15 de abr de 2019

Ministro Marcos Pontes bate tambor em Alcântara após conversar com comunidades quilombolas sobre o CLA

Na visita a Alcântara na manhã deste domingo (14), onde participou de uma explanação da diretoria do Centro de Lançamento (CLA), que serviu para ampliar sua visão sobre o empreendimento, o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, manteve contatos também com comunidades quilombolas, as quais tranquilizou afirmando não haver, no momento, nenhum projeto de expansão da área territorial do Centro, ou seja, não haverá novas remoções.

A Base deve ser cedida aos Estados Unidos para exploração comercial, após aprovação, no Congresso Nacional, do acordo de salvaguarda proposto pelo Brasil.

Marcos Pontes assistiu a uma apresentação cultural, conversou com os moradores e até ensaiou bater um tambor de crioula. Moradores relataram que, há muito tempo, não se tem registro de um ministro visitando as comunidades para conhecer e ouvir os moradores.

Nesta segunda-feira (15), o ministro participa do seminário “Base de Alcântara: novos passos”, organizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), que será realizado no Multicenter Sebrae, com participação também do diretor do CLA, Marco Antonio Carnevale Coelho, e do reitor do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), Cláudio Jorge Pinto Alvez. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Um comentário:

Unknown disse...

Assim é que se implementa um acordo , de tamanha monta; dialogando e esclarecendo os prós e contra. A comunidade local, estadual e nacional. Estamos cansados de "conversa pra boi dormir. "Parabéns pela atitude correta do governo nacional.