19 de mar de 2019

Afastado da política, José Sarney dedica mais tempo às artes e segundo romance é adaptado para o cinema

Afastado da política, pelo menos aparentemente, o ex-senador e ex-presidente José Sarney vai dedicando mais tempo para as artes. Segundo informação do jornalista Lauro Jardim, de O Globo, o romance A Duquesa Vale uma Missa, dua sua autoria, lançado em 2007, está sendo adaptado para o cinema.

Rebatizado de “Minha amada Julienne”, já em pré-produção, o filme terá direção e roteiro de Fernando Nasser. Na história, o protagonista sofre com um desejo obsessivo pelo quadro “Suposto retrato de Gabrielle d'Estrées e sua irmã a Duquesa de Villars“, que pertence ao pai do personagem.

Esta é a segunda obra de Sarney adaptada para a sétima arte. A primeira foi O Dono do Mar, dirigido por Odorico Mendes, foi às telas em 2005, mas, não se sabe por quais razão, teve sua exibição abortada logo após a estreia para um público seleto. Leia detalhes em MARANHÃO HOJE.

Nenhum comentário: