19 de abr. de 2019

Presidente do Iphan, Kátia Bogéa, é uma das opções do MDB para a disputa pela Prefeitura de São Luís em 2020

GIRO ECONÔMICO

Ainda não está certo se ela estará motivada a trocar a presidência do Instituto Nacional de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) por uma candidatura à Prefeitura de São Luís, mas a historiadora Kátia Bogéa é um dos nomes em que o MDB se agarra para disputar a sucessão de Edivaldo Holanda Júnior. 

Segundo o presidente do diretório estadual da legenda, ex-senador João Alberto, Kátia tem todos os requisitos para preencher o currículo de uma candidatura ideal para dirigir os destinos da capital maranhense, pois não é política tradicional, não há suspeições contra suas gestões tanto na superintendência quanto na presidência do Iphan e mostrou sua capacidade ao conseguir, em poucos meses à frente do órgão, viabilizar importantes obras para a cidade, como as praças Pedro II, Deodoro e Pantheon, além da revitalização da Rua Grande.

Caso ela não queira, o MDB vai investir em outros dois nomes: o do juiz federal Roberto Veloso e do ex-deputado federal Victor Mendes, ex-secretário estadual de Meio Ambiente. 

Social - O Itaú Social lançou o Edital Fundo de Fomento Redes de Territórios Educativos para financiar ações, programas ou projetos realizados conjuntamente por organizações da sociedade civil (OSCs), órgãos públicos, escolas, postos de saúde, unidades de assistência social, entre outros. As propostas devem ser direcionadas ao público infanto juvenil de São Luís (MA) e Várzea Grande (MT). Três instituições vão receber até R$ 35 mil. As inscrições podem ser feitas até 26 de abril no site www.compartir.org.br/feed?search=edital

Alcântara - A Diretoria Executiva da FIEMA, comandada pelo presidente Edilson Baldez e os presidentes dos sindicatos filiados à federação estiveram reunidos no final da tarde de hoje (17.04) com o ex-governador e ex-deputado federal, José Reinaldo Tavares. Na pauta da reunião, que foi uma iniciativa do vice-presidente Zeca Belo, o desenvolvimento econômico e social, além da inserção do Maranhão na indústria aeroespacial no Centro de Lançamento de Alcântara foi a agenda principal. A proposta foi muito bem recebida pelos líderes empresariais que parabenizaram a iniciativa do ex-governador que acredita no potencial do Maranhão no cenário aeroespacial. 

O presidente da Federação das Indústrias, Edilson Baldez, que colocou
a estrutura do Sistema S à disposição do Centro de Lançamento
de Alcântara, com o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes
Rodovia - O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) liberou, quarta-feira, o tráfego nas duas pistas da BR 135/MA, em toda a extensão do primeiro lote da duplicação, que vai de Estiva à Bacabeira. 

Veículos - A VIP Direto, aplicativo de leilão que conecta pessoas para vender veículos com quem quer comprá-los, realiza nos últimos dias de abril queima de carros seminovos e usados, em ótimo estado de conservação, com ofertas de até 46% e lances a partir de R$ 1 mil. Dos veículos usados estão com destaque o Fiesta Hatch 2001, com lance a partir de R$ 4 mil e chegará a um valor de 32% abaixo do mercado. O Xsara Picasso 2005, terá lance inicial de R$ 6,5 mil. Com o desconto de 43% no valor final, a Blazer Advantage 2008, terá lance inicial de R$ 15,5 mil. 

Indígenas - No encontro de quarta-feira (18) do presidente Jair Bolsonaro com comunidades indígenas, o líder Abel Macuxi, de Roraima, disse que a proibição de exploração da terra mantém os índios em situação de pobreza. "Nós estamos em cima da riqueza, mas ainda continuamos pobres. Viemos aqui representar nossos agricultores que querem plantar, mas não têm apoio. Eles ficam proibindo a gente de criar gado. O índio não pode ser fazendeiro, por que será? Somos todos iguais", reivindicou o uso da terra.

Nenhum comentário: