27 de fev de 2019

Para obrigar crianças a cantarem Hino Nacional, Fernando Haddad foi mais rigoroso que o general Garrastazu Médici

Após a polêmica criada pelo ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, que pediu às escolas (públicas e privadas) para que, voluntariamente, o Hino Nacional fosse cantado no dia da abertura do ano letivo, após leitura de uma mensagem sua, e que tudo isto fosse gravado e mandado para o MEC e a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, vem à tona uma medida mais extrema com esse objetivo, de 2009, assinada pelo então ministro da Educação, Fernando Haddad (PT), que foi candidato a presidente da República em 2018 contra Jair Bolsonaro.

Resultado de imagem para garrastazuDe acordo com a Revista da Sociedade Militar, é um paradoxo alguém ter assinado o “endurecimento” de uma norma baixada pelo General Emílio Garrastazu Médici (foto) - o mais duro dos governantes do regime militar - e depois criticar quem sugere a prática daquilo que tornou obrigatório.
"A esquerda deveria aproveitar para citar o nome do petista, já que reclamam tanto de que as crianças estão sendo obrigadas a cantar o Hino Nacional pelo governo de Jair Bolsonaro", diz a revista

Fernando Haddad e  o ex-vice-presidente José Alencar mudaram a norma de Médici, que não especificava a frequência com a qual o hino nacional deveria ser cantado, acrescentando o parágrafo único do artigo 39 da Lei 12.031, que diz:

“Art. 39. É obrigatório o ensino do desenho e do significado da Bandeira Nacional, bem como do canto e da interpretação da letra do Hino Nacional em todos os estabelecimentos de ensino, públicos ou particulares, do primeiro e segundo graus.”

“Parágrafo único: Nos estabelecimentos públicos e privados de ensino fundamental, é obrigatória a execução do Hino Nacional uma vez por semana. (Incluído pela Lei nº 12.031, de 2009).”

Um comentário:

Anônimo disse...

Cantar o hino e estudar os símbolos já estava previsto em lei, o que se fez no caso, foi dar periodicidade pois poderia se entender que seria diariamente.