27 de out de 2018

Índice que mede preços de produtos industrializados registra inflação de 2,93% em setembro, segundo o IBGE

GIRO ECONÔMICO

O Índice de Preços ao Produtor (IPP), que mede a variação de preços de produtos industrializados na porta de saída das fábricas, registrou inflação de 2,93% em setembro. A taxa ficou acima do 0,86% de agosto deste ano e do 1,48% de setembro de 2017. Segundo dados divulgados nesta sexta-feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPP acumula 14,02% no ano e 18,2% em 12 meses.

De agosto para setembro deste ano, entre as quatro grandes categorias econômicas, a maior inflação foi observada nos bens intermediários, isto é, os insumos industrializados usados no setor produtivo, cujos preços subiram 3,84%. As demais categorias tiveram as seguintes taxas de inflação: bens de capital, isto é, as máquinas e equipamentos (1,82%), bens de consumo semi e não duráveis (1,78%) e bens de consumo duráveis (0,82%).

Ainda na comparação com agosto, os preços subiram em 22 das 24 atividades pesquisadas pelo IBGE, com destaque para indústrias extrativas (12,82%), refino de petróleo e produtos de álcool (7,44%) e outros produtos químicos (4,52%).

Construção - As lojas de material de construção, que representam o terceiro maior segmento do varejo ampliado do país, mesmo com um cenário econômico incerto, estão mais otimistas para esse ano. Segundo o Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar), a categoria estima um aumento de 2,21% em novembro, em relação ao mesmo período de 2017. Para a associações do segmento, o varejo de material de construção apresentou alta de 7% e estima fechar o ano com 9%, no total.

Exporvagem - Considerada um dos maiores eventos do agronegócio no Maranhão, principalmente para os pecuaristas do segmento da ovinocaprinocultura, a Exposição Agropecuária de Vargem (Exporvargem), marcada para o período de 23 a 25 de novembro, foi cancelada. Em nota, a Associados de Criadores de Caprinos o Ovinos de Vargem Grande (ACCOVAG), não esclarece os detalhes do cancelamento, mas informa que não terá como bancar o evento e lamenta dizer que a décima será somente em 2019.

Arione Diniz, no registro com os filhos, Bruno e
Ariane, aparece em nono lugar no ranking do
varejo nacional na categoria Lojas Especializadas,
segundo levantamento do Ibevar
Pesquisa - A Confederação Nacional do Transporte divulga, às 18h30 deste sábado (27) os resultados da 142ª Pesquisa CNT/MDA de Opinião. O levantamento aborda a eleição presidencial de 2018, trazendo as preferências dos entrevistados para o segundo turno de votação.

Suzano - A Suzano registrou prejuízo líquido de R$ 108 milhões no terceiro trimestre, revertendo resultado positivo de R$ 801 milhões do mesmo período do ano passado, impactada principalmente pelo câmbio sobre financiamentos que incluem os obtidos para incorporar a Fibria. Por outro lado, o resultado operacional, teve forte alta de 78,6% em um ano, com o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado atingindo recorde de R$ 2,118 bilhões. A receita líquida ficou em R$ 4 bilhões.

Financiamento - Começaram quinta-feira (25) os processos de aditamento dos contratos do Novo Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). Cerca de 50 mil estudantes assinaram contratos no primeiro semestre de 2018 e devem realizar o aditamento. Os procedimentos devem ser realizados por meio da página www.sifesweb.caixa.gov.br, no período de 25 de outubro até 30 de novembro de 2018. Caso haja necessidade de alterações no contrato, como a troca de fiador, o estudante deve comparecer a uma agência da Caixa.

Nenhum comentário: