26 de out de 2018

Lucro líquido da Vale no terceiro trimestre foi de 1,4 bilhão de dólares, uma queda de 37% em relação a 2017

GIRO ECONÔMICO

A Vale encerrou o terceiro trimestre deste ano com um luro líquido de US$ 1,408 bilhão, o que representa uma queda de 37% ante os US$ 2,230 bilhões registrados no mesmo período do ano passado.  A receita líquida da mineradora teve alta de 5,5%, passando de US$ 9,050 bilhões no terceiro trimestre de 2017 para atuais US$ 9,543 bilhões. O Ebitda (Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização, na sigla em inglês) ajustado, por sua vez, teve leve alta de 4,3%, atingindo US$ 4,374 bilhões entre julho e setembro deste ano. 

Um dos pontos que mais chamaram atenção foi o endividamento, que caiu para US$ 10,704 bilhões, o que representa uma queda de 49,19%. Segundo a companhia, o principal fator por esta melhora foi a forte geração de fluxo de caixa livre, que ficou em US$ 3,1 bilhões.

O estudo é do Itaú BBA, que prevê que os resultados do quarto trimestre continuarão fortes, o Bradesco BBI afirma que a companhia foi uma “sólida máquina de dinheiro”, enquanto a Santander espera que a mineradora continue com bons resultados operacionais. 

Saneamento - Estudo da BRK Ambiental divulgado pelo Instituto Trata Brasil nesta quinta-feira (25) revela que uma em cada quatro mulheres não tem acesso adequado a infraestrutura sanitária e saneamento. A falta desses serviços a 27 milhões de brasileiras impactam a saúde, o acesso à educação e à renda, além do bem-estar, conforme conclusões da pesquisa. As meninas sem acesso a banheiro têm desempenho estudantil pior, com 46 pontos a menos no Enem quando comparadas à média dos estudantes brasileiros. 

Criadores - Em processo de renovação da diretoria, a Associação dos Criadores busca um nome que possa levar de volta ao convívio da entidade tradicionais pecuaristas que dela andam afastados e que possa dar continuidade ao calendário de eventos que são vitrines do agronegócio no estado, como a extinta Expoema. Alguns nomes estão surgindo, mas estes preferem não se pronunciar, pois a intenção é evitar um racha ainda maior, ou seja, busca-se uma renovação sem alargar o fosso entre as diversas correntes. 

No painel Insight Indústria, realizado na Federação das 
Indústrias, Marco Moura, do Sesi, Senai e IEL, com os diretores 
da Fiema Luiz Renner e Ana Rute Mendonça e a presidente 
do Sindirepa, Leonor Carvalho 
Comércio - O Índice de Confiança do Comércio, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), avançou 3,8 pontos de setembro para outubro. Com a alta, o indicador chegou a 92,5 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. 

Indústria - Educação, Indústria 4.0, Segurança e Saúde, e Inovação e Tecnologia foram pauta do painel de ideias Insight Indústria, realizado pelo Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL), com participação de representantes de grandes empreendimentos e do Sistema Federação das Indústrias (Fiema) para levantar as principais necessidades e apontar as possíveis soluções para as indústrias maranhenses. 

Beleza - Pacientes atendidas pela Fundação Antonio Jorge Dino (Fad) recebem nesta sexta-feira (26), no Hospital do Câncer Aldenora Bello, em São Luís, serviços gratuitos de limpeza de pele, corte de cabelo, depilação, micro pigmentação das aureola dos seios e das sobrancelhas, dentre outros. A ação faz parte da Campanha Outubro Rosa Maracap, que segue até o final do mês, com alertas às mulheres sobre a importância de realizar a prevenção do câncer de mama e convocando a população para colaborar com o hospital.

Nenhum comentário: