7 de mai de 2018

Desperta curiosidade o silêncio de Edivaldo Holanda diante da morte de Reginaldo Telles, fundador do PDT

Desperta curiosidade o silêncio do prefeito Edivaldo Holanda Júnior diante da morte do jornalista Reginaldo Telles, escritor, ex-vereador e um dos fundadores do seu partido, o PDT, que faleceu na noite deste domingo aos 92 anos. Também não manifestou pesar o governador Flávio Dino (PCdoB), apenas o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto.

Reginaldo foi um resistente ao regime militar no Maranhão. Ao lado de Jackson Lago, militou no movimento pela Anistia, Ampla Geral e Irrestrita e foi um dos fundadores do Partido Democrático Trabalhista, partido pelo qual em 1982 concorreu ao Governo do Estado, mesmo sabendo que não haveria a menor possibilidade de sucesso, já que foram proibidas as coligações e o voto era vinculado, ou seja, todos candidatos deveriam ser da mesma legenda, de governador a vereador.

Melhor tratamento mereceu a vereadora Marielle Franco, do PSol, assassinada no Rio de Janeiro, que provocou comoções nos palácios dos Maranhão.

Nenhum comentário: