29 de mai de 2018

Banco do Nordeste abre chamada para financiamento de R$ 4 milhões a projetos sobre Soluções Inovadoras

GIRO ECONÔMICO

Com o tema “Soluções Inovadoras para Implementação do Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste”, o Banco do Nordeste abre chamada pública para seleção de projetos no valor total de R$ 4 milhões. O edital faz parte do plano de ações focado no desenvolvimento territorial e na organização, fortalecimento e elevação da competitividade das cadeias produtivas. A fase de inscrições vai até 11 de julho e o resultado da primeira etapa será conhecido em 10 de agosto. 

Podem participar da seleção instituições públicas e privadas sem fins lucrativos, sediadas ou com atuação nos Estados nordestinos e no norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Os projetos podem ter prazo de seis meses a dois anos de execução, e serão apoiados com até R$ 300 mil.

Os recursos não reembolsáveis são do Fundo de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci) para apoio a projetos de desenvolvimento e difusão de soluções inovadoras e sustentáveis. 

Combustível - O empresário Leopoldo dos Santos Neto, proprietário da Rede Natureza, tem uma preocupação com a medida anunciada pelo presidente Michel Temer para atender as exigências dos caminhoneiros: como compensar as compras que foram feitas com a incidência da Cide e do PIS/Cofins sobre o óleo diesel e ser obrigado a vender o litro do combustível com R$ 0,46 de desconto. Outra preocupação é com a normalização do abastecimento dos postos, pois isto, segundo ele, ainda vai levar um bom período. 

Comércio - A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA) informou nesta terça-feira que nesta no feriado pelo Dia de Corpus Christi, a ser comemorado quinta-feira (31), o comércio pode funcionar em São Luís das 8 às 14 horas para os estabelecimentos de rua e das 14 às 20 horas os de Shopping Centers, com pagamento de 100% sobre o valor da hora normal e mais gratificação de R$ 50,00, conforme acordo firmado por meio da Convenção Coletiva de Trabalho. 

Na Ação Global de sábado, no Multicenter Sebrae, José 
Ahirton Lopes (Senac), Fábio Ribeiro (presidente da CDL São Luís), 
Antônio Froes (diretor da CDL) e Pedro Robson (vice-presidente
 da Federação das Indústrias 
Vacinação - Faltando ainda três dias para encerramento da primeira fase da campanha de vacinação contra a febre aftosa, alguns criadores temem enfrentar problemas para transportar o medicamento de imunização até os pastos, pois trata-se de produto muito delicado, que pode se perder se demorar na entrega. 

Avicultura - O problema no segmento de avicultura tende a se tornar mais delicado no Maranhão do que em outras unidades da Federação porque o estado não conta com frigoríficos de aves, ou seja, toda a produção local – estimada em 3,5 milhões de frangos/mês – é vendida para abates em feiras ou abatedouros fora do estado, e como não há transporte para tirar esses animais, as granjas estão produzindo sem ter como acomodá-los, porém o pior é não receber ração e esses animais passarem a correr risco de morrer de fome. 

Cerveja - Um dos itens de consumo que alguns brasileiros consideram mais importante, a cerveja, pode falta se as indústrias não receberem insumos e não tiverem como levar sua produção até os consumidores. Pelo menos no que diz respeito aos refrigerantes, energéticos e sucos, em algumas fábricas a produção foi encerrada nesta segunda-feira, e, segundo o presidente do Sindicato da Indústria de Bebidas (Simdbebidas), Francisco da Rocha, não é nenhum exagero se prevê até falta de água engarrafada.

Nenhum comentário: