12 de set de 2018

José Sarney doa R$ 95 mil para a campanha de Roseana e Flávio Dino recebe de seus parentes mais de R$ 66 mil

Com o fim do financiamento empresarial de campanha eleitoral, os candidatos aos diversos cargos na eleição deste ano, chegaram a imaginar que poderiam receber ajuda financeira de eleitores e admiradores, abrindo contas na internet, mas a participação foi muito baixa.

Não restou outra alternativa, além do dinheiro do Fundo de Campanha (dinheiro do povo, diga-se de passagem), recorrer a ajuda dos próprios parentes.

Dos seis candidatos ao Governo do Maranhão, pelo menos três, contam com ajuda generosa dos parentes. O ex-senador e ex-presidente José Sarney (MDB), por exemplo, meteu a mão fundo no bolso e tirou R$ 95 mil para a campanha da filha Roseana, que disputa o Governo do Estado. Ela já havia recebido R$ 8 milhões do diretório nacional do seu partido.

Três parentes de Flávio Dino (PCdoB) - Sálvio Dino Júnio, Ana Amélia e Ana Sílvia - também decidiram socorrer o candidato e deram a ele R$ 66,8 mil.

Também saíram em socorro do candidato os secretários Marcellus Ribeiro (Fazenda) e Ednaldo Neves (Comunicação), além do presidente da Emap, Ted Lago, que adicionaram mais R$ 20 mil de doação ao governador, que recebeu ainda R$ 3 milhões do diretório nacional do PCdoB.

A própria candidata, as filhas Thayanne e Rhaynne e o marido, Rui, deram à campanha de Maura Jorge R$ 22 mil. Ela até agora nada recebeu do PSL, o seu partido.

Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Nenhum comentário: