7 de jun de 2018

PT e PCdoB não têm tradição de marcharem unidos, pois estavam sempre se alternando em apoiar Roseana Sarney

Só quem desconhece a história ou, por conhecê-la muito bem, queira distorcê-la, pode afirmar que PT e PCdoB têm uma antiga aliança no Maranhão, como foi dito nesta quarta-feira (06) numa emissora de rádio e replicado em blogs e nas redes sociais. Na verdade, caso se confirme a permanência dos petistas na chapa majoritária de Flávio Dino na eleição deste ano, este será um dos raros momentos de marcha unida com os comunistas nas disputas para o Governo do Estado.

E tem mais: ambos os partidos já se alternaram em alianças com Roseana Sarney, ou seja, cada uma dessas legendas de "esquerda" deu sua contribuição para manter a "oligarquia" no comando da política maranhense. Basta lembrar:
  • Na eleição de 1994, enquanto o PT participava da chapa de Jackson Lago (PDT), tendo oferecido Jomar Fernandes para seu vice, o PCdoB integrava a chapa encabeçada por Roseana Sarney, à época filiada ao PFL (hoje DEM). Ela venceu Epitácio Cafeteira no segundo turno.
  • Na eleição de 1998, enquanto o PT disputava o Governo do Estado tendo como candidato Domingos Dutra, então vice-prefeito de São Luís, o PCdoB mais uma vez se coligava com Roseana Sarney, que foi reeleita no primeiro turno.
  • Na eleição de 2002, o PCdoB apoiou a candidatura de Jackson Lago ao Governo do Estado, enquanto o PT tinha como candidato Raimundo Monteiro, apoiado apenas pelo PCB. O eleito foi José Reinaldo Tavares, então no PFL, no primeiro turno.
  • Na eleição de 2006 houve uma aproximação dos dois partidos, ou seja, PT e PCdoB apoiaram a candidatura de Edson Vidigal (PSB) ao Governo do Estado. Jackson Lago (PDT) venceu Roseana Sarney (MDB) no segundo turno.
  • Na eleição de 2010, enquanto Flávio Dino disputava o Governo do Estado pelo PCdoB, o PT apoiava Roseana Sarney (MDB), a quem deu o vice, Washington Luís.
  • Na eleição de 2014, novamente Flávio Dino não conseguiu unir o seu PCdoB ao PT, que preferiu apoiar a candidatura de Lobão Filho (MDB), inclusive com participação diária do ex-presidente Lula no rádio e na TV apresentando-o como o mais preparado para governar o Maranhão.

Faltam dois meses para definição das candidaturas, e até agora não está certo que petistas e comunistas vão estar no mesmo lado. Quem quiser, que faça suas apostas.

Nenhum comentário: