8 de dez de 2018

Aeroporto Cunha Machado implanta sistema para reutilizar água e economia chega a 1,9 mil litros por dia

GIRO ECONÔMICO

O Aeroporto Internacional Cunha Machado deu um importante passo na gestão sustentável da água com a implantação, em novembro, de um novo procedimento para a realizar testes diários dos caminhões contra incêndio, o que tem permitido a economia de 1,9 mil litros por dia, o suficiente para abastecer quatro famílias de quatro pessoas por dia. 

A infraestrutura é composta por uma caixa de concreto, que recebem os jatos de água que saem dos veículos. Essa caixa, interligada ao reservatório do terminal, é responsável pelo escoamento e evitar o desperdício. Antes disso, a água usada nos testes da Seção Contra Incêndio (SCI) era descartada ao ar livre, no pátio, e seguia para o sistema de drenagem. A instalação da estrutura coloca o terminal maranhense no rol de aeroportos com reuso de água e que utilizam sistemas que contribuem para a redução do consumo do recurso hídrico.

A expectativa é de que o tempo de retorno do investimento, que teve o custo de R$ 8 mil, seja inferior a um ano, se considerarmos a redução do custo com tratamento, energia, entre outros.

Restituição - Segunda-feira (10) estará disponível para consulta o sétimo lote de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2018, que contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017. O crédito bancário para 151.248 contribuintes será realizado dia 17, somando mais de R$ 319 milhões. Desse total, R$ 127.393.752,50 são para contribuintes com prioridade no recebimento: idosos acima, pessoas com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e pessoal do magistério. 

Construção - O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apresentou inflação de 0,24% em novembro, taxa inferior à registrada em outubro (0,43%) e em novembro do ano passado (0,48%). O Sinapi acumula taxas de inflação de 4,18% no ano e 4,36% em 12 meses. Com a alta de preços, o metro quadrado passou a custar R$ 1.111,41. A parcela dos materiais teve inflação de 0,36% e passou a custar R$ 576,75, e mão de obra, R$ 534,66. 

Corrupção - Promovido pela Rede de Controle da Gestão Pública, integrada pelo Ministério Público do Maranhão, o Passeio Ciclístico contra a Corrupção será realizado neste sábado (08), na Avenida Litorânea. São esperados aproximadamente 400 ciclistas. 

Na premiação aos melhores do ano, segundo avaliação da
Confederação Nacional da Agricultura, o presidente da
Federação da Agricultura (Faema), Raimundo Coelho (D),
 com o presidente da CNA, João Martins, e a futura ministra
da Agricultura, Tereza Cristina
Natal - A partir de segunda-feira (10), escolas públicas e comunitárias de São Luís e mais 17 do interior começam a receber presentes doados por empregados e pessoas que adotaram uma cartinha nas agências da empresa na campanha do Papai Noel dos Correios. Além da capital, participam da campanha Açailândia, Anajatuba, Bacabal, Buriticupu, Caxias, Codó, Fortaleza dos Nogueiras, Imperatriz, Itapecuru-Mirim, Lago Verde, Matões do Norte, Pinheiro, Riachão, Rosário, Santa Inês, São João dos Patos e São Raimundo das Mangabeiras. 

Bônus - Foi divulgada nesta sexta-feira (07) a lista com os 13 produtos que vão receber o bônus de descontos do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF), executado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A subvenção serve como base para o agricultor pagar com desconto o financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) neste mês. Do Maranhão, o benefícios será para fornecedores do feijão Caupi e amêndoa de babaçu.

Nenhum comentário: