Constitucionais e Gestão Pública (CECGP), do advogado Sérgio Tamer, anuncia para novembro mais um mestrado em Direito Público, em parceria com a Universidade Portucalense, uma das mais conceituadas institucioções de ensino superior de Portugal.

Feirão - Encerra-se neste domingo (20), no Multicenter Sebrae, em São Luís, o Feirão Caixa da Casa Própria, evento em que devem ser comercializados cerca de 8 mil imóveis, novos ou usados. Além de aquecer o mercado imobiliário, o Feirão faz parte da estratégia do banco de proporcionar melhores condições para aquisição de imóveis com menores taxas de juros. A Caixa possui R$ 82,1 bilhões para crédito habitacional em 2018 e mantém a liderança no setor com cerca de 70% das operações para aquisição da casa própria.

Lojistas - A Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL) realiza, quarta-feira (23), ao meio-dia, no Grand São Luís, encontro de empresários com o auditor fiscal do trabalho Nauro Costa Muniz, que vai fazer uma apresentação sobre o tema “Implantação do eSocial”, sistema que visa a simplificar o envio de informações referentes às obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas. Segundo o presidente da CDL, Fábio Ribeiro, trata-se de um tema que merece toda a atenção dos lojistas e comerciantes em geral.

Márcio Jerry não resiste aos afagos de um Sarney, apesar de sua pregação raivosa contra os males da "oligarquia"

Fernando Sarney e Márcio Jerry abraçados como dois amigos
O Maranhão é hoje um estado com boa parte de sua população dividida por um ódio quase mortal entre simpatizantes do governador Flávio Dino (PCdoB) e da família Sarney. Uma desavença alimentada por aqueles, que, com a pretensão de se tornarem líderes e pelos cargos já exercidos, que ora exercem e que pretendem exercer, deveriam primar pela convivência civilizada entre os que pensam diferente, mas, ao contrário disso, todos os dias se encarregam de alargar o fosso que eles próprios criaram para separar quem se deixa iludir por esse tipo de pregação e os que teimam em não acreditar.

Contaminadas pelo veneno do ódio, muitas pessoas se embriagam de ideologias políticas e vão rompendo amizades, estremecendo relações familiares e passando a odiar até mesmo quem nunca viu, simplesmente por conhecer, pela imprensa, pela internet e pelas redes sociais ideias diferentes das suas, muitas das vezes nem mesmo sendo opinião de quem escreve, mas apenas relatos de fatos ocorridos ou narrados por terceiros.

Os fanatismo pela política, assim como os pelo futebol, esquecem que seus atores sabem se entender e viver, pelo menos publicamente, de forma educada. Quando se encontram passam para a sociedade a ideia de civilidade, sempre com o discurso de que divergência não é inimizade, esquecendo os danos que causam com suas palavras quando ditas ou escritas de forma raivosa, sempre procurando atrair adeptos para lhe ajudarem a destruir adversários.

Empresário Fernando Sarney ouve atentamente o discurso de Márcio
Jerry sob os olhares curiosos de Gastão Vieira e Weverton Rocha
Semana passada, o ex-secretário de Comunicação e Assuntos Políticos do Governo do Estado Márcio Jerry, presidente estadual do PCdoB e um dos mais ferozes combatentes da família Sarney nas mídias sociais e um dos mais fieis defensores do governador Flávio Dino, deu um exemplo de como deve ser a convivência na política.

Ao adentrar o plenário da Assembleia Legislativa, onde estava sendo velado o corpo do ex-governador Epitácio Cafeteira, avistou o engenheiro Fernando Sarney, dono da TV Mirante (que ele chama de TV Mentira), irmão de Roseana e filho de José Sarney, e dele não se desgrudou mais.

Márcio Jerry morto de felicidade enquanto Fernando Sarney discursa na
roda de amigos criada no velório de Epitácio Cafeteira
Conversaram - sabe-se lá o quê - como se fossem dois amigos de longas e até trocaram abraços. Duvida-se muito se Márcio Jerry teria o mesmo espírito civilizado para conversar com ex-colegas jornalistas que não seguem seu receituário, talvez nem mesmo um funcionário da Mirante merecesse tanto afago quanto seu dono, que ele diz manipular informações para prejudicar seu ídolo.

Enquanto isso, seguidores de Jerry, acreditando no seu discurso, continuam ofendendo aqueles que ele diz detestar (os mesmos que quando encontra se derrete todo) e desconstruindo currículos de quem sabe quanto é frágil sua argumentação de defensor dos pobres, de guardião da ética, de depositário maior das boas causas e maior combatente dos males de meio século da "oligarquia". É uma pena, mas, mesmo assim, avante!

19 de mai de 2018

Hospital São Domingos realiza neste domingo segundo simulado para atestar atendimento com múltiplas vítimas

GIRO ECONÔMICO

O Hospital São Domingos (HSD) realiza neste domingo (20), das 7h às 13h, o segundo Simulado de Atendimento a Múltiplas Vítimas, treinamento que visa a preparar profissionais de saúde para atuarem no atendimento a vítimas em casos de ocorrência de catástrofes (desmoronamentos, incêndios, deslizamentos) e acidentes de grandes proporções que necessitam de atendimento de urgência e emergência no hospital. 

O simulado terá a participação do Corpo de Bombeiros do Maranhão, Polícia Militar e SAMU. Serão avaliados também logística, infraestrutura e comunicação. De acordo com a gerente Executiva de Apoio do HSD, Abgair Lima, que coordena o simulado, o exercício prático servirá para verificar a estrutura hospitalar, desempenho e o tempo de resposta dos profissionais quando precisarem prestar atendimento além da demanda normal no hospital.

A equipe do SAMU também vai verificar o tempo de resposta de atendimento desde o acionamento da ambulância pela central até a chegada ao local do acidente para atendimento às vítimas e posteriormente o transporte até o hospital. 

Imposto - Quatro estabelecimentos comerciais aderiram ao Dia D do Feirão do Imposto promovido pela Associação dos Jovens Empresários (Aje) e vão estar vendendo seus produtos sem incidência de tributos. São eles: Feijoada Sabor, no Parque Shalon (feijoada e mocotó), e Villa Food (lanche), neste sábado, e Food Truck, na Lagoa da Jansen (lanche) e Rock e Ribs, no Jaracati Shopping (lanche), no domingo. A entidade vai fazer ainda panfletagem e blitz educativa na Cohama e na Praça da Lagoa da Jansen. 

Alimentação - Cerca de 120 pessoas participaram, quarta e quinta-feira (dias 16 e 17), em São Luís, da terceira etapa da Oficina de Elaboração de Planos Municipais de Segurança Alimentar e Nutricional, organizada pelo Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Maranhão (Consea-MA), em parceria com os bolsistas do programa ConsolidaSisan e a Universidade Federal do Ceará (UFC). Dos 38 municípios maranhenses que aderiram ao Sisan, 27 foram representados no evento. 

Eleições - O programa Band Eleições, levado ao ar pela TV Bandeirantes, entrevista, segunda-feira (11), a ex-senadora e ex-ministra Marina Silva (Rede) na sequência de ouvir as propostas do presidenciáveis para a eleição deste ano. 

Na cidade de Balsas, o diretor regional do Senac, José Ahirton Lopes,
com diretores da instituição e vereadores, na solenidade em que
o órgão recebeu Moção de Aplausos e placa do centenário da cidade,
pelo serviços prestados à sociedade local
Armamento  - O tucano Geraldo Alckmin (PSDB) invadiu a seara do concorrente Jair Bolsonaro (PSL) e fez um aceno à classe ruralista ao se manifestar a favor de uma reivindicação que é vista com reservas por alguns setores da sociedade. Segundo ele, é preciso flexibilizar a concessão de porte de armas a produtores rurais, seja para garantir a segurança de suas fazendas e familiares, bem como para a atividade daqueles que vivem da caça e necessitam do armamento até como defesa diante de bichos ferozes. 

Combustíveis - Nem mesmo os empresários varejistas de combustíveis suportam mais a política de preços da Petrobras, que todos os dias faz reajuste, provocando uma onda de insegurança para quem vende e para quem compra. A federação dos distribuidores dos derivados de petróleo, em nota divulgada quarta-feira (16), diz que a população paga um preço muito alto por essa modalidade de atualizar preços. Para que se tenha ideia, nesta sexta-feira (18), em São Luís, a gasolina chegou a R$ 3,80 nas distribuidoras.

18 de mai de 2018

Senac recebe Moção de Aplausos e comenda do Cem Anos de Balsas pelos serviços prestados ao município

GIRO ECONÔMICO

A Câmara Municipal de Balsas entregou, segunda-feira (14), Moção de Aplausos e Reconhecimento e a Medalha Comemorativa do Centenário de Balsas ao Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), que desde 2012 já capacitou mais de 7 mil pessoas no município. Em seu discurso de agradecimento, o diretor regional, Ahirton Lopes, destacou iniciou suas atividades no município com a realização do Programa de Aprendizagem Comercial, que hoje atende 140 alunos e possui 51 empresas parceiras. 

“Entendemos que o país vivencia, não um momento de crise, mas um período de oportunidades de desenvolvimento, e para isso, o Senac reafirma seu compromisso com as empresas em possibilitar qualificação profissional de qualidade a milhares de pessoas no Maranhão”, destacou.

O presidente da Câmara, Moisés Coelho e Silva Neto, destacou que uma das ações mais destacadas do órgão são os cursos gratuitos, através do qual dezenas de jovens estão tendo oportunidade de disputar vagas no mercado de trabalho. 

Imposto - A Associação dos Jovens Empresários e o Conselho do Jovem Empresário da Associação Comercial do Maranhão (Conjove) realizam, neste sábado (19), o Dia D do Feirão do Imposto 2018 em São Luís, com atividades para conscientizar a sociedade sobre a carga tributária em detrimento do retorno de benefícios à população. A campanha tem como tema “Pague 2, leve 1”. As ações previstas são blitzes educativas, vendas sem impostos e uma feira de produtos e serviços de estudantes universitários. 

Desemprego - No primeiro trimestre de 2018, a taxa de subutilização da força de trabalho (desocupados, os subocupados por insuficiência de horas e a força de trabalho potencial) subiu para 24,7%, o que representa 27,7 milhões de pessoas, segundo números divulgados pelo IBGE, nesta quinta-feira (17). Bahia (40,5%), Piauí (39,7%), Alagoas (38,2%) e Maranhão (37,4%) apresentaram as maiores taxas, enquanto Santa Catarina (10,8%), Rio Grande do Sul (15,5%), Mato Grosso (16,0%) e Paraná (17,6%) as menores. 

O judoca Pedro Victor Rezende, campeão regional brasileiro na categoria
Sênior (Até 100Kg), título conquistado em Manaus (AM), com
o empresário José Gonçalves, do Centro Elétrico, seu patrocinador
Impostos - O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) atingiu nesta quinta-feira (17), às 8h10, a marca de R$ 900 bilhões. O valor equivale ou é superior ao PIB de países como Finlândia, Chile, Hungria, Portugal, Qatar, Angola, Bolívia, República Checa, Equador e Grécia.

Procurador - O governador Flávio Dino (PCdoB) deve assinar nesta sexta-feira (18) o ato de nomeação do procurador Luiz Gonzaga Coelho para mais dois anos à frente da Procuradoria Geral de Justiça, cargo para o qual foi reeleito, segunda-feira (14), como candidato único para preenchimento de uma lista, que seria tríplice, mas que ele ocupa sozinho. A assinatura do ato será na mesma solenidade em que o governador dará posse a novos defensores públicos, no Palácio dos Leões.

Barroso - O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso profere na manhã desta sexta-feira (18), na Universidade Ceuma (campus do Renascença), palestra sobre os trinta anos de promulgação da Constituição Federal, a Constituição Cidadã, como batizou o presidente da Assembleia Nacional Constituinte, Ulisses Guimarães. O evento marca também os 28 anos de fundação desta instituição de ensino, que até o final de 2018 pretende trazer várias outras personalidades para comemoração.

Calada, a ex-governadora Roseana Sarney faz muito mais barulho do que os seus adversários falando e gritando

Há poucos dias, indagado sobre o porquê da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), mesmo dizendo ter pretensões de voltar ao Palácio dos Leões em 2019, ter adotado a estratégia do recolhimento e do silêncio, um político muito próximo a ela e que diz vir participando das discussões sobre a sucessão estadual, respondeu de forma irônica: "Falar pra quê, se, calada, todos os dias ela é tema de debate na imprensa e nas redes sociais?".

De fato, não há um dia da semana em que, ao se abrir os jornais ou acessar blogs, sites e as redes sociais, ela não apareça como tema principal, como se a política do Maranhão ainda estivesse girando no seu entorno, uns contra e outros a favor. Se  for feita uma comparação com Flávio Dino (pré-candidato e não governador) é capaz de se constatar que ela é mais notícia do que ele, que ela cria mais fatos de boca fechada do que ele falando...

O que mais impressiona no noticiário sobre a ex-governadora é que ele não é baseado em declarações ou em aparições públicas dela, mas apenas em palpites, especulações, como se houvesse uma disputa entre jornalistas, blogueiros e palpiteiros das redes sociais para saber quem é mais especialista nos Sarney, quem tem mais poderes para entrar em suas mentes e descobrir o que estão pensando ou quem tem mais informantes sobre o que se passa no ambiente da família.

Basta ver: um dia, Roseana é notícia porque confirmou sua pré-candidatura; no outro, porque estaria desistindo de concorrer. Há também os que apostam que não se candidatará a nada, outros que  deixará de concorrer ao governo para disputar o Senado ou uma vaga na Câmara Federal e até na Assembleia Legislativa; e há ainda os que dizem estar incomodada com a companhia do irmão Sarney Filho e do senador Lobão em sua chapa, mas outros preferem dizer que ela se agarra aos dois para manter seu projeto de voltar a ser governadora. Não faltam os que dizem estar querendo distância do Palácio do Planalto (leia-se Michel Temer), assim como são muitos os que dizem estar manobrando no governo federal para ser favorecida na eleição. E por aí vão as especulações.

A última declaração da ex-governadora, em entrevista à Rádio Mirante (de propriedade de sua família), foi de ratificação de sua candidatura, quando pediu para deixarem de especular sobre sua vida, sobre o que está fazendo, com quem está conversando, com quantos rompeu, quanto aderiram ao seu projeto eleitoral, para onde viajou, de onde retornou etc. "Se quiserem saber da minha vida, me consultem", disse ela, embora se saiba que não é missão fácil chegar a ela.

O certo é que, mesmo havendo uma poderosa propaganda de que Roseana estaria acabada politicamente, parece que o fato de ainda estar viva incomoda, pois o natural seria deixar no esquecimento quem o povo já teria esquecido, porém a tática parece ser não deixar crescer quem já é grande demais.

Certo é que as análises sobre essa pré-candidata podem justificar os números das pesquisas, embora sejam elas mais confiáveis ao governo do que seus opositores, ou seja, se ela tem menos de 30% é por culpa de sua estratégia de reclusão e silêncio; se está próxima dos 30% é porque está se movimentando ou alguém está fazendo ela se movimentar, pelo menos na mídia.

Só Roseana para acabar com essas especulações, e quando isto ocorrer não se sabe quem vai festejar e quem vai lamentar, quem vai se sentir aliviado e quem vai se sentir ameaçado; quem vai derrotá-la e quem vai ser derrotado por ela. É esperar!