23 de jun de 2018

Pesquisa realizada em São Paulo mostra que 32,5% dos eleitores votariam num candidato indicado pelos militares

A pesquisa do Instituto Paraná divulgada semana passada sobre as intenções de voto para presidente da República, em São Paulo, na qual o deputado federal pelo Rio de Janeiro Jair Bolsonaro (PSL) aparece em primeiro lugar, com ou sem Lula (PT) na disputa, traz um dado curioso: 32,5%, ou seja, a maioria, dizem que votariam num candidato apoiado pelo militares. Em segundo lugar, com 21,4%, aparecem aqueles que votariam num candidato indicado pelo ex-presidente petista, que está preso em Curitiba (PR), onde cumpre pena por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

De acordo com o levantamento, os jovens com idade entre 16 e 24 são os que mais demonstram inclinação para um voto por indicação das Forças Armadas. O presidente Michel Temer (MDB) é quem exerce menor influência sobre o público dessa faixa etária, pois apenas 2,1% votariam num candidato indicado por ele. Os que votariam num indicado pelo ex-presidente Lula seriam 21,9%.

A pesquisa foi realizada com 2 mil eleitores e está registrada está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR-09235/2018. Leia mais em MARANHÃO HOJE.
Saiba como os entrevistados manifestam seu voto mediante indicações de seus apoiadores:



Nenhum comentário: