18 de jul de 2018

Com saída do pai da disputa pelo Governo, Andrea Murad diz que está recompensada por integrar chapa de Roseana

A Andrea Murad, que era cotada para disputar uma cadeira na Câmara Federal, vai tentar a reeleição para Assembleia Legislativa após o seu partido, PRP, ter desistido da candidatura de Ricardo Murad (pai da parlamentar) ao Governo do Estado a fim de apoiar a ex-governadora Roseana Sarney (MDB). Pelas redes sociais, Andrea comentou a decisão como uma recompensa dos seus esforços pela candidatura de Ricardo Murad ao lado de Roseana.

“Meus esforços foram recompensados. Vocês me conhecem e sabem que não fujo da luta. Dedico meu mandato em defesa dos maranhenses contra esse governo que só nos trouxe decepções. Flávio Dino prometeu muito e quase nada fez, a não ser terminar algumas obras de Roseana. E agora juntando a experiência dos dois, Ricardo e Roseana, vamos recuperar tudo que foi desfeito. Principalmente a qualidade das upas e dos hospitais. Vou ser candidata novamente a deputada Estadual dando tudo de mim para sairmos com uma grande vitória.”, disse Andrea.

A parlamentar também esteve em reunião com a pré-candidata Roseana ontem (17), quando Ricardo Murad oficializou o apoio a ex-governadora. Em vídeo, também publicado nas redes sociais, o ex-secretário da saúde anunciou que não será mais pré-candidato ao governo do Maranhão e que “a hora é de união e de humildade” para alcançar uma importante vitória.

“Acima dos nossos sonhos, devemos tomar as decisões certas, no momento certo. A hora é de união e de humildade e todos juntos caminharmos para uma grande vitória. Por isso, em nome do Maranhão e das pessoas que sempre estiveram ao meu lado, renuncio a minha candidatura para apoiar Roseana e derrotar aqueles que não foram capazes de fazer a mudança que prometeram. A esperança vai vencer a frustração”, disse Ricardo. Leia reportagem em MARANHÃO HOJE.

Nenhum comentário: