12 de out de 2018

Vendas de veículos por financiamento bancários atingem 4 milhões de unidades de janeiro a setembro deste ano

GIRO ECONÔMICO

As vendas financiadas de veículos novos e usados em 2018, considerando autos leves, motos e pesados – ultrapassaram a marca de 4 milhões de unidades. Para efeito de comparação, em 2017, foram financiados 3,7 milhões, no mesmo período (janeiro a setembro). A alta foi de 7,5% na comparação entre os períodos de 2018 e 2017. O crescimento foi impulsionado, principalmente, pelo segmento de novos, que apresenta uma evolução de 14% contra o acumulado do ano de 2017.

Considerando apenas o mês de setembro, os financiamentos permaneceram estáveis, com alta de 1,1% na comparação com o mesmo mês do ano passado, encerrando o período com um total de 424.584 unidades. Desse total, foram vendidos a crédito 163.339 veículos novos, alta de 7,6% em relação ao mesmo período de 2017. Já os usados atingiram 261.245 vendas a crédito em setembro deste ano, queda de 2,6% na mesma base de comparação.

O levantamento é da B3, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. Para visualizar o relatório completo de financiamentos de veículos no Brasil em setembro de 2018.

Inadimplentes - No mês de setembro houve um aumento de 3,9% na quantidade de novos inadimplentes na comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito, a partir das bases as quais ambas instituições têm acesso. Em número absoluto, estima-se que cerca de 62,4 milhões de brasileiros estejam com restrições ao CPF, o que representa 40,6% da população adulta acima de 18 anos. 

Logística - A Café com Logística realiza dia 07 de novembro, no Rio Poty Hotel, em São Luís, o evento O Futuro da Logística e do Supply Chain, encontro de executivos e profissionais do setor, com realização de palestras e compartilhamento de experiências dos principais modais e a cadeia de abastecimentos atuantes na região. Aberto para profissionais de vários setores, o evento é uma oportunidade para consolidar contatos e fundamental para reconhecimento no mercado, ampliando as oportunidades dentro da área. 

Em sua passagem por São Luís, em junho, o presidenciável Jair
Bolsonaro com os empresários Felipe Mussalém (ACM), Marcelino
Ramos (Fecomércio) e Edilson Baldez (Fiema). Também no registro
sua candidata  ao governo do Estado, Maura Jorge 
Vermelho - Nunca uma campanha contribuiu tanto para atiçar o sentimento de brasilidade da população quanto a deste ano. Os dois candidatos que disputam o segundo, Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, adotaram o verde e amarelo como suas cores. Como dizia o jingle de José Serra em 2002, “muda, meu Brasil, mas não muda de bandeira. É verde e amarela, jamais será vermelha...” 

Emprego - Faltando três meses para a chegada das festas de fim de ano, os setores de comércio e serviços já abriram as portas para a contratação de trabalhadores. Para os empresários, essa pode ser a última oportunidade para recuperar prejuízos, enquanto profissionais desempregados veem a chance de voltar ao mercado de trabalho. Uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) estima que 59,2 mil vagas serão abertas nos próximos meses. 

Operações - Cerca de 3 milhões de clientes do Banco do Brasil já podem realizar onze serviços financeiros pelo WhatsApp: transferências, consulta código IBAN (International Bank Account Number), recarga de celular, liberação de cartão, saldo de conta corrente, extrato de conta corrente e de poupança, saldo de poupança, extrato de fundos de investimento, rastreio de cartão e fatura de cartão. A solução alia uso da inteligência artificial, com a prontidão do chatbot. As mensagens são criptografadas de ponta a ponta.

Nenhum comentário: