30 de jun de 2019

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Afinal de contas, por quantos anos Flávio Dino aguardou ansiosamente pela oportunidade de ser recebido na família que dizia tanto combater para um encontro com José Sarney?

Governador Flávio Dino trata encontro com José Sarney como maior acontecimento de sua vida desde que entrou na política e ex-presidente faz de conta que não existiu

Flávio Dino guarda em segredo o que falou com Sarney
Desde a visita de quarta-feira (26) - ainda não convincentemente explicada sob a qual motivo - ao ex-presidente José Sarney (MDB), o governador Flávio Dino (PCdoB) e seus aliados políticos, além de jornalistas, blogueiros e radialistas que o enaltecem, vêm dando a este encontro uma dimensão surpreendente, como se fosse o fato mais importante do ano e que vinha sendo ansiosamente aguardado há muito tempo.

O primeiro se pronunciar sobre o ocorrido foi o próprio governador, minutos depois de deixar a residência do ex-presidente em Brasília (DF). Quem publicou na frente dos demais comunicadores teve seu trabalho classificado como Fake News, o modo operandi mais comum nestes tempos para se tentar desqualificar uma informação desagradável, por mais que seja verdadeira.

Depois de confirmada a veracidade do fato, os que chamavam de fake passaram a dar a versão de que houve um encontro de estadistas, ou seja, aquele que até uma semana atrás era o mais ultrapassado oligarca do Brasil, o grande responsável por tudo de ruim que existe no Maranhão, passou a ser visto como um político tão decente a ponto de ter chegado ao nível de Flávio Dino para uma conversa de alto nível, para juntos buscarem a salvação nacional. Não faltam os que dizem ter sido uma conversa sobre eleição presidencial, isto é, Flávio Dino correndo atrás do apoio daquele que dizia, com tanto gosto, ter dizimado da política com sua vitória em 2018.

José Sarney mantém silência sobre o fato como se ele nunca tive existido
O que mais chama atenção nisso tudo é que enquanto um lado comemora tanto essa visita, do outro ela é tratada como se nunca tivesse existido. Dizem até que a pressa de Flávio Dino em dar a informação sobre a visita foi se antecipar à versão do Sistema Mirante e jornalistas alinhados ao Grupo Sarney, mas pelo menos no que se percebeu em vontade do "oligarca" para explorar o fato, nada a revelar. Em seu site - www.josesarney.ogr.br - e nas suas crônicas, nenhuma linha, enquanto os veículos de comunicação da família trataram com muita discrição: uma nota na coluna Estado Maior, em O Estado do Maranhão, e uma reportagem de rodapé sobre repercussão na Assembleia Legislativa, onde comunistas, petistas e outros istas de "esquerda" se deleitaram com o acontecido, e só.

Engana-se quem pensa que o assunto se esgotará neste domingo, com a entrevista ao Jornal Pequeno, pois isto ainda será tema de debates até o Natal e Réveillon, como se o governador tivesse, finalmente, conseguido o que mais perseguia desde que deixou a magistratura em 2006 para entrar na política: ter a oportunidade de também se aproximar de José Sarney, assim como já haviam feito quase todos os políticos que o cercam e ajudam a formar o grande grupo que estaria empenhado em salvar o Maranhão. Só faltava ele, mas esse dia chegou.

Antes se diz que do Grupo Sarney ainda não haviam se alinhado a Flávio Dino apenas José Sarney e os filhos Roseana e Sarney Filho, pois os demais - deputados, senadores, vereadores, prefeitos, ex-secretários etc - todos já estavam sob o manto do Palácio dos Leões.

Nova política, velhas práticas!

Aeroportos de São Luís e Imperatriz devem aumentar movimentação de passageiros no período das férias

GIRO ECONÔMICO

O movimento de passageiros nos aeroportos Hugo da Cunha Machado, em São Luís, e Prefeito Renato Cortez Moreira, em Imperatriz, deve ser intenso durante as férias de julho. Entre os dias 28 de junho e 4 de agosto, mais de 270 mil pessoas devem embarcar e desembarcar nos dois terminais maranhenses. Em São Luís deverão ser 236 mil passageiros, número 13,1% maior que os 208,8 mil viajantes contabilizados em 2018, em período similar. 

A estimativa é fortalecida pelo incremento de seis voos extras da Gol já programados para atender a demanda de alta temporada, com rotas que interligam São Luís às cidades de Brasília (DF), Belém (PA), Rio de Janeiro (RJ) e Porto Seguro (BA). O fluxo de passageiros no Aeroporto de Imperatriz (MA) deve crescer 5% durante as férias de julho. Entre os dias 28 de junho e 04 de agosto, são esperados mais de 35 mil viajantes no terminal maranhense – 1,7 mil a mais que os 33,4 mil contabilizados no mesmo período do ano passado.

Para garantir a segurança e o bem-estar dos viajantes, a Infraero adota uma série de medidas preventivas em períodos de maiores movimentações em seus terminais. Entre elas, o reforço do quadro de limpeza, intensificação do monitoramento de equipamentos, bem como segurança, operações e manutenção. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Balcão - Foi lançado, quinta-feira (27), em São Luís, pelos Correios, o Balcão do Cidadão, serviço que amplia a parceria de instituições públicas e privadas para oferta de serviços e outras conveniências nas agências da estatal. Para o coordenador regional de Vendas dos Correios, Silvio Eduardo Silva e Silva, haverá ganhos tanto para governo quanto para a população, pois leva os órgãos públicos a todo o estado, já que a empresa conta com estrutura física, tecnológica e de pessoal em quase todos os municípios. 

Maranhense - Mais 36 micro e pequenas empresas foram autorizadas a utilizar o selo Produzido no Maranhão, criado pela Secretaria Estadual de Indústria e Comércio (Seinc) para estimular o consumo de produtos maranhenses. Todas elas são fabricantes de cachaça e tiquira integrantes do projeto Cartima, do Sindicato da Indústria de Bebidas. Para o presidente da Federação das Indústrias (Fiema), Edilson Baldez, o reconhecimento é motivo de orgulho, pois comprova a qualidade dos produtos fabricados no Maranhão. 

Shirley Cunha, presidente da Associação dos Jovens 
Empresários (Aje), recebendo na Assembleia Legislativa 
homenagem à entidade pelos seus 15 anos de atuação em 
favor do empresariado maranhense 
Caema - A crise por que passa a Companhia de Saneamento Ambiental (Caema) se deve em parte ao que ela deixa de receber pelos serviços de água e esgoto. Segundo o presidente, Carlos Rogério Araújo, a estatal tem mais de R$ 800 milhões em contas vencidas e contratou empresas privadas para recuperar pelo menos parte do montante. 

Fiscalização - Beneficiários do Programa de Vendas em Balcão (ProVB) no Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco e Roraima, e da Política de Garantia de Preços Mínimos para Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio) também do Maranhão e do Amapá foram fiscalizados, semana passada, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para comprovarem cumprimento das normas das medidas que visam ao acesso de pequenos criadores a estoques públicos de milho e incentivo para quem vive da extração vegetal. 

Crediamigo - A partir desta segunda-feira (1º de julho), clientes do Crediamigo do Banco do Nordeste já podem tomar empréstimo com limite de até R$ 21 mil. O programa também passa a atender clientes com faturamento anual de até R$ 200 mil, que era de R$ 15 mil e o de faturamento era de R$ 120 mil por ano. O Crediamigo atua com micro empreendedor urbano formal ou informal e conta com mais de 2 milhões de clientes ativos e já desembolsou R$ 4,6 bilhões em 2019, realizando 2,1 milhões de operações de crédito.

29 de jun de 2019

Folha de São Paulo mostra que editor do site Intercept fez quatro correções em diálogos de procuradores, o que põe em dúvida todo conteúdo sobre ministro Sergio Moro

Resultado de imagem para Glenn Greenwald
Em reportagem publicada neste sábado (29) sobre supostos diálogos em que procuradores criticam a postura do ex-juiz federal Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça e Segurança Pública, a Folha de São Paulo, mostra que o jornalista norte-americano Glenn Greenwald, editor do Intercept, alterou quatro vezes os diálogos que postou nesta madrugada, a fim de corrigir erros ou personagens, o que fez aumentar as dúvidas sobre a veracidade dessa série de diálogos, que ele diz ter recebido anonimamente.

Saiba o foi alterado pelo norte-americano em sua última postagem:

  • Em post no Twitter antes da publicação da reportagem, o jornalista americano Glenn Greenwald, um dos fundadores do Intercept, teria apresentado reprodução de uma conversa citando o procurador Ângelo Goulart Villela. A matéria publicada, porém, cita outro nome: Ângelo Augusto Costa, que depois virou apenas Ângelo. 
  • Segundo a primeira versão da reportagem,  Monique Chejer seria procuradora do Ministério Público Federal MPF) em Osasco (SP) e Barueri (SP). Depois, o Intercept publicou uma errata, informando que a procuradora atua em Petrópolis (RJ); 
  • Em um dos diálogos, Monique teria dito: "Desde que eu estava no Paraná, em 2008, ele (Sergio Moro) já atuava assim". Ela, porém, argumenta que só foi trabalhar no Paraná em dezembro daquele ano e que nunca havia ouvido falar do então juiz federal; 
  • Em outro trecho, o site publicou que os diálogos seriam de 1º de novembro de 2019. Em nova versão, o The Intercept fez uma errata e corrigiu a data para 1º de novembro de 2018.
Leia mais sobre o assunto em MARANHÃO HOJE.

"O Brasil precisa de mais Moros e menos Lulas", diz João Doria ao condecorar ministro da Justiça em São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), resolveu provocar aqueles que, estimulados pelas publicações do site The Intercept Brasil, tentam fragilizar a imagem do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o condecorou, quinta-feira (27) com a Medalha do Mérito Ipiranga, maior honraria do governo paulista. No discurso, o governador disse que "o Brasil precisa de mais Moros e menos Lulas", numa referência às investigações do ministro quando juiz federal que resultaram na prisão, dentre outros, do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT).

Segundo Dória, graças à determinação de Sérgio Moro, a Operação Lava Jato conseguiu desmontar o maior esquema de desvio do dinheiro público e mandou para a cadeia quem desviou e se apropriou do dinheiro público utilizando recursos que seriam para socorrer os mais necessitados.

Agradecido pela homenagem, Moro disse que não vai desistir da missão que lhe foi dada pelo presidente Jair Bolsonaro e considerou muito frágeis as denúncias do site, que vem divulgando seletivamente diálogos entre Moro e os procuradores da Força Tarefa da Lava Jato. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

28 de jun de 2019

Boi Brilho da Ilha faz apresentação especial na manhã deste sábado na loja Potiguar do bairro da Cohama

Resultado de imagem para BOI BRILHO DA ILHANa manhã deste sábado (29), em que se comemora o Dia de São Pedro, que é feriado em São Luís, o Grupo Potiguar vai brindar os seus clientes - o comércio vai poder funcionar em horário diferenciado, segundo a Federação do Comércio - com um show do Boi Brilho da Ilha em sua loja do bairro daa Cohama. 

A apresentação está prevista para começar às 10h30. 

O boi, com sotaque de orquestra e um rico batalhão de índias e brincantes, é um dos mais importantes grupos do folclore junino maranhense. Já se apresentou em diversos países, sempre mostrando a animação, força e tradição da musicalidade junina maranhense. Leia mais em MARANHÃO HOJE.


27 de jun de 2019

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Já que alguns aliados querem vender essa versão, como pode Flávio Dino, que até semana passada desdenhava de José Sarney por não ter mais votos nem para eleger um filho senador, seria um apoio importante para seu projeto de ser presidente da República?

São Bolsonaro opera o primeiro milagre: a aproximação do ex-presidente José Sarney e o governador Flávio Dino

Flávio Dino insiste em dizer que foi ao encontro do ex-presidente José Sarney porque está preocupado com a crise brasileira.

"Hoje conversei com o ex-presidente José Sarney sobre quadro nacional. Apresentei a ele a minha avaliação de que a democracia brasileira corre perigo, em face dos graves fatos que estamos assistindo. Já estive com os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique, com a mesma preocupação", justificou o governador.

Não falta no Maranhão gente que acredita em tudo o que o governador fala e endossa todos os seus atos a ponto do maior defeito se transformar na maior virtude e a maior mentira na mais absoluta verdade, portanto não adianta buscar evidências e provas sobre o que teriam conversado esses dois líderes que até semana passada vinham se alfinetando pelos artigos dominicais.

Mas suponhamos que seja verdadeira a afirmação de Flávio Dino sobre o motivo desse encontro: "os graves fatos que estamos assistindo". Graves fatos tem nome e se chama Jair Bolsonaro, ou seja, o medo do presidente fez com que dois adversários que pareciam irreconciliáveis se unissem em busca de uma causa nobre. Se foi isso, então temos um milagre operado por São Bolsonaro. 

São tantas especulações da ida de Dino a Sarney que fala-se até em soltura de Lula pelo modo operandi de Moro

José Sarney foi procurado por Flávio Dino em Brasília
Por mais que Flávio Dino (PCdoB) tente posar de estadista e queira justificar sua visita ao ex-presidente José Sarney (MDB), nesta quarta-feira (26), como demonstração de elevado espírito democrático, muitas especulações ainda vão surgir por conta desse encontro e há quem ache que política, eleição, crise nacional... tenham sido os assuntos menos conversado, até porque, a julgar pelo o que um diz do outro, esta seria a pior dupla para travar um diálogo de alto nível.

São tantas as especulações que há até quem delire e acredite que Flávio Dino tenha, na verdade, servido de "avião", fazendo uma ligação entre dois ex-presidentes: Lula (PT) e Sarney. O primeiro está preso em Curitiba (PR), onde cumpre pena pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro e foi visitado pelo governador há duas semanas; o segundo seria a pessoa mais indicada para desfazer um nó no Supremo Tribunal Federal (STF), onde será julgado, no segundo semestre, outro pedido de habeas corpus do petista.

Motivos não faltam para alimentar esta diabólica especulação: o placar na segunda turma do STF, onde está a demanda de Lula, é, neste momento, de 2 a 0. Já votaram contra a liberdade do ex-presidente os ministros Carmen Lúcia e Edson Fachin. Faltam três, sendo que dois - Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski - são dados como votos certos a favor do réu, o que leva a se supor que o decano Celso de Melo fará o desempate. 

E onde Sarney entraria nessa história? Bem, foi ele quem, na condição de presidente da República, nomeou o ministro para a Corte Suprema, o que não submete o magistrado à sua obediência, mas, como acreditam os especuladores, ninguém teria trânsito menos congestionado para chegar a ele neste emaranhado.

Caso esta especulação tivesse o mínimo de possibilidade, Flávio Dino, ao aceitar ser portador de recados, estaria se colocando como coadjuvante de uma peça cujo enredo estaria muito parecido com aquela que, de forma contundente, criticou porque tinha Sérgio Moro como ator principal. 

Segundo diálogos vazados pelo site The Intercept Brasil, quando juiz federal, Moro combinava seus julgamentos na Lava Jato com uma das partes: o Ministério Público. Seria a postura de Moro uma situação tão grave que Flávio Dino, do alto dos seus conhecimentos como advogado, ex-juiz federal, ex-presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal e professor de Direito Constitucional, opinou que Lula não foi julgado porque não houve juiz.

Resultado de imagem para lula e flavio dino
Flávio Dino e o ex-presidente Lula, que está preso em Curitiba
Ora, se fosse verdadeira esta especulação e se dispondo Sarney a levar demandas de Lula a Celso de Melo, e este aceitando ou achando que coincidem com seu entendimento, o julgamento iria se dar após o entendimento do juiz como uma das partes, e neste caso o réu. Seria apequenar demais o Supremo e duvidar muito da honra de um ministro, assim como um nivelamento exagerado por baixo dos políticos desta ação, para se tentar provar que todos são iguais.

Não custa lembrar, no entanto, que Flávio em 2016, apostando na sua eloquência jurídica, foi a Brasília e aproveitando-se da fraqueza do presidente em exercício da Câmara Federal, Waldir Maranhão, empurrou a ele um texto que anulava a votação dos deputados para o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). O assunto ganhou repercussão nacional, mas no dia seguinte Maranhão foi protagonista de um dos maiores vexames já passados pelo parlamento brasileiro: o Diário Oficial trazia um ato do presidente anulando uma decisão do plenário e um segundo ato do presidente anulando o primeiro ato do presidente. Não é fácil fazer Direito pelas linhas tortas!

Aumenta a confiança do empresariado do comércio e da construção na economia brasileira, segundo pesquisa FGV

GIRO DE QUINTA 

O Índice de Confiança do Comércio, medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), subiu 1,8 ponto de maio para junho e chegou a 93,2 pontos, numa escala de zero a 200 pontos. Já o da Construção, subiu 2,1 pontos, no mesmo período, e chegou a 82,8 pontos. A alta veio depois de um recuo de 1,8 ponto de abril para maio. Essa foi a primeira alta do indicador em 2019. Os números foram divulgados nesta quarta-feira (26). 

A confiança dos empresários do comércio subiu em oito dos 13 segmentos pesquisados. O Índice de Expectativas, que mede a confiança do empresariado no futuro, avançou 5,1 pontos para 99,9 pontos, depois de quatro quedas consecutivas. Por outro lado, o Índice de Situação Atual, que mede a confiança dos empresários no presente, recuou 1,5 ponto em junho, indo para 86,8 pontos, menor valor desde dezembro de 2017 (86,0 pontos).

A confiança dos empresários da construção subiu tanto em relação ao momento presente quanto em relação ao futuro. O Índice da Situação Atual, que mede o presente, avançou 1,2 ponto, atingindo 73,6 pontos. O Índice de Expectativas, que mede a confiança no futuro, teve uma alta mais expressiva (3,1 pontos), chegando a 92,5 pontos. 

Reforma - Depois do sucesso da primeira semana nacional “Quando eu pego a estrada, quem acelera é o Brasil”, realizada em abril, o Sest Senat repetirá a a ação, de domingo (30) a 05 de, em mais de 60 pontos de concentração, como postos de combustíveis, terminais de cargas e centros de distribuição. O projeto ocorre em parceria com o Ministério da Infraestrutura. No Maranhão, as atividades serão de segunda (1º) a quinta-feira (04), das 07h30 às 17h, no Centro de Distribuição do Mateus, na BR-010, em Imperatriz. 

Startup - Até 30 de junho, o Inova VLI recebe inscrições de empreendedores de todo o Brasil para dois “Startup Day” em que os participantes deverão apresentar soluções que contribuam para automatizar o processo de compras, otimizar o planejamento e gestão de estoques e o plano de demandas da VLI, enquanto na outra convocação os objetivos são aperfeiçoar a rastreabilidade de equipamentos, a operação das máquinas (pás, empilhadeiras, caminhões etc) e o consumo de combustível. 

Na festa de entrega do Prêmio BNB da MPE, o superintendente do Banco
do Nordeste no Maranhão, Hailton Fortes; os empresários premiados;
o diretor de Negócios do BNB, Rosendo Junior; e o superintendente de
Negócios com Varejo, Luiz Sérgio Farias
Homenagem - A Associação dos Jovens Empresários do Maranhão (AJE-MA) será homenageada em sessão solene na Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (27), às 11h. A sessão é tanto pelo aniversário da entidade quanto pelas suas ações em prol da cultura empreendedora maranhense.

Correios - Nesta quinta-feira (27), os Correios lançam, em São Luís, o Balcão do Cidadão, iniciativa que prevê a disponibilização de serviços públicos com qualidade, comodidade e conveniência nas agências da estatal. Com o serviço, instituições como ministérios, tribunais e prefeituras poderão ampliar o acesso da população a serviços como emissão de CPF, prova de vida, 2ª via de documentos, dentre outras conveniências, com a oportunidade de utilizar a infraestrutura e a capilaridade da estatal. 

Lotéricas - Desde esta quarta-feira (26), o limite de saque para os clientes Caixa e do BNB nas casas lotéricas aumentou de R$ 1,5 mil para R$ 2,0 mil, o que provocará aumento no volume de transações e, consequentemente, redução no volume de numerário nas unidades. O pacote de melhorias traz um aumento médio de 6%, superior à inflação do período, que foi de 4.6%. Serão ainda implementadas ações significativas como a aceitação do cartão de débito e de crédito nas casas de apostas de loteria.

26 de jun de 2019

Maranhenses são os que têm menos conhecimento de português e matemática, segundo Anuário da Educação

O Maranhão tem hoje um arrojado programa educacional que merece ser debatido mais no âmbito da Construção Civil do que da Pedagogia, pois a evolução que se percebe em edificações de escolas construídas ou reformadas não se traduz internamente no que diz respeito a aprendizado.

Não bastasse o fato de ser o estado que menos investe por aluno, o Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019, divulgado nesta terça-feira (25) pelo movimento Todos pela Educação, traz números preocupantes sobre o aprendizado do maranhense, ou seja, a escola pode até ser digna, mas a educação ainda não é.

De acordo com o estudo, 33,8% dos estudantes maranhenses do 5º ano de ensino fundamental têm aprendizado adequado em Português e 19% em Matemática. 

Quando a análise chega ao 9º ano do ensino fundamental, esses índices caem, pois os com aprendizado adequado em Língua Portuguesa passam a ser 21,1% e em Matemática 8%. 

A situação se agrava mais ainda quando este aluno é do 3º ano de ensino médio, pronto para ingressar numa faculdade: apenas 15,1% sabem Português e 1,5% aprendizado adequado de Matemática.

Leia detalhes em MARANHÃO HOJE.

25 de jun de 2019

Três empresas se destacam no segmento dos micro e pequenos negócios e recebem o Prêmio BNB da MPE

GIRO ECONÔMICO

O Banco do Nordeste premiou três micro e pequenas empresas que mais se destacaram em 2018 nos segmentos da Indústria, Comércio e Serviços. A tem a finalidade de reconhecer e divulgar os casos de sucesso de empresas financiadas com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Na categoria Comércio, a vencedora foi a hamburgueria Bulldog Burguer, de São Luís, que iniciou suas atividades em 2010; Na categoria Indústria, Vitralux, fabricante de vidros em Açailândia; e em Serviços, Baluarte Empreendimentos Turísticos, que atua no setor hoteleiro e de passeios em Tutóia. 

Para selecionar os vencedores, uma comissão técnica de representações empresariais consideram critérios como inovações empregadas no negócio, competitividade, adoção de práticas que visam à redução do impacto ambiental, número de empregos gerados e evolução das receitas após o financiamento.

Esta é a quinta edição do Prêmio BNB da MPE, que agracia empresas instaladas em toda a área de atuação do Banco do Nordeste: os nove estados nordestinos e nos nortes de Minas Gerais e do Espírito Santo. 

Magnífica - A cerveja Magnífica, nascida e criada no Maranhão pela Ambev, que utiliza mandioca em sua fabricação, criou uma coleção especial de copos temáticos em homenagem aos sotaques do bumba meu boi maranhense: matraca, orquestra, zabumba, baixada e costa de mão, destacando também as personagens típicas desta brincadeira, como as índias, os tocadores de matracas, os caboclos de fita e o famoso cazumbá. As coleções estão sendo comercializados em vários arraiais da cidade com grande aceitação. 

Licitação - A Câmara Federal vota nesta terça-feira (25) projeto da Lei de Licitações, que cria modalidades de contratos, exige seguro-garantia para grandes obras, tipifica crimes relacionados ao assunto e disciplina vários aspectos nas três esferas da União, estados e municípios. Pelo texto do relator, deputado Augusto Coutinho (Solidariedade-PE), o administrador pode contar com modalidades diferentes e a inversão de fases passa a ser, primeiro, julgamento da a proposta e depois são cobrados documentos do vencedor. 

Convocado pela comunidade acadêmica a retornar ao comando da
 Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Natalino
Salgado é favorito na eleição desta quarta-feira (26) para formação
 da lista tríplice a ser submetida ao presidente Jair Bolsonaro
Nome de rua - Embora haja proibição constitucional para que nomes de pessoas vivas não podem ser usados para identificar obras públicas, alguém achou de homenagear o ex-presidente Lula dando seu nome à rua principal dos conjuntos Eco (Park e Space) no Anil. 

Florestas - Desta terça-feira (25) até a próxima sexta (28), quatro cidades do Maranhão vão receber o curso de seleção de espécies para composição de sistemas agroflorestais com frutíferas, realizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embapa), por meio da unidade maranhense Embrapa Cocais com patrocínio do Fundo Amazônia e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES). São elas: Cidelândia (25), Açailândia (26), Zé Doca (27) e Itapecuru-Mirim (28), sempre das 08h às 17h. 

Ferrovias - Os ministros de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e de Minas e Energia, Bento Albuquerque, vão ao Senado nesta terça-feira (25), onde serão ouvidos na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI). Entre os assuntos que motivaram a audiência com Tarcísio Gomes de Freitas estão a Ferrovia de Integração Centro-Oeste, a renovação dos contratos de concessão das ferrovias Estrada de Ferro Carajás e Estrada de Ferro Vitória a Minas, e a modernização e a expansão do sistema ferroviário brasileiro.

23 de jun de 2019

Viabilização de um centro de convenções em Barreirinhas estimula turismo de negócios nos Lençóis Maranhenses

GIRO DE DOMINGO 

O Ministério do Turismo anunciou, terça-feira (18), a liberação de um repasse de R$ 34,1 milhões para o pagamento de obras de infraestrutura turística em todo o Brasil e o Maranhão será contemplado com R$ 2,2 milhões para que seja construído um centro de convenções na cidade de Barreirinhas, nos Lençóis Maranhenses. O Nordeste concentra o maior volume de aportes: R$ 14,86 milhões. As verbas permitem avanços em ações como a pavimentação asfáltica e a drenagem da avenida de acesso ao Aeroporto de Feira de Santana (BA) e a implantação de um Centro de Eventos em São Gonçalo do Amarante (RN). 

Já Barreirinhas (MA) obteve recursos para o Centro de Convenções dos Lençóis Maranhenses, enquanto Cabedelo (PB) dará seguimento ao Centro de Comercialização de Artesanato do Parque Municipal da Praia do Jacaré, um dos pontos de maior visitação turística. Segundo o MTur, o objetivo é impulsionar importantes projetos do setor nas cinco macrorregiões do país.

Os trabalhos, realizados com recursos provenientes de emendas parlamentares, proporcionam a ampliação da oferta de atrativos locais, favorecendo a atração de visitantes, a geração de emprego e renda e o desenvolvimento regional. Os recursos autorizados pela Pasta contemplam 324 destinos dos 26 estados brasileiros. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Financiamento - O Banco do Nordeste superou os R$ 122 milhões financiados no Maranhão a micro e pequenas empresas até maio, o que representa aumento de 36,8% nas aplicações com o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e Recursos Internos (Recin), na comparação com igual período de 2018. Foram contratadas cerca de 1,5 mil operações de crédito com esse segmento, nas diversas regiões do Estado e o valor contratado em toda área de atuação do banco acumulou R$ 1,4 bilhão, alta de 68,5%. 

Turismo - Há quase seis meses no cargo, Catulé Júnior, secretário estadual do Turismo, acha que chegou o momento de conhecer os empresários do trade e se tornar conhecido também deste segmento. Ele já acionou o presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav), Jansen Santos, para mobilizar os empresários e as demais entidades que representam o setor. Falta definir dia e local, mas tudo indica que isto ocorrerá nas primeiras semanas de julho, logo depois da temporada junina. 
No lançamento da Expo Indústria, Raimundo Coelho (presidente do
Sebrae-MA), Edilson Baldez (presidente da Fiema), Simplício
Araújo (secretário de Indústria e Comércio) e Diogo Lima
(superintendente da Fiema)


São Marçal - Este ano o desfile de Bumba meu boi na Avenida São Marçal que encerra o calendário dos festejos juninos em São Luís não trará prejuízos para o comércio do João Paulo, pois cairá num domingo. Péssimo para quem tinha planos de ganhar um dia de folga a mais. 

Mecanização - O pesquisador da Embrapa Cocais José Mário Frazão e o engenheiro Ivanildo Albuquerque criaram o protótipo de uma ferramenta individual para quebra do babaçu com acionamento manual e boa capacidade de extração da amêndoa. Os recursos para a invenção vieram da Fundação de Amparo e Desenvolvimento Científico do Maranhão (Fapema) e do Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF), por meio do Projeto Bem Diverso, fruto da parceria entre Embrapa e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 

Recarga - Os cinco terminais de recarga dos cartões com créditos para uso do transporte coletivo passaram a operar também aos sábados desde o dia 15. De acordo com o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luís (SET), a disponibilização desse serviços também nos fins de semana será das 08h ao meio-dia. Para os usuários, trata-se de uma facilidade a mais, principalmente para quem trabalha de segunda a sexta-feira e só tem folgas aos sábados e aos domingos.

21 de jun de 2019

Embora previsto em lei federal, projeto que obriga lojas disponibilizar Código do Consumidor passa na Assembleia

Resultado de imagem para CÓDIGO DE DEFESA EM LOJAS
GIRO ECONÔMICO

Assembleia Legislativa aprovou projeto de lei do deputado Zé Inácio Lula (PT) que obriga os estabelecimentos comerciais a disponibilizar, para consulta, cópia do Código de Defesa do Consumidor (CDC). O que dispõe o projeto do parlamentar petista já está previsto na Lei Federal 12.291 e vem sendo cumprido pelos estabelecimentos comerciais, embora muitos livros estejam quase intactos, já que os consumidores pouco o manuseiam. 

Aprovado em redação final, o projeto 021/2019, que agora vai à sanção do governador, obriga os estabelecimentos comerciais situados no Estado do Maranhão a disponibilizarem, também exemplar do CDC, em Braile. A matéria foi relatada pelo deputado Antônio Pereira (DEM). O artigo 1º do projeto estabelece: “Ficam os estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços situados no Maranhão obrigados a manter, em local visível e de fácil acesso ao público, um exemplar do Código de Defesa do Consumidor”.

O que diz a lei federal 12.291 em seu Artigo 1º - São os estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços obrigados a manter, em local visível e de fácil acesso ao público, 1 (um) exemplar do Código de Defesa do Consumidor. 

Confiança - O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) alcançou 56,9 pontos em junho. A alta de 0,4 ponto em relação a maio interrompe uma série de quatro quedas consecutivas do indicador, que está 2,4 pontos acima da média histórica (54,5 pontos). As informações são da pesquisa divulgada nesta quarta-feira (19) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Os indicadores do ICEI variam de zero a cem pontos. Quando estão acima dos 50 pontos indicam empresários confiantes. 

Feriado (?) - Em comunicado às empresas, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio) informa que, nesta quinta-feira (20), o comércio de São Luís pode funcionar normalmente, apesar da data religiosa de Corpus Christi. A entidade esclarece que a data não é considerada feriado, não consta nas legislações municipal, estadual, tampouco federal e, portanto, o trabalho nesse dia é considerado normal, não incidindo pagamento de horas extras e nem gratificações para empregados. 

O presidente do Conselho Temático de Infraestrutura da Federação das
Indústrias (Fiema), Zeca Belo (E), com o presidente da Empresa
Maranhense de Administração Portuária (Emap, Ted Lago, em
encontro para debater investimentos no Itaqui
Balaio de Sotaques - O Serviço Social da Indústrias (Sesi) realiza nesta sexta (21) e sábado (22), sua tradicional festa junina, que tem como principais atrações Boi Sotaque Costa de Mãe, Boi de São Miguel do Rosário, Companhia Barrica, Boi de Morros, Boi de Maracanã e Companhia Cazumbá. 

Itaqui - O presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, apresentou, segunda-feira (17), na reunião mensal do Conselho Temático de Infraestrutura e Obras da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), os projetos de investimentos para o exercício de 2019 a 2022 que resultam em mais de R$ 144 milhões, além de obras de investimentos privados como segunda fase do Tegram, terminal de Fertilizantes, terminal de carga geral da Suzano, expansão da Ultracargo e terminal da Raízen. 

Correios - Os Correios venceram, na última terça-feira (18), em Dublin (Irlanda), o World Mail Awards 2019, premiação internacional que corresponde ao Oscar dos correios de todo o mundo. A empresa participou na categoria “Atendimento ao Cliente” com a mega operação contratada pela entidade não governamental Seja Digital, que permitiu a entrega de mais de 10 milhões de kits para TV digital a beneficiários de programas sociais do governo federal, em todo o Brasil.

19 de jun de 2019

Plano Safra, lançado nesta terça-feira mantém subvenção acima de R$ 10 bilhões para o crédito rural

GIRO ECONÔMICO

Lançado nesta terça-feira (18), o Plano Safra 2019/2020 manterá a subvenção de R$ 10 bilhões para o crédito rural, disse a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Ela antecipou o valor em evento da Associação Comercial de São Paulo, na capital paulista. A subvenção representa o subsídio que o Tesouro Nacional injeta no plano para que os bancos possam cobrar juros mais baixos dos produtores. Por meio da assessoria de imprensa, o Ministério da Agricultura informou que o valor total do Plano Safra superará os R$ 200 bilhões, mas que o número final só será anunciado nesta terça-feira.

Durante o evento em São Paulo, a ministra disse que a subvenção permitirá à pasta atender principalmente aos pequenos e aos médios produtores, que contraem mais financiamentos com juros subsidiados.

Tereza Cristina também anunciou que o Plano Safra lançará os Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) emitidos em dólares, ferramenta destinada aos produtores de maior porte.

Reforma - Pesquisa Ibope encomendado pelo CLP – Liderança Pública e outras 76 instituições apartidárias que criaram a campanha “Apoie a Reforma”, divulgada nesta segunda-feira (17), revela que 45% dos entrevistados aprovam o regime de capitalização, uma das principais mudanças na Reforma da Previdência Social, que prevê a criação de poupanças individuais onde o valor da contribuição de cada trabalhador será depositado em conta individual, ou seja, não se mistura com o dos demais contribuintes. 

Seletivo - O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) realizou domingo teste seletivo para contratação de estagiários. As provas foram aplicadas em São Luís, Imperatriz, Caxias, Bacabal e Balsas houve apenas seletivo para o curso de Direito. A Divisão de Gestão de Pessoas (Digep) do MPF, responsável pela organização do PSE 2019, destaca a quantidade de inscritos para cada cidade/curso: São Luís: 1391 (Direito – 983; Tecnologia da Informação e equivalentes – 127; Comunicação Social/Jornalismo – 31; Administração – 203; Biblioteconomia – 47); Bacabal: 45; Balsas: 28; Caxias: 132; e Imperatriz: 205. 

No evento de relançamento de Os Tabores de São Luis, na
Casa de Cultura José Montello na Rua das Hortas, a jornalista
Talita Guimarães mediadora das palestras; professor Flaviano
Menezes que fará palestra dia 27.06: a gestora da Casa de Cultura
JM Joseane Souza e o imortal e membro da AMA, José Neres,
que fez a palestra de lançamento sobre a obra “Os Tambores de São Luís”
Fora da cesta - Ainda não se sabe o motivo, mas São Luís não está mais na lista das capitais pesquisa pelo Departamento Intersindical de Estudos Estatístico e Socioeconomicos (DIEESE, que todos os meses, dentre outros levantamentos, analisa os preços de produtos da cesta básica. 

Aluguel - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou 0,75% na segunda prévia de junho. A taxa é superior ao apurado na segunda prévia de maio (0,58%), de acordo com dados divulgados hoje (18), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Com a prévia de junho, o IGP-M acumula inflação de 4,33% no ano e de 6,46% em 12 meses. A alta foi puxada pelos preços no atacado, já que o Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede esse segmento, registrou inflação de 1,15% na segunda prévia de junho, acima do 0,72% de maio. 

Aeroporto - O Aeroporto Internacional Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís, já entrou no clima de São João. Quem desembarcar até esta quarta-feira (19), das 13h às 17h, será recepcionado com a alegria das apresentações de bumba meu boi e das brincadeiras do juninas típicas do Maranhão. A ação, fruto de uma parceria entre a Infraero, as Secretarias Estaduais de Cultura e de Turismo, e a Secretaria Municipal de Turismo, promete animar e contagiar os turistas que chegam à capital maranhense para curtir a festividade.

18 de jun de 2019

Comércio pode funcionar normalmente quinta-feira, pois Corpus Christi não é feriado no município de São Luís

GIRO ECONÔMICO

Todos os anos é a mesma polêmica sobre o feriado da Corpus Christi em São Luís e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio), mais uma vez, reforça que quinta-feira (20) as empresas podem funcionar normalmente, sem risco de pagar hora extra a seus empregados, por não consta nas legislações municipal, estadual tampouco federal qualquer indicativo de que é feriado, portanto, o trabalho nesse dia é considerado normal, não incidindo pagamento de horas extras e nem gratificações extraordinárias para os funcionários.

Apesar da liberdade para funcionar, muitas empresas vão optar por não abrir as portas já que as repartições públicos não funcionarão e os bancos também não abrirão suas agências.

O feriado de Corpus Christi foi extinto pela Câmara Municipal de São Luís, nos anos 1980, porque o Município tinha um a mais e para preservar o 08 de setembro, dia de fundação da cidade, foi extinto o de Corpus Christi e criado o da Natividade de Nossa Senhora tembro, já que todos os feriados municipais são de caráter religioso.

Sistema S - O Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), gerido pela Federação das Indústrias (Fiema), promove nesta terça-feira (18), na Casa da Indústria, o Encontro de Negócios do Sistema S, oportunidade em que fornecedores e distribuidores locais estarão frente a frente com gestores das áreas de compras e suprimentos das entidades do Sistema S (Sesi, Senai, Sesc, Senac, Sest, Senat, Senar, Sebrae e Sescoop) a fim de debaterem participação em licitações dessas entidades.

Simulador - Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (17) torna facultativo o uso de simulador de direção veicular no processo de formação de condutores, para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Foi reduzido ainda de 25 para 20, o número de horas-aula (h/aula) práticas nas autoescolas, para a categoria B. No caso da categoria A, serão necessárias pelo menos 15 h/aula. Em ambos casos, pelo menos 1h/aula será no período noturno.

A senadora Eliziane Gama é autora do projeto de lei aprovado 
semana passada que beneficia mulheres mariscas com programas 
sociais do governo federal. Para virar lei, precisa passar pela Câmara 
e ser levado à sanção presidencial 

Futebol - Nesta terça-feira (18), dia de jogo da Seleção Brasileira de futebol feminino, as repartições públicas, por determinação do Tribunal de Justiça, suspendem o expediente às 15, uma hora antes do jogo contra a Itália pela Copa do Mundo da França.

Frigorífico - A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) entregou quinta-feira passada, dia 13, a pescadores e agricultores familiares de Outeiro, em São José de Ribamar, um caminhão frigorífico apropriado para o transporte de seus produtos. Também foram entregues 40 barracas padronizadas para uso na feira do produtor. O caminhão frigorífico e as barracas foram adquiridos por meio de uma emenda parlamentar do deputado federal Hildo Rocha (MDB).

Desburocratização - O presidente do Conselho Temático de Micro e Pequenas Empresas (Compem) Da Federação das Indústrias (Firma), Celso Gonçalo de Sousa, comandou, sexta-feira (14), reunião ordinária do Conselho para debater a desburocratização dos processos internos da Junta Comercial do Maranhão (Jucema). Outro tema da reunião foi a apresentação da Medida Provisória nº 881 que instituiu a declaração de Direitos de Liberdade Econômica, e estabelece garantias de livre mercado e análise de impacto regulatório.

16 de jun de 2019

The Intercept Brasil atinge marca superior a R$ 160 mil por mês após revelações de conversas atribuídas a Moro

O site The Intercept Brasil, do norte-americano Glenn Greenwald, responsável pela série de divulgações de supostas conversas entre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, com procuradores da Força Tarefa da Lava Jato, quando era juiz federal em Curitiba (PR). atingiu a marca de mais de R$ 160 mil em doações num mês. 

A revelação é do próprio site na página em que pede doações a seus leitores.

As doações variam de R$ 25,00 (amigo) a R$ 500,00 (guardião). De acordo com a propaganda, o dinheiro é para manter "um jornalismo independente e investigativo". As outras opções de doações mensais são R$ 100 (defensor) e R$ 300 (líder).

Produção de milho no Maranhão terá aumento de 11,5% na safra deste ano, segundo nova estimativa da Conab

GIRO DE DOMINGO

Para uns é mais lenda do que fato, mas por muitos anos o Maranhão foi apresentado como um dos maiores produtores de arroz do Brasil, contudo desde os anos 1990, o destaque passou a ser para a soja, cultura que dá ao estado o segundo lugar entre os quatro integrantes do Matopiba, fronteira agrícola composta também por Tocantins, Piauí e Bahia. O que se percebe, entretanto, com a análise do último levantamento da Conab sobre a safra 2018/2019 é que em breve o milho poderá se tornar a maior produção agrícola do Maranhão. 

Para que se tenha ideia, na safra anterior a colheita de milho foi de 1,884 milhão de toneladas e a de soja, 2,973 milhões, e na deste ano, o milho terá produção de 2,101 milhões de toneladas, um aumento de 11,5%, e a de soja, 2,916 milhões, queda de 1,9%. A produção do milho atinge esse desempenho apesar da área plantada (413,6 mil hectares) ser menos da metade da ocupada por plantadores de soja (992,1 mil hectares).

Uma das explicações para esse desempenho pode estar relacionada à produtividade, pois se na safra anterior eram 3.897 quilos por hectare, na deste ano, serão 5.081 (aumento de 30,4%), enquanto a de soja variou de 3.125 para 2.940 quilos por hectare (-5,9%). 

Pregoeiros - Com o objetivo de expandir a atuação no Maranhão, o Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País, oferecerá um ano de degustação gratuita de seus serviços para corretores e imobiliárias locais. Além da veiculação de anúncios de venda e locação de imóveis, o Imovelweb oferece excelentes ferramentas para o gerenciamento destes anúncios. Além disso, disponibiliza uma funcionalidade que se propõe ajudar os anunciantes a desenvolverem conteúdos ainda mais completos e atrativos.

Combustíveis - A partir deste domingo (16) entra em vigor nova tabela com preços de referência para cobrança de ICMS sobre combustíveis. Aprovado pelo Conselho Monetário de Política Fazendária (Confaz), o Ato Cotepe fixa a gasolina comum em R$ 4,66 e aditivada em R$ 5,70, valores sobre os quais incide o imposto, pouco importando por quanto é vendido na bomba. Segundo a Secretaria de Fazenda, os valores são encontrados pelas médias de preços medidos pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Na apresentação do Programa Sesi Gestão da Diversidade, Celso
Gonçalo (C) com Allan Kardec Ferreira (Sesi) e os empresários
Franklin Andrade (Elétrica Visão) e Francina Andrade (Buona Massa)
Esporte - Em 12 anos, o Brasil sediou quatro eventos esportivos mundiais. Em 2007, o ex-presidente Lula foi vaiado na abertura do Pan; em 2014, a ex-presidente Dilma teve seu discurso abafado por ofensas; em 2016, Michel Temer foi recebido com sonora vaia na abertura da Olimpíada do Rio; sexta-feira, Bolsonaro foi aplaudido ao abrir a Copa América.

Fornecedores - O Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF) pretende reunir cerca de cem empresas no Encontro de Negócios do Sistema S que será realizado nesta terça-feira (18), na Federação das Indústrias. São fornecedores e distribuidores de produtos de limpeza, material de escritório, refrigeração, equipamentos de proteção individual, locação de materiais e sonorização para eventos, ferragens e ferramentas, materiais elétricos de baixa e alta tensão, material hidráulico, dentre outras categorias.

Estacionamentos - Demorou, mas finalmente um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu interpretar com inconstitucional a lei municipal que concede gratuidade de 30 minutos nos estacionamentos de shopping centers de São Luís. Ricardo Lewandowski suspendeu a gratuidade por entender que a regulação só pode ser feita por lei federal. A decisão foi publicada sexta-feira (14) no Diário Eletrônico do STF, mas ainda cabe recurso da decisão. A ação foi ajuizada pela Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce).

15 de jun de 2019

Imovelweb fortalece sua atuação no Maranhão com oferta a corretores de um ano de acesso grátis ao seu portal

Resultado de imagem para IMOVELWEBGIRO ECONÔMICO

Com o objetivo de expandir sua atuação no Maranhão, o Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País, oferecerá um ano de degustação gratuita de seus serviços para corretores e imobiliárias locais. “Nossa meta é que os profissionais do setor imobiliário da região possam aumentar suas possibilidades de negócios, por meio da plataforma Imovelweb, sem nenhum custo inicial. O Imovelweb é o portal imobiliário que mais cresce no Brasil. Somente no primeiro trimestre de 2019, foram mais de 15 milhões de acessos e 4 milhões de imóveis anunciados. Quem utiliza garante mais visibilidade para seus imóveis, atraindo mais interessados”, diz Leonardo Paz, CEO da companhia.

Além da veiculação de anúncios de venda e locação de imóveis, o Imovelweb oferece excelentes ferramentas para o gerenciamento destes anúncios. “Além disso, disponibilizamos uma funcionalidade que se propõe ajudar os anunciantes a desenvolverem conteúdos ainda mais completos e atrativos, o que, certamente, alavanca as oportunidades de negócios”, complementa Paz.

Para ativar a degustação gratuita, basta entrar em contato com a Central de Relacionamento do Imovelweb pelo telefone: 4003-9048. Mais informações em www.imovelweb.com.br

Prêmio BNDES - Até o dia 31 de outubro, estarão abertas as inscrições para a segunda edição do Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais (SATs). A iniciativa tem o objetivo de reconhecer e divulgar boas práticas de salvaguarda e conservação de bens culturais imateriais associados à agrobiodiversidade e à sociobiodiversidade. Serão premiadas até dez experiências consideradas boas práticas de SATs já realizadas ou com etapas já concluídas, tendo como base a data de publicação do edital. Os três primeiros colocados receberão R$ 70 mil, e os demais o valor de R$ 50 mil. 

Simples - Os microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte excluídos do Simples Nacional em janeiro de 2018 por inadimplência poderão extraordinariamente fazer nova opção pelo regime tributário. A permissão de retorno ao Simples está garantida pela Lei Complementar 168, de 2019 que foi publicada na edição desta quinta-feira (13) do Diário Oficial da União. Naquele ano, cerca de 500 mil empresas foram excluídas do programa por terem débitos pendentes. 

Nomeada superintendente estadual da Fundação Nacional
de Saúde (Funasa), a ex-deputada e ex-prefeita de Lago da Pedra
Maura Jorge com o senador Roberto Rocha (PSDB), que o indicou,
 e o presidente Jair Bolsonaro
Serasa - Até este sábado (15), o caminhão itinerante do Serasa estará em Brasília (DF), atendendo pessoas que queiram saber sua situação creditícia. Além da capital federal, o caminhão deve atender pessoas em São Luís (MA), Teresina (PI), Fortaleza (CE), Natal (RN), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB), Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Salvador (BA), Vitória (ES), Belo Horizonte (MG), São Gonçalo (RJ), Rio de Janeiro, Nova Iguaçu (RJ), Santos e São Paulo (SP). 

Aposentados - O deputado André Fufuca (PP) apresentou uma emenda à PEC da reforma da Previdência Social na Comissão Especial que retira ambas as categorias de professores e militares da Nova Previdência. O parlamentar quer que as duas categorias não tenham as regras atuais de aposentadoria modificadas, para que não sofram prejuízos caso a Reforma da Previdência seja aprovada. Para ele, essas categorias já sofrem com o pouco reconhecimento social no caso dos professores e o risco inerente ao trabalho no caso dos policiais. 

Transporte - Apesar da clara relação do transporte com o espaço geográfico, onde tudo que é transportado possui uma origem e um destino, a representação gráfica dos temas a ele relacionados ainda não é amplamente explorada. Por isso, a CNT (Confederação Nacional do Transporte) lançou quinta-feira (13), a segunda edição do Atlas CNT do Transporte ­– a primeira foi divulgada em 2006. O material apresenta, por meio de mapas temáticos, informações fundamentais sobre a infraestrutura e a operação dos sistemas rodoviário, ferroviário, aquaviário, aeroviário e sua integração multimodal.

Moro não responde ao Intercept porque diálogos, obtidos "por invasão criminosa de hackers", teriam sido editados

O site The Intercept Brasil informou nesta sexta-feira (14) que procurou, pela primeira vez, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, para comentar os conteúdos de conversas com procuradores da Força Tarefa da Lava Jato (leia em MARANHÃO HOJE), quando era juiz federal, mas não obteve sucesso. O pedido foi para analisar o conteúdo divulgado à noite.

Moro disse que não poderia comentar porque não reconhece mensagens obtidas de maneira criminosa e que possam ter sido adulteradas e editadas. Além disso, os diálogos não foram mostrados previamente. Eis a nota:

“O Ministro da Justiça e Segurança Pública não comentará supostas mensagens de autoridades públicas colhidas por meio de invasão criminosa de hackers e que podem ter sido adulteradas e editadas, especialmente sem análise prévia de autoridade independente que possa certificar a sua integridade. No caso em questão, as supostas mensagens nem sequer foram enviadas previamente.”

Em resposta, The Intercept disse que "apesar de chamar as conversas de ´supostas`, Moro admitiu a autenticidade de um chat. "Em uma coletiva, ele chamou de “descuido” o episódio no qual, em 07 de dezembro de 2015, passa uma pista sobre o caso de Lula para que a equipe do MP investigue".

Fernando Sarney e os presidentes da Conmebol e da CBF recepcionam Jair Bolsonaro na abertura da Copa América

Fernando Sarney, Alejandro Dominguez, Jair Bolsonaro e Rogério Caboclo
O presidente Jair Bolsonaro, mais uma vez surpreendeu ao aparecer num estádio de futebol, nesta sexta-feira (14), para a solenidade de abertura da Copa América, no Estádio Morumbi, em São Paulo, onde aplaudido pela torcida que lotou as arquibancadas. Bolsonaro foi recepcionado pelos presidentes da Conmebol, Alejandro Domínguez, e da CBF, Rogério Caboclo, que estava acompanhado do seu vice, Fernando Sarney.

Apesar de ter comemorado o resultado - 3 a 0 para o Brasil diante da Bolívia - o presidente reclamou das acomodações da cabine de honra, pois, segundo ele, é ruim para assistir ao jogo. Ele postou duas mensagens sobre o evento em sua conta no Twitter. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Apesar de Flávio Dino dizer que não quer, bancada maranhense deve votar para aprovar a Nova Previdência

Apontado como um dos governadores mais críticos do governo federal e um dos mais resistentes a uma reforma da Previdência Social, embora saiba que algo urgente precisa ser feito até para não colocar as finanças públicas do Maranhão em risco, Flávio Dino (PCdoB) vive uma das situações mais confortáveis na conjuntura política nacional, pois pode continuar resistindo até o fim e sua posição em quase nada vai influenciar na decisão dos 18 deputados federais pelo Maranhão para aprovar ou reprovar a Nova Previdência, pois tudo indica que, querendo ou não Flávio Dino, a bancada maranhense vai votar em peso com o governo. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Se decidisse apoiar, quando tomasse a posição, ela já estará tomada pela grande maioria dos parlamentares, inclusive muitos dos que se elegeram por estarem em seu palanque, por conta de acordos nacionais das legendas a que pertencem, quase todas afinadas com o Planalto. Afinal de contas, dos 18 deputados que formam a bancada maranhense na Câmara, talvez cinco estejam realmente na oposição, mas Flávio Dino só exerce influência sobre dois, embora sempre se arvore de ter transferido prestígio para eleger 12. Já declaradamente de oposição, são seis, que não estão nem aí para o que pensa e o que diz o governador.

Suponhamos que Flávio Dino, numa guinada ideológica de 180º, decidisse apoiar a Nova Previdência. Quantos votos ele poderia garantir a Jair Bolsonaro? Apenas os de Márcio Jerry (PCdoB) e de Bira do Pindaré (PSB), pois nem mesmo sobre Zé Carlos (PT) exerce influência, já que este tem voo próprio e sua ligação é direta com a direção do partido, assim como Gil Cutrim (PDT), cujo partido é historicamente contra. É bem capaz de um Josimar do Maranhãozinho, que também tem dois do seu partido, garantir mais votos do que ele, pela influência que tem outras legendas.

Imagem relacionada
Josimar do Maranhãozinho com o presidente Jair Bolsonaro: 
bancada maranhense é mais afinada com o Palácio do Planalto 
do que com o dos Leões
Dariam mais atenção à orientação nacional dos seus partidos do que às ordens do Palácio dos Leões, mesmo sendo integrantes de uma mesma coligação em 2018, André Fufuca (PP), Cléber Verde (PRB), Josimar do Maranhãozinho (PL), Júnior Lourenço (PL), Juscelino Filho (DEM), Marreca Filho (Patriota) e Pedro Lucas Fernandes (PTB). A dúvida seria Gastão Vieira (Pros), que, por ser suplente de um comunista (Rubens Pereira Júnior), talvez tivesse deferência pelo governador, e Gil Cutrim, que votará conforme orientação de Carlos Lupi ou de Ciro Gomes.

Já com Aluísio Mendes (Pode), Edilázio Júnior (PSD), Eduardo Braide (PMN), Hildo Rocha (MDB), João Marcelo (MDB) e Pastor Gildenemyr (PMN) o governador nem encontra abertura para conversar. Resumindo, Flávio Dino pode falar, falar, falar, criticar, criticar, criticar, protestar, protestar, protestar... sem medo, pois nada vai lhe acontecer. Só tem a lucrar com os eleitores, pois vende a imagem de rebeldia e independência.

Fazendo-se os cálculos, com base na tendência de cada legenda, dos 18 deputados, 13 já estariam inclinados a votar com o governo.

Quanto ao fato de necessitar de uma reforma da Previdência que inclua o Maranhão, sabe que, apesar do seu corajoso discurso, se depender da bancada maranhense, ela será feita, mesmo ele jurando que não quer aquilo que tanto precisa. É o jogo da política, onde tem mais chances de sucesso quem dissimular melhor.

14 de jun de 2019

Ipea divulga na próxima terça-feira levantamento sobre o perfil dos desempregados no primeiro trimestre

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) apresenta, na próxima terça-feira (18), dados do mercado de trabalho no primeiro trimestre de 2019. 

O documento utiliza informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua, do IBGE) para fazer uma avaliação detalhada da dinâmica recente do mercado de trabalho brasileiro em tópicos como emprego setorial, remuneração, desemprego e grau de formalidade. 

As informações são apresentadas por faixa etária, sexo, região, grau de instrução e tipo de vínculo. O estudo também reúne dados do emprego formal registrados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

A seção de Mercado de Trabalho da Carta de Conjuntura do Ipea traz, ainda, o perfil dos desempregados há mais de dois anos e informações sobre a abertura de vagas para empregos de jornada parcial/intermitente após a reforma trabalhista.

Vale recruta mais de 300 estagiários no Maranhão no primeiro trimestre, segundo balanço social da empresa

GIRO ECONÔMICO

No primeiro trimestre deste ano, 320 jovens maranhenses ingressaram na Vale por meio dos programas de estágio e Jovem Aprendiz. Neste último, a empresa está oferecendo cursos técnicos nas áreas de Eletrônica, Eletrotécnica, Logística, Segurança do Trabalho, Edificações, Eletromecânica e Soldagem, realizados em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) com distribuição de bolsa-auxílio e benefícios. 

Os estagiários contratados neste período são universitários e alunos de cursos técnicos e foram selecionados para preencher vagas em áreas operacionais e administrativas da empresa. Além da bolsa-auxílio, os estagiários têm direito à assistência médica e seguro de vida. Como parte do balanço do primeiro trimestre de 2019, a Vale investiu R$ 14,6 milhões em projetos sociais nos municípios vizinhos às operações da empresa, a exemplo de Tufilândia, onde foi realizada a reforma e ampliação da Escola Municipal Francisco Ferreira Silva.

“Era um escola bem precária, só com duas salas de aula. A comunidade está feliz porque achava que aqui nunca ia ter uma estrutura como esta. Você não vê mais nenhuma parede riscada e a educação melhorou bastante”, conta o líder comunitário Marcos Danilo. 

Sistema S - Após lançar seu novo portal de negócios, o Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), gerido pela Federação das Indústrias (Fiema), promove dia 18, na Casa da Indústria, o Encontro de Negócios do Sistema S, oportunidade em que fornecedores e distribuidores locais estarão frente a frente com gestores das áreas de compras e suprimentos das entidades do Sistema S (Sesi, Senai, Sesc, Senac, Sest, Senat, Senar, Sebrae e Sescoop) a fim de debaterem participação em licitações dessas entidades. 

Exposição - Nesta sexta-feira (14), no Centro Cultural Vale Maranhão (CCV), às 16h, será aberta a exposição Redes do Maranhão, do artesão Zé Branco, residente no povoado São Simão (Rosário). As redes serão expostas no saguão do prédio do casarão, localizado na Rua 14 de Julho (Praia Grande), onde a coordenadora do Maperarte, Paula Porta, falará sobre a pesquisa, a riqueza e diversidade das redes maranhenses: origem, materiais utilizados na produção e contatos dos artesãos, para encomendar diretamente com eles. 

A convite do diretor da Escola Superior da
Magistratura (ESMAM), desembargador Froz 
Sobrinho, a psicóloga e professora da 
Universidade Federal do Maranhão, Rosângela Maria 
Guimarães Rosa, e a socióloga e pedagoga Laiza 
Spagna - especialista no modelo Canvas de Gestão de 
Projetos e pesquisadora do Instituto Veredas – ministraram 
capacitação aos magistrados e servidores 
do TJMA para estruturação de um Laboratório de 
Inovação e Monitoramento de Políticas Públicas 
Judiciárias – o primeiro do país. 
Serasa - Até este sábado (15), o caminhão itinerante do Serasa estará em Brasília (DF), atendendo pessoas que queiram saber sua situação creditícia. Além da capital federal, o caminhão deve atender pessoas em São Luís (MA), Teresina (PI), Fortaleza (CE), Natal (RN), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB), Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Salvador (BA), Vitória (ES), Belo Horizonte (MG), São Gonçalo (RJ), Rio de Janeiro, Nova Iguaçu (RJ), Santos e São Paulo (SP). 

Aposentados - O deputado André Fufuca (PP) apresentou uma emenda à PEC da reforma da Previdência Social na Comissão Especial que retira ambas as categorias de professores e militares da Nova Previdência. O parlamentar quer que as duas categorias não tenham as regras atuais de aposentadoria modificadas, para que não sofram prejuízos caso a Reforma da Previdência seja aprovada. Para ele, essas categorias já sofrem com o pouco reconhecimento social no caso dos professores e o risco inerente ao trabalho no caso dos policiais. 

Veículos - As vendas financiadas de veículos em maio somaram 519,1 mil unidades, entre novas e usadas, incluindo autos leves, motos e pesados. O número representa um aumento de 15,3% em relação a maio de 2018 e engloba veículos novos e usados em todo o País. Do total, 199,1 mil representam veículos novos – 18,7% a mais do que em maio do ano passado – e 320 mil, de usados, alta de 13,2% na mesma base de comparação. A alta tem relação com maio de 2018, quando a paralisação dos caminhoneiros impactou negativamente o volume de financiamentos de veículos no período, o que resultou em uma base de comparação menor.