25 de ago de 2018

Sindicatos de produtores rurais de Arari e de Parnarama passam a fazer parte do Sistema Federação da Agricultura

GIRO ECONÔMICO

Dois novos sindicatos de produtores rurais passaram a fazer parte da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema): de Parnarama e de Arari. As fundações e eleição das diretorias foram acompanhadas pela chefe do Departamento Sindical da Famea, Liliane Coelho. Em Parnarama, a solenidade ocorreu na Câmara dos Vereadores, com participação de mais de 50 produtores rurais, que elegeram Rosana Marinho Oliveira para presidente. Já em Arari, a eleição e posse da diretoria se deu no auditório do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras (STTR). 

O presidente é José de Ribamar Batalha Júnior. Com a chegada de novos filiados, a Faema pretende expandir nas zonas de atuação dos sindicatos suas ações para fortalecer a produção rural e de educação e cidadania, por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Para Liliane Coelho, a fundação de um sindicato é um grande desafio para o momento atual, “mas o anseio de união e coletividade permite que ele já nasça fortalecido e cumpra com o seu papel primordial, que é ouvir e apresentar propostas de avanços para o produtor e manter a relação campo e cidade”. 

Biometria - Neste domingo (26), em Pinheiro, o Tribunal Regional Eleitoral (TER) realiza eleição simulada por biometria com participação dos moradores que votam no Instituto de Ensino Pinheirense (IEP). O objetivo é familiarizar os eleitores com o novo sistema de votação, que vai ser utilizado este ano em 207 dos 217 municípios maranhenses. A fim de repassar mais informações à população, nesta sexta-feira (24) foi realizada audiência pública com a presença do desembargador Ricardo Duailibe, presidente do TRE. 

Combustível - É de fazer inveja ao proprietário de um Celta ou Uno e também aos motociclistas saber quanto paga o proprietário de aeronave particular para encher o tanque do seu avião. Esta semana, o querosene de aviação (QAV) atingiu seu preço mais elevado e ficou, em média R$ 3,30, segundo informações da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Como se percebe, por esse valor não se compra nos postos de São Luís nem mesmo etanol e, em média, fica R$ 1,00 a menos do que a gasolina. 

Leopoldo Santos Neto, presidente do Sindicato dos Distribuidores
 de Combustíveis (SindCombustíveis), em visita ao estande da ALE, no 
XV Encontro dos Revendedores de Combustíveis e Lojas de 
Conveniência da Região Norte (Palmas-TO) 
Paternidade - A Defensoria Pública do Estado (DPE) lança neste sábado (25), no Centro de Ensino O Estado do Pará, o projeto “Pai e filhos: Reconhecer é um ato de amor”, voltado para reconhecimento de paternidade e inclusão de nome do pai biológico na certidão de nascimento de filho registrado somente pela mãe. 

Turismo - O anúncio de que a companhia aérea sueca de baixo custo Norwegian deve operar voos internacionais a partir de Fortaleza (CE) anima o trade turístico maranhense, em especial empresários de Barreirinhas, pois pode contribuir para aumentar o fluxo de turistas estrangeiros na região, isto porque o Ceará integra a Rota das Emoções e sua capital pode ser importante porta de entrada para quem pretende conhecer os Lençóis Maranhenses e nem sempre está disposto a arcar com altos custos de passagens. 

Expoema - Marcada para ser realizada em setembro, na semana de comemoração do aniversário de São Luís, a Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema) foi adiada para o mês de novembro. O local será o mesmo do ano passado, o Parque Independência, em São Luís, onde o Governo do Estado pretende construir um conjunto habitacional voltado para servidores públicos, mas como as obras ainda não têm prazo para começar, o imóvel foi novamente liberado para a montagem do evento.

Nenhum comentário: