24 de jul de 2018

Merenda Escolar poderão contar com itens fornecidos por cooperativas do regime de economia solidária

GIROECONÔMICO

Os alimentos servidos na merenda escolar poderão contribuir para incentivar a economia solidária regional. Tramita no Senado proposta que dá preferência na compra de produtos para a merenda escolar aos produtores rurais e suas cooperativas que operem em regime de economia solidária. O Projeto de Lei do Senado 292/2018, do senador Otto Alencar (PSD-BA), aguarda parecer do relator Wellington Fagundes (PR-MT) na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA). 

O texto altera a Lei 11.947, de 2009, para incluir a economia solidária no artigo que incentiva a compra de produtos oriundos da agricultura familiar, dos empreendedores familiares rurais, das comunidades tradicionais indígenas e das comunidades remanescentes de quilombos.

Se aprovado na CRA, o texto segue para a Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) em decisão terminativa a fim de ser levado ao plenário. 

Gasolina - A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (23) a redução de 0,94% no preço da gasolina comercializada em suas refinarias e partir desta terça, o combustível passará a custar R$ 1,9426 por litro. A estatal vinha mantendo o preço do litro da gasolina em R$ 1,9611 desde o dia 18 de julho. Depois de chegar a R$ 2,0527 por litro no dia 12 de julho, o combustível teve quatro reduções de preço e voltou a um patamar semelhante ao registrado em 30 de junho, quando era comercializado a R$ 1,9486. 

Comércio - A Federação do Comércio informa que dia 28 de julho, feriado estadual de Adesão do Maranhão à Independência, o comércio de rua poderá abrir das 8h às 14h e os de shopping centers, das 14h às 20h, com pagamento de 100% sobre o valor da hora normal e mais gratificação de R$ 50,00 ao final do dia, conforme acordo firmado por meio da Convenção Coletiva de Trabalho. Os supermercados e as farmácias, consideradas atividades essenciais, podem funcionar em horário livre nesse dia. 

Carlos Gaspar e a gerente das concessionárias Lifan e Chery,
Audênia Vieira Pires, fazendo balança da movimentação de
vendas desses modelos chineses, cuja aceitação aumentou
consideravelmente no Maranhão
Hotelaria - Nos hotéis da cidade é grande o número de pedidos de reservas para este fim de semana por contas das convenções partidárias mais aguardadas, a do PCdoB, sábado (28), quando será oficializada a candidatura de Flávio Dino, e a do MDB, domingo (29), para lançamento de Roseana Sarney. 

Chineses - Representante em São Luís de duas das mais famosas marcas de veículos chineses, Lifan (Avenida) e Chery (Auvepar), o empresário Carlos Gaspar diz que a aceitação dos modelos das montadoras orientais melhorou muito em São Luís, seja pela produção em território nacional, como é o caso da Chery, em parceria com o Grupo Caoa, e no Uruguai, onde são produzidos os modelos Lifan, pois, além da queda de tributos para importados, o consumidor passou a ter mais confiança em caso de reposição de peças. 

Safra - Técnicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) já se encontram em Balsas para levantamento de dados com vistas à nova projeção da próxima safra agrícola, que deve ser divulgada em agostos. As estimativas são feitas com base em informações do Sindicato dos Produtores Rurais, Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja) e das instituições financeiras. Os últimos levantamentos apontam que o Maranhão terá este ano uma das maiores colheitas de todos os tempos.

Nenhum comentário: