18 de jul de 2018

Petebistas e tucanos no Maranhão aguardam definição sobre coligação das legendas para definirem seus destinos

Senador Roberto Rocha espera pelo apoio do PTB
O anúncio do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, que nesta quarta-feira selou acordo do partido com o PSDB para apoiar a candidatura do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, gerou expectativas diferentes nos diretórios das duas legendas no estado, já que estão em campos opostos: os tucanos têm o senador Roberto Rocha como pré-candidato a governador e os trabalhistas querem coligar com Flávio Dino (PCdoB), que vai tentar a reeleição. Leia reportagem em MARANHÃO HOJE.

A decisão da direção nacional não deixa claro se a coligação é somente para a disputa presidencial ou se estenderá a todos os estados. O deputado federal Pedro Fernandes, que preside a executiva estadual do PTS, acredita que vai continuar com liberdade de escolha e esta será pela coligação com os comunistas.

 Já no PSDB, a expectativa é que o acordo será verticalizado, ou seja, os petebistas terão de apoiar Roberto Rocha, e mesmo que alguns mantenham fidelidade a Dino, o tempo da legenda no rádio e na TV vai beneficiar os tucanos. É esperar.

Nenhum comentário: