23 de mai de 2019

Confederação Nacional dos Transportes dá início ao levantamento sobre as condições das rodovias brasileiras

GIRO ECONÔMICO

A Confederação Nacional do Transporte deu início, segunda-feira (20), à coleta de dados da 23ª edição da Pesquisa CNT de Rodovias. Vinte três equipes de pesquisadores avaliarão, aproximadamente, 109 mil quilômetros para verificar as condições do pavimento, sinalização e geometria de toda a malha rodoviária federal pavimentada e dos principais trechos de rodovias estaduais, também pavimentados. Durante a coleta de dados, os pesquisadores observarão ainda a existência de pontos críticos, como erosões nas pistas, pontes caídas, trechos com buracos grandes e quedas de barreiras; e a existência de infraestrutura de apoio, como concessionárias, oficinas mecânicas, postos de abastecimento e borracharias. 

O levantamento tem como objetivo prestar informações aos transportadores rodoviários e caminhoneiros autônomos para que elaborem planejamentos de viagens mais precisos, além de subsidiar estudos a fim de que políticas setoriais de transporte resultem em ações que promovam o desenvolvimento do transporte rodoviário de cargas e de passageiros no país.

“As rodovias são o ambiente de trabalho das transportadoras e importam muito em termos de desempenho e segurança. Os dados coletados são importantíssimos para o planejamento das rotas”, dizo diretor-executivo da CNT, Bruno Batista. 

Soja - A Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS) é uma das instituições apoiadoras da Agrobalsas, que prossegue até esta sexta-feira (24), na cidade de Balsas onde pretende fomentar produção, processamento e comercialização responsável da soja. O padrão RTRS é uma importante ferramenta para que produtores cumpram requisitos legais e boas práticas empresariais, apresentem condições de trabalho e relações comunitárias responsáveis, preservem o meio ambiente e realizem práticas agrícolas adequada. 

Milho - Segundo estimativa da safra agrícola para 2019 divulgada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), os quatro estados do Matopiba devem colher este ano 6,537 milhões de toneladas de milho, sendo que cerca de 1/3 sairá das áreas de plantio do Maranhão (2,101 milhões de toneladas), vindo em segundo lugar o Piauí, com 1,649 milhão; Bahia com 1,644 milhão e o Tocantins com 1,143 milhão, ou seja, agricultores maranhense poderão se tornar importadores do grão para o merca internacional. 

O presidente do Sindicato dos Fiscais Agropecuários (Sinfa), Diego 
Sampaio, entregou troféu à secretária estadual da Agricultura, 
Fabiana  Rodrigues, em nome da Fundação de Apoio a Pesquisa 
do Corredor de Exportação Norte (Fapcen) troféu de agradecimento 
dos promotores da Agrobalsas 
Parcelada - Levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em todas as capitais revela que mais da metade dos brasileiros adultos (53%) possuía alguma compra parcelada no último mês de março. 

Agrobalsas - O Sistema Federação das Indústrias (Fiema) está participando da Agrobalsas com um estande no Espaço de Negócios, divulgando a Expo Indústria, uma das maiores feiras multisetoriais do Nordeste, que ocorrerá em novembro, além de apresentar o portfólio de cursos de educação profissional do Senai de Balsas e soluções tecnológicas laboratoriais para os produtores da região. Já o Sesi está divulgando os serviços do Sesi Viva+. A Fiema também se faz presente com o Projeto Cartima, que conta com o apoio da Federação e do Senai, divulgando marcas de cachaça genuinamente maranhenses. 

Turismo - São Luís é a terceira cidade do Nordeste mais procurada para as férias de julho, ficando atrás apenas de Fortaleza (CE) e Recife (PE). É o que aponta recente levantamento da agência virtual de turismo ViajaNet, que apurou o volume de busca de passagens aéreas para o período entre 1º e 31 de julho. A ViajaNet é uma agência de viagens online com diferenciais em atendimento e serviços ao e-consumidor, com capacidade de apresentar as melhores opções de mais de 900 companhias aéreas, seguro e pacotes turísticos.

Nenhum comentário: