19 de out de 2018

Ministério do Turismo apresenta as belezas dos Lençóis Maranhenses na feira Adventure Sports Fair em São Paulo

GIRO ECONÔMICO

Começa nesta sexta-feira (19) a 19ª edição da Adventure Sports Fair, principal evento latino-americano dedicado ao mercado do Turismo de Aventura e esportes ao ar livre, que deve reunir público de 30 mil pessoas até domingo (21) na capital paulista. O Ministério do Turismo participa da feira com estande de 180 m², no qual vai expor experiências e atividades disponíveis nos parques nacionais do Brasil. O formato promocional reúne, além de representantes dos parques e governos estaduais, empresários da cadeia produtiva que vendem produtos e serviços turísticos relacionados às unidades de conservação. 

Visitantes interessados em comprar atividades, experiências ou passeios nos seguintes parques nacionais poderão conhecer as opções de perto: Aparados da Serra/Serra Geral (RS/SC); Iguaçu (PR); Tijuca e Serra dos Órgãos (RJ); Serra da Bocaina (RJ/SP); Itatiaia (MG/RJ); Serra do Cipó (MG); Caparaó (ES/MG); Chapada dos Veadeiros (GO); Chapada dos Guimarães (MT); Jericoacoara (CE); Lençóis Maranhenses (MA) e Anavilhanas (AM).

“Será uma oportunidade de apresentar ao público final da feira a ampla variedade do ecoturismo e turismo de natureza no Brasil. Quem passar pelo estande vai poder conhecer os parques, se informar sobre serviços turísticos disponíveis nessas áreas e até sair dali com ingressos, traslados e passeios comprados”, explica o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz. 

Portos - A Assembleia Legislativa vai realizar nos próximos dias um seminário voltado para tratar do desenvolvimento portuário do Maranhão. Segundo o deputado Júnior Verde (PRB), autor da proposta, o tema é importante porque o estado possui um dos maiores portos do país, o Itaqui, por onde saem e chegam vários tipos de produtos, movimentando riqueza e gerando empregos. Segundo Júnior Verde, uma reunião preparatória já foi realizada para alinhar programação e definir palestrantes. 

Pagamento - Começou nesta quinta-feira (18) o pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS), calendário 2018/2019, para trabalhadores nascidos em outubro. Em relação ao Pasep, abono destinado a servidores públicos, cujo pagamento é feito nas agências do Banco do Brasil, a liberação é para quem tem inscrição de final 3. Segundo a Caixa, no caso do PIS, os valores variam de R$ 80 a R$ 954, conforme o tempo de trabalho no ano passado e titulares de conta individual já receberam o depósito. 

Na sessão em que foi homenageado pela Assembleia Legislativa 

com a Medalha Manuel Beckman, o ministro do Superior Tribunal
 de Justiça (STJ) Reynaldo Soares da Fonseca (D) com o deputado 
Othelino Neto, presidente do parlamento 
Indústria - O Indicador Ipea Mensal de Consumo Aparente de Bens Industriais, que mede a demanda interna no setor, divulgado nesta quinta-feira (18), recuou 0,6% em agosto, na comparação com o mês anterior. O indicador é definido como a produção industrial doméstica, descontadas as exportações e acrescidas as importações. 

Paloma - Dois postos da Rede Paloma – Estrada da Vitória (Turu) e Inhaúma (Raposa) – despontam nas primeiras posições do ranking divulgado pelo Procon sobre os estabelecimento onde o preço da gasolina é encontrado a menor custo na Ilha de São Luís. Além do baixo preço, a empresa diz que oferece produto de melhor qualidade, já que realiza monitoramento constante sobre os produtos recebidos. O levantamento é resultado da Operação Batismo, que tem fiscalizado postos em todo o Estado. 

Repasse - O Ministério da Educação repassou R$ 5,04 milhões a instituições federais de ensino no Maranhão para manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil. No total, foram R$ 190,54 milhões para todo o país, sendo R$ 128,77 milhões, para universidades federais, incluindo hospitais universitários; R$ 59,34 milhões para institutos de educação profissional, científica e tecnológica; e R$ 2,43 milhões para Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), Instituto Benjamin Constant (IBC) e Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj).

Nenhum comentário: