27 de nov de 2018

Vale promove conferência com comunidade portuária para debater o fortalecimento e a dinamização do setor

GIRO ECONÔMICO

A comunidade portuária do Maranhão se reúne, nesta terça e quarta-feira (dias 27 e 28), na II Conferência sobre Desenvolvimento Portuário, no Parque Botânico Vale São Luís. Empresas, instituições do setor marítimo, especialistas e fornecedores com atuação portuária estarão debatendo temas relevantes e trocando experiências na área de gestão, aplicação de tecnologias, segurança da navegação, pesquisa e visibilidade ao potencial de escoamento logístico da região. 

"Nosso objetivo é contribuir com o fortalecimento da atividade portuária do Maranhão, que tem um grande potencial em termos de desenvolvimento. Acreditamos que é importante ampliar as condições para que os principais envolvidos reúnam esforços e atuem em sinergia. Esse evento tem a proposta de integrar a comunidade portuária e iniciar discussões sobre temas importantes dentro desse contexto", explica o gerente executivo de operações do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, Roberto Di Biase.

Com uma carga horária de 16 horas, a programação conta com painéis com temas sobre as perspectivas de crescimento do setor, ensino e pesquisa da atividade portuária, benefícios socioeconômicos, segurança do tráfego aquaviário e boas práticas na gestão ambiental. 

Ferrovia - A MP 845/18, que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário (FNDF), vence quarta-feira (28), portanto precisa ser votada para que seus efeitos continuem prevalecendo. No último dia 20, os deputados rejeitaram o projeto de conversão da matéria, de autoria do deputado Lúcio Vale (PR-PA), que propunha a aplicação dos recursos do fundo exclusivamente no trecho de 477 km que liga o Complexo Portuário de Vila do Conde (PA) à Ferrovia Norte-Sul. O texto original fala em “prioritariamente”. 

Transferência - A UVA encerrou suas atividades no Maranhão e deixou 753 alunos que estavam ativos, 93 matriculados nas unidades de Balsas, Cururupu e Pinheiro, sem opção de continuarem seus estudos. O Ministério Público deu um prazo de 60 dias para que o Conselho Estadual de Educação analise e se manifeste sobre a situação. Nesse mesmo prazo, a Universidade do Vale do Acaraú deve providenciar a inserção em outras instituições de ensino dos estudantes com situação pendente. 

As alunas do Senai-MA Marielle da Silva Ferreira e Maria
Josete Rodrigues, com a instrutora do curso de Vestuário do órgão,
Jacirene França; a presidente do Sindivest-MA, Ana Rute Mendonça, e o
diretor regional do Senai, Marco Antonio Moura da Silva no Brasil Fashion 
Confiança - O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), avançou 7,1 pontos de outubro para novembro. Com isso, atingiu 93,2 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos, o maior nível desde julho de 2014 (93,8). Essa foi a segunda alta consecutiva do ICC, que acumula alta de 11,1 pontos no bimestre outubr e novembro. 

Etanol  - A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (26) um corte de 3,53% no preço médio do litro da gasolina A sem tributos nas refinarias, válido para a partir desta terça-feira (27), caindo o preço do litro para R$ 1,5007. Além disso, a estatal manteve o preço do diesel, em R$ 2,1228, conforme tabela disponível no site da empresa. Em 6 de setembro, a diretoria da companhia anunciou que além dos reajustes diários da gasolina, terá a opção de utilizar um mecanismo de proteção (hedge) complementar. 

Filantrópicos - A Medida Provisória que cria uma linha de crédito, com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), para socorrer santas casas e hospitais filantrópicos que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS), deve ser votada até esta quarta-feira (28) na Câmara Federal. De acordo com a medida, 5% do programa anual de aplicações do FGTS serão destinados a essa linha de financiamento. A emenda do Senado que os deputados precisam votar faz ajustes para atender entidades que assistem pessoas com deficiência.

Nenhum comentário: