20 de fev de 2019

Senac e 24º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS) fazem reunião para retomada do Projeto Soldado Cidadão

GIRO ECONÔMICO

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e o 24º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS) vão retomar a parceria com vistas à reativação do Projeto Soldado Cidadão, que visa a dar mais qualificação profissional para jovens que estão cumprindo o serviço militar obrigatório e facilitar sua reinserção no mercado de trabalho após o encerramento do tempo de serviço obrigatório. 

O projeto foi criado pelo Ministério da Defesa (MD) em 2004 conta com parcerias de escolas técnicas e militares são parceiras na capacitação de jovens que precisam encontrar uma colocação no mercado de trabalho quando deixarem a farda. No Maranhão deverão ser qualificados 138 recrutas que estão iniciando os serviços militares este ano, além do corpo efetivo que hoje conta com 680 militares no seu quadro.

Segundo o diretor regional do Senac, José Ahirton Lopes, o órgão vai reunir a tropa e apresentar o seu portfólio de cursos do Senac a fim de cada um identificar aquele que melhorar atende suas necessidades futuras. 

Tiquero - Margot Stingwagner, dona da marca de tiquira Guaaja, apresentou domingo (17), na Feirinha de São Luís, uma nova marca de bebidas, a Tiquero, de cor violeta, que vai atender ao público feminino. Como as regras que padronizam a tiquira não permitem alteração de sua cor, foi criado um produto diferente, uma bebida mista, produzida com tiquira e corante/aromatizante. Margot diz que seu desafio agora é acabar com mitos, como, por exemplo, de que embriaga se o consumidor molhar os pés após ingeri-la. 

Soja  -  A estimativa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para a safra 2019 prevê uma queda de 3,4% na comparação do levantamento de janeiro ao comparação ao de dezembro. A produção estimada foi de 114,7 milhões de toneladas. O rendimento médio e a área a ser colhida caíram 3,4% e 0,1%, respectivamente. As maiores quedas da produção ocorreram no Maranhão (9,2%), Paraná (11,8%), Mato Grosso do Sul (9,7%), Mato Grosso (-1,1%), Goiás (2,2%) e Distrito Federal (10,2%), em decorrência da falta de chuvas em algumas regiões produtoras dessas Unidades da Federação. 

No estande do Sindicato de Bebidas, na Feirinha de São Luís, 
neste domingo (17), onde foi lançada a Tiquero, Celso 
Gonçalo (Fiema), Allysson Azevedo (advogado de Balsas), Jorge 
Fortes (Sindbebidas), Ellen Mendonça (Reserva do Zito) 
e Margot Stingwagner (Guaaja)
Motocicletas - Pesquisa da Associação Brasileira de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas e Bicicletas (Abraciclo) revela que 89,2% dos condutores de motocicletas utilizam seus veículos para ir e voltar do trabalho, sendo que desses, 38,5% trabalham como motofrentistas. A maioria, 25,3%, pilota sua moto de 2 horas a 4 horas por dia. Outros 24,4%, de 5 horas a 8 horas por dia, e 23%, por mais de 8 horas por dia. 

Aluguel - O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, divulgado nesta terça-feira (19), teve inflação de 0,55% na segunda prévia de fevereiro. Na segunda prévia de janeiro, o indicador havia registrado deflação (queda de preços) de 0,01%. Com o resultado, o IGP-M soma inflação de 7,24% em 12 meses. A alta da taxa foi puxada pelos preços no atacado, já que o Índice de Preços ao Produtor Amplo passou de uma deflação de 0,26% em janeiro para 0,73% em fevereiro. 

Educação - A Maple Bear, representante oficial do ensino canadense no Brasil e com 25 mil alunos, planeja elevar em 30% o número de matrículas em 2019, principalmente em cidades com população entre 50 e 600 mil habitantes, mas com grande potencial de crescimento. São 110 unidades e até o final do ano, devem ser inauguradas outras 37. Nas pequenas cidades as mensalidades também favorecem a clientela pela redução dos valores, girando em torno de R$ 2,2 mil, em média, contra R$ 2,8 mil das capitais.

Nenhum comentário: