8 de ago de 2018

Juíza que decretou inelegibilidade de Flávio Dino cassou ainda o diploma do prefeito de Coroatá, Luís da Amovelar

Governador Flávio e o prefeito Luís da Amovelar Filho
A juíza Anelise Nogueira Reginato, que decretou a inelegibilidade do governador Flávio Dino (PCdoB) e do ex-secretário de Comunicação e Assuntos Políticos Marcio Jerry, cassou também os diplomas do prefeito de Coroatá, Luís Mendes Ferreira Filho, o Luís da Amovelar Filho, e do seu vice, Domingos Alberto Alves de Sousa. Na decisão, ela aplicou ainda uma multa de 100 mil UFIRs ao gestor municipal.

A ação foi proposta pela coligação “Coroatá com a força de todos”, encabeçada pela ex-prefeita de Coroatá Teresa Murad contra o governador Flávio Dino, Marcio Jerry, Clayton Noleto Silva (secretário estadual de Infraestrutura), Jefferson  Portela (secretário estadual de Segurança Pública), Luís Mendes Ferreira Filho (prefeito) e Domingos Alberto Alves de Sousa (vice-prefeito) sob os fundamentos de que, durante a campanha eleitoral para a chefia do poder executivo municipal em 2016, houve abuso de poder econômico, político e administrativo em favor do prefeito eleito. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Da decisão cabem recursos ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (em segunda instância) e posteriormente ao Tribunal Superior Eleitoral (em última instância).

Nenhum comentário: