10 de mar de 2019

Investimento em barreiras eletrônicas é maior do que em manutenção de rodovias, diz ministro da Infraestrutura

Resultado de imagem para barreira eletronicaGIRO ECONÔMICO

Ao conceder entrevista coletiva nesta sexta-feira (08) para apresentar um balanço da visita feita ao trecho duplicado da BR 135, onde teria se assustado com o que viu, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, explicou uma declaração polêmica do presidente Jair Bolsonaro, numa live, na quinta-feira (07), sobre a desativação das barreiras eletrônicas instaladas em rodovias federais, usadas para controle de velocidade. 

Segundo ele, o problema é que o Brasil está gastando mais como esse tipo de monitoramento do que com asfaltamento e manutenção de estradas, ou seja, para compensar as péssimas condições das rodovias, instalam-se esse tipo de equipamento, como se isto fosse dar mais segurança a motoristas e passageiros. E o mais grave: o posicionamento das câmaras está mais para gerar multas do que para proteger vidas.

Segundo o ministro, haverá câmaras apenas em locais que realmente têm um alto índice de acidentes, como trechos urbanos, em frente a estabelecimentos de ensino ou de saúde etc, mas não aleatoriamente como ocorre atualmente. Leia reportagem em MARANHÃO HOJE.

Investimentos - O Banco do Nordeste aplicou, no Maranhão, em 2018, mais de R$ 4 bilhões do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e R$ 1,5 bilhão dos programas Crediamigo e Agroamigo, o maior volume dos últimos anos, sendo que, em relação a 2017, o crescimento foi 154, 37%. Segundo o presidente do BNB, Romildo Rolim, o crescimento das aplicações no Maranhão reflete uma expectativa maior para 2019, pois a Superintendência já está com demandas superiores ao valor de aplicações ano passado. 

Safra - Equipes do Rally da Safra iniciam, terça-feira (12), visitas ao Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) para avaliação do cultivo de soja. Os técnicos começam as atividades em Luís Eduardo Magalhães (BA); na quinta-feira (14) a equipe estará em Bom Jesus e Uruçuí, no Piauí; na sexta (15), em Balsas, no Maranhão; e no domingo (17), em Palmas, no Tocantins. As áreas a serem avaliadas em todo o país pelo Rally da Safra correspondem a 95% da produção de soja e 72% de milho. 

O presidente da Federação das Indústrias (Fiema), Edilson Baldez,
entregou ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas (D), 
documento com sugestões para obras para melhoria das estrada
maranhenses.  Ainda no registro o vice-governador Carlos
Brandão (E), o deputado André Fufuca e o senador Roberto Rocha 
Seletivo - O Serviço Social do Comércio (Sesc) está com processo seletivo aberto para o preenchimento do cargo de professor de Educação Físico. Os interessados podem se inscrever, de segunda (11) a quarta-feira (13), na unidade do órgão, na Avenida dos Holandeses (Calhau), onde devem entregar 1kg de alimento não perecível. 

Rodovias - O presidente da Federação das Indústrias (Fiema), Edilson Baldez, entregou, sexta-feira (08), ao ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, um documento com sugestões para investimentos de melhorias das estradas no Maranhão. Sobre a BR 135, Baldez destacou que esta é a principal via para saída e entrada de São Luís, sendo essencial para a circulação de cargas das indústrias e do comércio do Maranhão. Uma cópia do documento foi entregue a deputados e senadores da bancada maranhense no Congresso. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Vestimentas - A turma de Costureiro do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), órgão vinculado ao Sistema Federação do Comércio (Fecomércio), apresentou, na semana que antecedeu ao carnaval, o Projeto Integrador Cultura Ludovicense Representada por Fantasias Carnavalescas, em que os alunos mostraram sua criatividade para produção de vestimentas inspiradas na cultura popular maranhenses. O tema central foi dividido em quatro assuntos: Lendas, Arquitetura, Reggae e Bloco Junino.

Nenhum comentário: