21 de ago de 2018

Embrapa divulga a importância de aumentar a produção de alimentos biofortificados por agricultores familiares

GIRO ECONÔMICO

Esta semana o programa Prosa Rural, disponível no site www.embrapa.gov.br, aborda a biofortificação na agricultura familiar, processo feito a partir do cruzamento de plantas da mesma espécie, conhecido como melhoramento genético convencional, gerando cultivares mais nutritivas. Além da qualidade nutricional, são também incorporadas boas características agronômicas, como: produtividade, resistência à seca e a pragas, o que, por sua vez, gera boa aceitação pelo mercado, consumidores e produtores. 

A essência do programa é enriquecer alimentos que já fazem parte da dieta da população mais carente, como arroz, feijão-caupi, mandioca (macaxeiras), batata-doce, milho, abóbora e trigo, a partir do aumento de ferro, zinco e vitamina A, introduzindo alimentos mais nutritivos na dieta dessas pessoas. O objetivo é diminuir a desnutrição e garantir maior segurança alimentar, além de combater carência de micronutrientes.

No Maranhão, os cultivos biofortificados foram implantados desde 2006, pela Embrapa Meio-Norte. Atualmente, a atuação da Embrapa Cocais abrange duas frentes: as ações advindas do Acordo de Cooperação Técnica entre a Embrapa e o Governo do Estado do Maranhão, e o projeto de transferência de tecnologia e de comunicação empresarial. 

Cuba - As federações do Comércio (Fecomércio) e das Indústrias (Fiema) realizam das 08h30 às 12h desta terça-feira (21), em parceria com a Embaixada de Cuba no Brasil e a Secretaria Estadual de Indústria, o seminário Oportunidades de Negócios Cuba e Maranhão: Missão Comercial à FIHAV 2018. O objetivo é debater as possibilidades de exportação de produtos maranhenses, além do desenvolvimento de novos investimentos, para o mercado cubano. Com acesso livre, o debate será na sede da Fecomércio, no Calhau. 

Embrapa - Desta terça-feira (21) até a próxima quinta (23), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embarpa) realiza, em Caxias, numa parceria com o Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFMA) e Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), três treinamentos sobre cultivo de feijão-caupi e processamento de alimentos biofortificados. Os eventos contam com apoio da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp), projeto BioFORT e do programa HarvestPlus. 

No encontro com o trade turístico local nesta segunda-feira (20), o presidente
da Abav Nacional, Geraldo Rocha (E), com o presidente da Abav Maranhão,
Jansen Santos, a secretária municipal de Turismo, Socorro Araújo;
a vice-presidente Ana Carolina Medeiros; e o secretário adjunto de Turismo
do Estado, Hugo Paiva
Crédito - O Banco da Amazônia lançou a campanha Recupera Mais Crédito 2018, que beneficia os clientes com crédito em atraso e querem regularizar sua situação. Os descontos são de até 95% sobre o saldo devedor. A campanha segue até o dia 30 de setembro. 

Emoções - O turismo em Barreirinhas está bombando, mas com baixo reflexo na capital, isto porque boa parte dos atraídos pelas belezas dos Lençóis Maranhenses, não estão sequer pernoitando em São Luís, seguindo direto do aeroporto para o interior. Outro dado constatado pelos empresários do município é que boa parte dos visitantes vem do Ceará pela via rodoviária, já que a divulgação da Rota das Emoções é feita com maior intensidade pelos cearenses, que estendem seus pacotes até o litoral maranhense. 

Negativados - Pesquisa Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) divulgada nesta segunda-feira (20) aponta que mais de um terço dos que contrataram empréstimos no último ano (35%) ficaram com nome sujo por atrasar as prestações. Desse total, 20% já regularizaram a situação, enquanto 15% permanecem negativados. De acordo com o levantamento, dois em cada dez brasileiros (23%) contrataram empréstimos nos últimos doze meses, sendo que 12% buscaram empréstimo pessoal em bancos e 7% em financeiras.

Nenhum comentário: