10 de abr de 2019

Pesquisa revela que São Luís é a capital brasileira com menor número de pessoas que mantêm o hábito de fumar

Resultado de imagem para cigarro GIRO ECONÔMICO

Pesquisa realizada pelo Vigitel (sistema de Vigilância de Fatores de Risco para doenças crônicas não transmissíveis) e divulgada pelo Ministério da Saúde indica que São Luís é a capital brasileira onde menos se fuma e que de 2009 a 2017 viu a população de fumantes diminuir 49% (leia pesquisa na íntegra em https://www.cuponation.com.br/insights/consumodetabaco-2019)
A pesquisa envolveu mais de 50 mil pessoas (45,6% mulheres e 43,5% homens) com hábito de fumar em todo o país, registrando que em ambientes de trabalho ele se reduziu em 44,6% nesses oito anos.Entre os entrevistados. Na comparação entre as capitais dos 26 estados e o Distrito Federal, Porto Alegre (RS) aparece em primeiro ligar na redução de fumantes (60,2%), vindo em seguida Palmas (TO), com 59% e Macapá (AP), com 57%. Natal (RN) foi a quem teve menor diminuição (29,8%). Com 49% de redução das pessoas que têm hábito de fumar, São Luís aparece em sétimo lugar.

Em outro levantamento realizado pelo Ministério da Saúde mostra que, mesmo sendo a capital com maior porcentagem de queda do consumo de cigarros, Porto Alegre se destaca no alto índice de pessoas que afirmaram consumir 20 cigarros ou mais por dia, totalizando 5,1% da população do município. As capitais que menos fumam são São Luís, com 0,4% e Macapá, com 0,5% dos habitantes. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Ouvidoria - O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) no Maranhão iniciou segunda-feira (08) o projeto para implantação de sua Ouvidoria, por meio da qual será possível exame das reivindicações de pessoas que buscam os seus serviços, melhorar da qualidade no atendimento, permitir a participação do cliente interno e externo naos serviços ofertados pela instituição etc. Além disso, avaliar as demandas de determinações legais, aprimorar a organização, responder aos questionamentos e mediar conflitos. 

Positivo - O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), Fábio Ribeiro, está convencido de que a entrada em vigor do Cadastro Positivo vai aquecer mais ainda o mercado, pois um número maior de pessoas terá facilidades de acesso tanto a compras financiadas quanto contratação direta de empréstimos junto aos bancos. Ele diz que antes só entravam nos bancos de dados dos órgãos de controle (SPC, Serasa etc) os maus pagadores, porém agora são os bons que estão com informações atualizadas. 

Na assinatura do convênio da Assembleia Legislativa com o
Tribunal de Contas, o conselheiro Nonato Lago (D) com o deputado
Othelino Neto e os assessores Simone Limeira e Edwin Jinkings
Contas - Os presidentes da Assembleia Legislativa, Othelino Neto, e do Tribunal de Contas do Estado, Nonato Lago, assinaram convênio para criação do programa TCE em Pauta, que vai ser levado ao ar semanalmente pela TV Assembleia. 

Codevasf - Após celebrar diversos acordos com a Prefeitura de Imperatriz, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) começa a articular a instalação de um escritório de apoio técnico na cidade para atender a região e ainda uma parte do Pará e do Tocantins também banhados pela Bacia Hidrográfica do Rio Tocantins. Segunda-feira (08), três representantes da estatal estiveram na cidade a fim de recolher subsídios para estruturação do projeto de instalação de sua unidade na região. 

Plano diretor - A Associação Comercial do Maranhão (ACM) promove nesta quarta-feira (10) um debate sobre a proposta de revisão do Plano Diretor de São Luís, debate que terá como convidados o engenheiro ambiental e professor universitário Marcio Vaz e o advogado Marcelo Lobato, especialistas no tema. O objetivo do evento é ampliar as discussões sobre este que é um dos temas mais preocupantes para o empresariado da capital maranhense, haja vista estar o projeto há mais de dez anos em discussão, sem andar.

Nenhum comentário: