5 de nov de 2018

Em nova provocação a Bolsonaro, Flávio Dino diz que sua posse será de compromisso com Constituição; a dele não

Faltando mais de um mês para as posses dos governadores de estado e do presidente da República, marcada para 1º de janeiro de 2019, o governador Flávio Dino (PCdoB) fez nesta segunda-feira (05) mais uma provocação gratuita ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), eleito dia 28 do mês passado.

Em sua página no Facebook, ao fazer um convite aos maranhenses para assistirem ao ato em que receberá pela segunda fez a faixa de governador, disse que a solenidade será repleta de compromissos com a Constituição e com a Justiça Social, diferente de "outra que vai acontecer na mesma data em Brasília", numa menção à troca de comando na Presidência da República.

A provocação mereceu críticas e elogios. Os simpatizantes do governador aplaudem essa postura de conflito, desde já, com o governo federal; outros observadores acham que Flávio Dino está levando o Maranhão para uma situação de difícil relacionamento com Brasília. 

Eis a nota do governador:

"Convido a todos para a nossa posse no governo do Maranhão. Dia 1º de janeiro, 16h. Vai ser bonita, repleta de esperança e de compromissos com a Constituição e com a justiça social. Bem diferente de uma outra que vai acontecer na mesma data em Brasília".

4 comentários:

Unknown disse...

Situação dificil?
O bostanaro tem que governar para todos e ponto final, goste ele ou não?

Nathanielle Carvalho disse...

Eu, como maranhense que sou, na minha humilde opinião, acho que Flavio Dino, devia ser mais humilde e coerente, e pedir ajuda do governo federal, pra tirar o maraMarada pobreza, já estava ruim, ele deixou bem pior. O Maranhão não está na pobreza, está abaixo da linha da extrema pobreza. Em vez de ficar criticando o Bolsonaro, que está querendo melhorar o país, tá criticando. Esse perdeu a chance de ficar calado, é um verdadeiro idiota

Gilson Santanna disse...

Se pudesse separando essas merdas séria melhor, pegava esses cegos polipolít e babacas colocava em um navio e mandava o casa do caralho kkkkk

Gilson Santanna disse...

E o povo aibda vota nesse bosta