24 de nov de 2018

Plataforma Sesi Viva+ orienta empresas e trabalhadores sobre saúde e segurança no ambiente de trabalho

GIRO ECONÔMICO

Pesquisa do Serviço Social da Indústria (Sesi) mostra que 71,6% das indústrias estão dando prioridade à gestão de segurança e saúde dos trabalhadores e, para 76,4% dos entrevistados, o grau de atenção da indústria brasileira ao tema deve aumentar nos próximos anos. Dados da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda apontam os acidentes de trabalho por grupo de 10 mil profissionais caíram mais de 25% entre 2007 e 2016 (de 137,8, em 2007, para 103,0, em 2016). 

A fim de diminuir esses índices, foi lançada nesta quarta-feira (21), plataforma digital Sesi Viva+, num evento reuniu, na sede da Federação das Indústrias (Fiema), empresários e representantes de empresas. “A ideia é que seja uma ferramenta útil tanto para as empresas quanto para trabalhadores com um olhar de redução de custos, de doenças e de redução de afastamento dos trabalhadores”, disse Katyana Menescal, gerente de Segurança e Saúde no Trabalho do Departamento Nacional do Sesi.

Com a plataforma, as empresas podem fazer sua gestão de SST antes de enviar para o eSocial. A plataforma faz os programas legais e possibilita uma segurança jurídica maior, ao possibilitar ao gestor fazer uma criticidade dos dados. 

Eleição - O empresário Hélio Araújo, ex-presidente da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII), é o novo presidente da Federação das Associações Empresariais do Maranhão (FAEM). A eleição foi realizada quarta-feira (21) e a nova diretoria executiva cumprirá mandato de três anos, de 2019 a 2021. A chapa única obteve 100% dos votos. Hélio Araújo, que vai suceder Domingos Júnior, terá como vice, Felipe Mussalém, que é presidente da Associação Comercial do Maranhão. 

Distrato - O Senado concluiu na última quarta-feira (21) a votação do projeto de lei que fixa novos direitos e deveres de empresas e clientes nos casos de rescisão de contratos de aquisição de imóveis em regime de incorporação imobiliária ou loteamento (PLC 68/2018). O texto aprovado mantém a previsão de que as construtoras fiquem com até 50% dos valores pagos pelo consumidor em caso de desistência da compra do imóvel. Com as mudanças, a matéria volta à análise da Câmara Federal.

Fábio Ribeiro, presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de São
Luís, diz que a Semana de Renegociação de Dívidas, que prossegue até
este sábado (24), no Shopping da Ilha, é uma boa oportunidade para
empresas e consumidores diminuírem os altos índices de inadimplência
Hotelaria - Um levantamento realizado pelo Ministério do Turismo com 719 empreendimentos de hospedagem verificou que o otimismo está em alta entre empresários do setor de acomodações de todo o Brasil. No terceiro trimestre, 44,8% projetaram crescimento do faturamento da própria empresa num horizonte de seis meses subsequentes 

Negociação - A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de São Luís participa da Semana de Renegociação de Dívidas, que prossegue até esse sábado (24) no Shopping da Ilha. O evento está oferecendo aos consumidores facilidades e condições especiais para a renegociação e pagamentos de débitos. Além de consultas gratuitas ao banco de dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), estão sendo aceitas também adesão ao Cadastro Positivo, que gera benefícios aos clientes adimplentes. 

Premiação - Em solenidade a ser realizada neste sábado (24), a partir das 20h, no Espaço Recepções, a Associação Maranhense de Supermercados (Amasp) realiza a 24ª edição do Troféu Carrinho de Ouro, que é uma forma de reconhecer a importância das empresas parceiras da entidade e homenagear os fornecedores que se destacaram no ano. Recebem o troféu as empresas: Aromasil, FC Oliveira, Mais FM, Piracanjuba, Grupo OCRIM, Grupo Mateus, Fraldas Scooby Doo, M. Dias Branco e Três Corações.

Nenhum comentário: