18 de mar de 2019

Nem todos os dias são da raposa: galinhas unidas matam raposa a bicadas na França após invasão de galinheiro

Galinhas sempre foram presas fáceis de raposas, mas numa fazenda-escola da França, um grupo delas matou um de seus maiores predadores que entrou no galinheiro, certamente a procura de alimento, que seria, pelo menos uma delas. 

O incidente inusitado ocorreu na última quarta-feira (13), na região francesa da Bretanha, quando a raposa, por uma portinhola automática, entrou num galpão onde viviam cerca de 3 mil galinhas, que se fechou logo após sua passagem.

"As galinhas agiram levadas por um instinto de manada, e atacaram a raposa com bicadas", disse, à agência francesa AFP, Pascal Daniel, diretor da escola agrícola Gros-Chêne. 

O corpo da pequena raposa foi encontrado no dia seguinte, num canto do galpão. "Tinha marcas de bicos por toda parte, do pescoço para baixo".A fazenda abriga cerca de 6 mil galinhas criadas soltas. Elas ocupam um espaço de pouco mais de dois hectares de terra. 

O galpão onde elas vivem permanece aberto no período diurno, e a maioria passa o dia do lado de fora, segundo a AFP.
(Com informações da BBC)

Nenhum comentário: