1 de mar. de 2019

Eliziane Gama e ministra Teresa Cristina se desentendem sobre os números que medem uso de agrotóxico no Brasil

GIRO ECONÔMICO

O uso de agrotóxicos pelos produtores rurais brasileiros foi um dos temas tratados na audiência que a Comissão de Agricultura (CRA), quarta-feira (27), com a ministra Teresa Cristina, na qual a senadora Eliziane Gama (PPS-MA) apresentou dados da Fundação Fiocruz e da Organização Mundial da Saúde (OMS), segundo os quais os brasileiros são hoje os maiores consumidores de agrotóxicos no mundo. "Isto significa, entre outras consequências, mais casos de câncer e puberdade precoce. Sem falar nas mortes advindas deste consumo. 

A ONU mostra que 200 mil pessoas morrem por ano por conseqüências dos agrotóxicos. Enquanto a Europa endurece as regras sobre o uso destes produtos, o Brasil vem facilitando seus licenciamentos e comercialização. Outro impacto que os agrotóxicos provocam é no meio ambiente, com a contaminação de reservatórios e outras conseqüências graves", registrou.

A ministra disse conhecer a pesquisa e discorda totalmente da sua metodologia, números e conclusões. "Existe uma desinformação e uma maneira errada de se calcular", contestou. 

Comércio - Os estabelecimentos comerciais de São Luís funcionam normalmente sábado (02) até às 14h e reabrem somente a partir do meio-dia de Quarta-Feira de Cinzas (06), segundo informação da Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), ou seja, de domingo a terça as lojas não abrem. Nos shopping centers, haverá alteração de domingo (03) a quarta-feira (06), com fechamento de lojas e quiosques, que voltam a funcionar na quarta-feira após o meio-dia, mas as praças de alimentação funcionam das 12h às 22h. 

Agrária - O Tribunal de Justiça – em sessão plenária administrativa extraordinária de quarta-feira (27) – aprovou, por unanimidade, a criação de uma Vara Agrária no Estado, conforme proposição do presidente da Corte, desembargador Joaquim Figueiredo. A unidade judicial processará e julgará os conflitos coletivos pela posse ou propriedade de terras no Estado do Maranhão, em razão de inúmeros conflitos registrados, causando tensões sociais em várias regiões do Estado, atingindo grupos vulneráveis. 

Os secretários de Agricultura do Município de São Luís, Nonato 
Chocolate, e do Estado, Fabiana Rodrigues, prometem uma série 
de ações em parceria para desenvolvimento da agropecuária na Ilha 
Carnaval - Não há nenhuma decisão nova do Tribunal de Contas do Estado com relação a carnaval patrocinado por poder público municipal, tampouco o assunto foi objeto de debate nas sessões plenárias deste ano. 

Reforma - Após a Câmara Municipal de São Luís aprovar o Projeto de Lei nº 001/2017, que regulamenta o transporte individual de passageiros com uso de aplicativos de celular, uma das três empresas que prestam os serviços na capital maranhense se pronunciou sobre a novidade, elogiando os pontos do texto aprovado. A 99 POP, que além de motoristas particulares, atende também a taxistas, acha que a medida "representa um avanço para a mobilidade urbana". Uber e Mary Drive ainda não se posicionaram. 

Alimentos - Com previsão de um cenário positivo para 2019, a indústria alimentícia trabalha com a perspectiva de crescimento de 2,5% a 3% do volume de produção, segundo estimativa da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA). Outros indicadores são as vendas reais, que devem registrar avanço de 3% a 4%; e as exportações, que devem atingir US$ 40 bilhões. Para a ABIA, os avanços são baseados na evolução da atividade econômica, no crescimento do emprego e da renda e no crescimento das exportações.

Nenhum comentário: