12 de dez. de 2018

Produção de motocicletas cresce 19% nos onze meses acumulados do ano, segundo estatística da Abraciclo

GIRO ECONÔMICO

A produção de motocicletas cresceu 19% de janeiro a novembro deste ano em comparação com o mesmo período de 1017. Segundo balanço divulgado nesta terça-feira (11) pela Associação Brasileira de Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Bicicletas e Similares (Abraciclo), saíram das indústrias 968,8 mil unidades até novembro, contra as 813,8 mil fabricadas de janeiro a novembro de 2017.Foram produzidas 90,1 mil motos em novembro, uma expansão de 8,4% em relação ao mesmo mês do ano passado. 

Em comparação com outubro, no entanto, quando foram fabricadas 101,1 mil unidades, foi registrada uma queda de 10,9% na produção. As exportações apresentaram uma retração de 12,9% no acumulado de janeiro a novembro, com a venda de 65 mil unidades, contra 74,6 mil no mesmo período do ano passado. Segundo o presidente da Abraciclo, Marcus Ferminian, as vendas para o mercado externo sofrem com os reflexos da crise na Argentina, maior comprador dos produtos brasileiros.

A partir dos números, a Abraciclo projeta fechar o ano de 2018 com um crescimento da produção de 17,2% em relação ao ano passado, com um total de 1,03 milhão de motos. Para 2019, a expectativa é de uma expansão de 4,3% na produção, com a fabricação de 1,08 milhão de motos. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Transporte - A distância entre São Luís e importantes mercados banhados pelo Oceano Pacífico, principalmente países asiáticos, vai diminuir, com a celebração de um acordo entre a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) e a Autoridade Portuária do Canal do Panamá, por onde devem passar navios que se destinam ou partem do Porto do Itaqui. Um dos produtos que mais deverão ser usados para essa rota é a soja, que deve aumentar seu escoamento aumentado com a entrada em operação da segunda fase do Tegram.

Destaque - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que também divulgou nesta terça-feira (11) sua estimativa de safra, destaca, na região Nordeste, como maiores produtores de soja, Bahia, Maranhão e Piauí, que, juntamente com o Tocantins, integram o Matopiba, região de acelerada expansão agrícola em decorrência de abertura de novas áreas de plantio no bioma Cerrado. Bahia estimou uma queda de 20,8%; o Piauí também projeta declínio de 23,7%; e o Maranhão um aumento de 10,6%.

O presidente da Empresa Maranhense de Administração 

Portuária (Emap), Ted Lago, e o administrador da Autoridade 
Portuária do Canal do Panamá, Jorge Quijano, firmando acordo para 
criação de uma rota para o Pacífico
Fraqueza - O deputado Paulinho da Força (Solidariedade) foi surpreendido pela Polícia Federal na manhã desta terça-feira que foi ao seu endereço cumprir mandados de busca e apreensão, justamente no momento em que se preparava para liderar um protesto, pela Força Sindical, contra a extinção do Ministério do Trabalho.

Eleição - O conselheiro Raimundo Nonato Lago será eleito na próxima quarta-feira (19), presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ele é candidato único e foi escolhido de forma consensual a fim de dar continuidade aos avanços por que passa esta Corte de Contas. Para vice-presidente, o escolhido foi Washington Oliveira, ex-vice-governador do Estado; para auditor, Álvaro César Ferreira, que também já foi presidente; e para ouvidor, o atual presidente, José Ribamar Caldas Furtado.

Selo - Boa notícia para colecionadores: foi lançada nesta segunda-feira (10), pelos Correios, a emissão comemorativa “Centenário do Nascimento de Nelson Mandela”. O selo é uma homenagem ao líder sul-africano por sua luta contra a discriminação racial e contribuição aos direitos civis. A arte da peça é uma ilustração de Eduardo Kobra, que utilizou camadas texturizadas, linhas fortes e seções fragmentadas. O artista empregou imagens em preto e branco colocando-as contra fundos xadrez coloridos.

Nenhum comentário: