10 de fev de 2019

Conselheiro do TCE integra comissão que vai padronizar as prestação de contas dos estados e de municípios

Resultado de imagem para caldas furtadoGIRO ECONÔMICO

Foi realizado em Brasília (DF), quarta e quinta-feira (dias 06 e 07), no Instituto Serzedelo Corrêa do Tribunal de Contas da União (TCU), o I Fórum do Acordo de Cooperação Técnica da STN/ME com os Tribunais de Contas. Para o presidente da Atricon, Fábio Nogueira, a Associação vem envidando todos os esforços pelo aprimoramento do Sistema Tribunais de Contas e contribuir com a retomada de desenvolvimento do Brasil se inclui na pauta desse projeto. 

O conselheiro Caldas Furtado (foto), do Tribunal de Contas do Maranhão (TCE-MA), foi escolhido para atuar como co-coordenador do Grupo de Trabalho 1 - Harmonização de Conceitos e Procedimentos em relação ao Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde - SIOPS e ao Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (Siope).

Com cada grupo conta com dois coordenadores, sendo um da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e outro do Sistema Tribunal de Contas. Caldas Furtado será o coordenador do grupo representante dos TCs. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Entendimento - O deputado Eduardo Braide defende a ideia de que os parlamentares maranhenses devem começar, a partir desta legislatura, a exercer o mesmo tipo de representação como do Ceará, onde as divergências ideológicas e partidárias são superadas quando entra em debate assuntos que beneficiam o estado e os cearenses. Ele diz que nesta primeira semana, deu para sentir que isto será possível na Câmara e torce para isto se dê também no Senado, com a união de Eliziane, Roberto e Weverton. 

Conselho - O governador Flávio Dino (PCdoB) deve agendar, ainda esta semana, a primeira reunião do ano do Conselho Empresarial do Maranhão (Cema). Segundo uma liderança empresarial com assento no colegiado, diversos temas estão pendentes de debates para que sejam encaminhados ao governo a fim de serem executados, assim como algumas iniciativas do poder público no campo econômico devem ser submetidas ao empresariado para que tome conhecimento daquilo que vai lhe impactar. 

Foi empossado, sexta-feira (08), no Centro de Estudos Constitucionais
e de Gestão Pública (CECGP), o novo presidente da Associação
Maranhense de Advogados (Amad), Roberto Gomes, no registro
ao centro com o antecessor, João Batista Ericeira, e os conselheiros
Luís Augusto Guterres e Sergio Tamer (D) 
Gás - Entrou em vigor neste sábado (09) o novo preço do gás liquefeito de petróleo (GLP) empresarial, para botijões acima de 13 quilos, que ficou 3% mais barato nas refinarias da Petrobras, conforme comunicado da companhia a empresas. 

Construção - O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), subiu 0,42% em janeiro, ficando 0,20 % acima da taxa de dezembro de 2018 (0,22%). O acumulado em 12 meses foi para 4,56%, resultado pouco acima dos 4,41% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em janeiro de 2018, o índice foi de 0,27%. O custo nacional, por metro quadrado, que fechou de 2018 em R$ 1.113,88, passou para R$ 1.118,60. No Maranhão, ficou em R$ 1068,56. 

Resíduos - A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana de São Luís, Carolina Moraes Estrela, participou, quinta-feira (08), na Federação das Indústrias, de um encontro em que foi debatida a lei Nº 6.321/2018 voltada para fortalecer a gestão de resíduos sólidos, com a organização do Sistema de Limpeza Urbana a fim de prevenir e controlar a poluição, proteger e recuperar a qualidade do meio ambiente, realizar a inclusão social dos catadores de materiais recicláveis e melhorar a saúde pública.

Nenhum comentário: