6 de abr de 2019

Transações com veículos seminovos aumentem 1,61% no primeiro trimestre deste ano, segundo a Fenabrave

Resultado de imagem para seminovos
GIRO ECONÔMICO

Transações de veículos usados apresentaram crescimento de 1,61% no primeiro trimestre, ante iguais meses de 2018, de acordo com o levantamento realizado pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), e somaram 3.310.171 unidades, contra 3.257.768 unidades, de janeiro a março de 2018. 

Em março deste ano, as transações de veículos usados, considerando todos os segmentos automotivos somados (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos), totalizaram 1.036.579 unidades, contra 1.115.817 em fevereiro, refletindo em retração de 7,10%. Na comparação com março de 2018, que registrou 1.135.935 unidades, o resultado apresentou queda de 8,75%.

Para os segmentos de automóveis e comerciais leves, as vendas, em março, somaram 770.343 unidades, 7,69% abaixo dos 834.521 veículos vendidos em fevereiro. Em relação a março de 2018, houve retração de 9,28% no mercado de usados. Leia reportagem em MARANHÃO HOJE.

Escravidão - Sete empregadores maranhenses estão na lista suja do trabalho escravo divulgada quarta-feira. São eles: Albatroz Construções (Vargem Grande), Edmilson Aragão da Cunha (Vargem Grande), Ezir de Sousa Leite (Fazenda Vale do Rio Azul em Açailândia), Francisco José Aguiar Lopes (Vargem Grande), Humberto Melo Carneiro (Fazenda Rancho Rico, em Arame), José Rodrigues dos Santos (Fazenda Lago Azul em Brejo de Areia) e Sinval dos Santos (Fazenda Serra Verde em Açailândia). 

Alimentos - O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) está com inscrições abertas para o curso de Controle de Qualidade em Serviços de Alimentação, voltado para capacitar seus participantes sobre o modo correto de manipular alimentos, higienização, correta armazenagem e transporte desses produtos. O curso tem carga horária de 20 horas e é indicado a cozinheiros, nutricionistas, merendeiras, técnicos em alimentos, gastrônomos, dentre outros), assim como a comunidade em geral. 

Na visita ao governador em exercício Carlos Brandão, quinta-feira (04),
os dirigentes da Associação Comercial do Maranhão Felipe Mussalém,
Márcia Vaz, Edilson Baldez, Luiz Carlos Cantanhede Fernandes e Luzia
Rezende. Ainda no registro o secretário de Governo, Antônio Nunes (D)
Exposição - A classe agropecuária recebeu com entusiasmo, mas ainda aguarda detalhamento, o anúncio do governo Flávio Dino sobre a construção de um amplo e moderno parque de exposições em São Luís, que traria de volta a Expoema, suspensa desde a destinação do Parque Independência para um projeto habitacional. 

Reserva - O projeto de lei aprovado em primeiro turno pela Assembleia Legislativa que cria o Complexo Industrial e Portuário do Maranhão pode encerrar desgastante debate em torno da Reserva Ambiental de Itauá-Mirim, criada pelo Ibama, no primeiro governo de Lula, mas nunca homologado pelo Ministério do Meio Ambiente. A reserva, que vai de São Luís a Bacabeira e atravessa a Baía de São Marcos, até Alcântara, impede qualquer empreendimento próximo ao Porto do Itaqui, e o projeto do governador diz ao contrário. 

Aproximação - Ao fazer uma visita de cortesia ao governador em exercício Carlos Brandão, nesta quinta-feira (4), o presidente da Associação Comercial do Maranhão, Felipe Mussalém, disse que o objetivo do encontro foi em primeiro lugar agradecer sua presença na solenidade do dia 27, quando houve a entrega do prêmio Empresa do Ano, e buscar uma aproximação com o Governo do Estado. Além dele, integravam a comitiva o presidente da Fiema, Edilson Baldez, a ex-presidente Luzia Rezende e a diretora Márcia Vaz.

Nenhum comentário: