17 de ago de 2018

Abertura do mercado cubano para empresas maranhenses é debatida em seminário da Fiema e da Fecomércio

GIRO ECONÔMICO

Na próxima terça-feira (21), as federações do Comércio (Fecomércio) e das Indústrias (Fiema), em parceria com a Embaixada de Cuba no Brasil e a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia, realizam o Seminário Oportunidades de Negócios Cuba e Maranhão: Missão Comercial à FIHAV 2018. O evento é gratuito e será realizado das 8h30 às 12h30, no auditório da Fecomércio, no Calhau. O evento tem como objetivo debater as possibilidades de exportação de produtos maranhenses, além do desenvolvimento de novos investimentos, o evento apresentará o Brasil como um dos maiores fornecedores dos produtos importados por Cuba, principalmente de setores como alimentos, bebidas e agronegócios, máquinas e equipamentos, e construção civil. 

Nos debates serão destacadas as potencialidades do Maranhão, além de identificar o interesse cubano na importação de produtos ou possíveis parceiros de investimentos, com foco nos segmentos de alimentação, artigos domésticos, materiais de construção, artigos para uso pessoal, calçado e vestuário, e construção civil.

O Seminário contará com a presença da Diretora Comercial da Brasfaf, Vilma Laffitte Rodriguez, a representante da Biocubafarma, Yodira Perez, a Conselheira Comercial de Cuba, Dagmar González e a cônsul geral de Cuba para o Nordeste, Laura Pujol. Leia reportagem completa em MARANHÃO HOJE.

Embrapa - De terça (21) a quinta-feira (23), no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) de Caxias, representantes da Embrapa, do IFMA e da Secretaria de Agricultura Familiar (SAF) vão realizar treinamentos sobre cultivo de feijão caupi e processamento de alimentos biofortificados. O evento conta com apoio da Prefeitura Municipal e da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp)– AGERP, com apoio do projeto BioFORT e do programa HarvestPlus. 

Celular - Não será fácil limpar constantemente o celular até 07 de outubro, para tirar o excesso de mensagem com propaganda política. Até a manhã desta quinta-feira (16) haviam sido apresentados na Justiça Eleitoral mais de 400 pedidos de registros para candidaturas (governador, vice-governador e deputados) e o bombardeio é constante, de todos eles, desde as primeiras horas da madrugada às últimas da noite, ou seja, 24 horas ininterruptas de bombardeio eletrônico, mais perturbador que os proibidos carros de som. 

Seguidores de hábitos alimentares saudáveis, Flávio e 

Michelle Carvalho decidiram compartilhar conhecimentos e ritmo d
e vida com a população de São Luís ao abrirem, na Ponta d´Areai, 
uma franquia da Terra Madre – Orgânicos e Saudáveis 
Patrimônio - A candidata do MDB, Roseana Sarney, é, disparada, a candidata mais rica na disputa pelo Governo do Estado, com patrimônio avaliado em mais de R$ 11 milhões. Na outra ponta está o candidato do PSOL, engenheiro Odívidio Neto, que declarou apenas R$ 50 mil, que seria o valor do seu único bem, um automóvel. 

Cozinha - Neste sábado (18), na loja do home center no Cohafuma, a Potuguar promove um treinamento voltado para amantes da culinária, donas de casa, estudantes de gastronomia e chefs de cozinha e outros a ser ministrado pela professora e especialista em culinária maranhense Rachel Bonfim. Trata-se de mais uma edição do Na Cozinha Potiguar: Sabores da Nossa Terra, que oportunizará meios para preparo de pratos populares da culinária maranhense, dentre eles a tradicional casquinha de caranguejo. 

Censo - O Maranhão foi um dos estados escolhidos para aplicação, de 20 de agosto a 06 de setembro, da primeira prova piloto do questionário temático do Censo 2020, que traz perguntas específicas para indígenas, quilombolas e outros povos e comunidades tradicionais. A aplicação do questionário pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ocorrerá, além do Maranhão, no Acre, Amapá, Rondônia, Ceará, Sergipe, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

Nenhum comentário: