23 de dez. de 2018

Empresários do setor de turismo se unem e criam uma nova instituição para atrair eventos para o Maranhão

Resultado de imagem para francisco neto sindebares
GIRO ECONÔMICO

O empresário Francisco Neto (foto), proprietário do Restaurante Feijão de Corda e presidente do Sindicato de Bares e Restaurantes (Sindbares) juntou outras instituições que representam o trade turístico local – Associação das Agências de Viagens (Abav), Associação dos Jornalistas de Turismo (Abrejet), Sindicato das Empresas de Turismo (Sindtur) – para criação do Destination Maranhão, que tem como principal missão atrair eventos que possam dar maior movimentação ao turismo maranhense, passando a preencher a lacuna aberta desde a desativação do Convention & Visitor Bureau.

Na última a quinta-feira (20) essas entidades foram ao Palácio dos Leões para protocolar uma carta ao governador Flávio Dino (PCdoB) na qual expressam o desejo de contribuir com as ações do Estado que possam vir a fortalecer o setor.

Segundo Francisco Neto, que já foi proclamado presidente do Destination, os empresários mostraram-se a favor de uma política exclusiva para o turismo. “Que este importante segmento da economia volte a ter sua própria secretaria, bem como um diálogo permanente com o setor produtivo”, disse ele. 

Desemprego - O setor de Construção Civil é o único no Maranhão com saldo negativo na geração de empregos nos 11 meses deste ano, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados quinta-feira (20). Foram 20.729 contratações contra 23.006 demissões no período, ou seja, 2.277 postos de trabalho desativados. Na outra ponta, está o setor de Serviços com saldo de 9.578, resultado de 53.477 admissões e 47.648 demissões. No total, o estado tem acumulado de 12.521 empregos preservados. 

Segurança - A Câmara Federal analisa um projeto de lei do deputado Vitor Paulo (PRB-DF), que pretende obrigar as empresas de segurança privada a destinar 20% de suas vagas para trabalho em vigilância ostensiva e transporte de valores a mulheres. Conforme a proposta, a ideia é estimular a inserção da mulher no mercado de trabalho. “A segurança privada e de vigilância é um dos maiores e mais lucrativos segmentos da economia, mas ainda existe uma imagem de que esse segmento está atrelado à figura masculina”, diz o deputado. 

Na solenidade de entrega da Ordem do Mérito Direitos Humanos,
 o momento em que o professor Aldyr Mello recebia o seu certificado
do advogado Sérgio Tamer 
Diretor - Ex-reitor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e da Uniceuma, o professor Aldyr Mello é o novo reforço do Centro de Estudos Constitucionais e Gestão Pública (CECGP), do advogado Sérgio Tamer, onde vai desempenhar a função de vice-diretor de Pós-Graduação da Faculdade SVT. 

Sistema S - O anúncio do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, de corte nos recursos destinados ao Sistema S tem repercutido entre empresários, políticos, personalidades e, agora, entre atletas patrocinados pelo Serviço Social da Indústria (Sesi). O principal argumento é de que com a “facada” de até 50% no repasse a Sesi, Senai, Sesc, Senac etc não apenas os incentivos ao esporte sofrerão impacto, mas as atividades voltadas ao treinamento profissional, pesquisa e assistência técnica e social de jovens no país. 

Travessia  - As equipes da Vale já colocaram em campo a campanha de reforço aos cuidados para cruzar a linha férrea sem riscos de acidentes. Com o tema "Boas Atitudes, Boas Festas", a iniciativa traz como mensagem principal a celebração consciente das festas natalinas e de réveillon, onde o consumo de bebida alcoólica costuma aumentar. O trabalho inclui distribuição de calendários, panfletos, mensagens em rádio e blitzen de orientação em pontos estratégicos ao longo dos 900 quilômetros da ferrovia que liga Maranhão e Pará.

Nenhum comentário: