8 de abr. de 2019

Bolsonaro apresenta novo ministro da Educação com título de doutor, mas depois corrige, pois é apenas mestre

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) cometeu uma gafe nesta segunda-feira (08) ao anunciar o novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, que sucedeu o colombiano Vélez Rodriguez. O presidente o apresentou como doutor, mas depois corrigiu, pois tem apenas mestrado.

"Comunico a todos a indicação do Professor Abraham Weintraub ao cargo de Ministro da Educação. Abraham é doutor, professor universitário e possui ampla experiência em gestão e o conhecimento necessário para a pasta. Aproveito para agradecer ao Prof. Velez pelos serviços prestados", disse Bolsonaro na primeira postagem em sua conta no Twitter.

Em seguida, ele deu o currículo correto de Wintraub: "Corrigindo: Abraham possui mestrado em Administração na área de Finanças pela FGV e MBA Executivo Internacional pelo OneMBA, com título reconhecido pelas escolas: FGV/Brasil, RSM/Holanda, UNC/Estados Unidos, CUHK/China e EGADE-ITESM/México".  Leia reportagem em MARANHÃO HOJE.

Nenhum comentário: