11 de jun de 2019

São Luís recebe a gasolina mais barata do Brasil, mas consumidor paga o oitavo preço mais alto das capitais

As distribuidoras de combustíveis de São Luís são as que recebem a gasolina pelo menor preço do país. Com o anúncio desta terça-feira (11) de uma redução de 3%, o valor praticado no estado, que era de R$ 1,64 (leia reportagem de MARANHÃO HOJE), caiu para R$ 1,59. Apesar dessa baixo valor nas distribuição, o preço médio para o consumidor é um dos mais altos do país, entre as capitais.

De acordo com o último levantamento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), encerrado sábado (08), o valor médio cobrado da gasolina nos postos da capital maranhense é R$ 4,63 (varia de R$ 4,49 a R$ 4,89). Apenas sete capitais têm preços maiores:
  • Rio Branco (AC)- R$ 5,04
  • Rio de Janeiro (RJ) – R$ 4,92
  • Goiânia (GO) – R$ 4,70
  • Belo Horizonte (MG) – R$ 4,70
  • Porto Alegre (RS) – R$ 4,65
  • Porto Velho (RO) – 4,64
  • Palmas (TO) – R$ 4,64.
A partir do próximo domingo (16) o valor de referência fixado pelo Governo do Estado para cobrança do ICMS deste combustível será R$ 4,66, pouco importando por quanto o consumidor paga na bomba. 

O valor é bem mais alto do fixado pelos estados do Amazonas (R$ 4,10), Amapá (R$ 4,17), Ceará (R$ 4,60), Distrito Federal (R$ 4,49), Espírito Santo (R$ 4,64), Goiás (R$ 4,63), Mato Grosso do Sul (R$ 4,49), Pará (R$ 4,54), Paraíba (R$ 4,50), Pernambuco (R$ 4,60), Paraná (R$ 4,29), Rio de Janeiro (R$ 4,99), Roraima (R$ 4, 44), Santa Catarina (R$ 4,29), Sergipe (R$ 4,61) e São Paulo (R$ 4,26).

A Secretaria Estadual de Fazenda nega que o preço final seja consequência do imposto cobrado e diz que define seu preço de referência pela média do levantamento quinzenal da ANP. 

Saiba quanto estão pagando pela gasolina os consumidores de todas as capitais:


CAPITAIS
UF
Nº DE
POSTOS
PESQUISADOS
PREÇO MÉDIO
PREÇO MÍNIMO
PREÇO MÁXIMO

RIO BRANCO
AC
29
5,041
4,216
4,406

MACEIO
AL
23
4,594
4,078
4,185

MACAPA
AP
24
4,170
3,753
3,842

MANAUS
AM
43
4,553
3,590
3,920

SALVADOR
BA
88
4,499
3,900
4,199

FORTALEZA
CE
101
4,600
3,958
4,317

BRASILIA
DF
47
4,361
3,945
4,276

VITORIA
ES
20
4,478
4,014
4,088

GOIANIA
GO
56
4,707
4,199
4,281

SAO LUIS
MA
49
4,637
3,874
3,913

CUIABA
MT
73
4,458
3,890
4,191

CAMPO GRANDE
MS
43
4,221
3,805
4,021

BELO HORIZONTE
MG
42
4,703
4,272
4,551

BELEM
PA
21
4,537
4,043
4,187

JOAO PESSOA
PB
24
4,576
3,987
4,117

CURITIBA
PR
54
4,175
3,820
3,973

RECIFE
PE
32
4,396
3,893
4,101

TERESINA
PI
41
4,567
4,061
4,273

RIO DE JANEIRO
RJ
79
4,924
4,347
4,696

NATAL
RN
27
4,608
4,016
4,305

PORTO ALEGRE
RS
38
4,654
4,135
4,380

PORTO VELHO
RO
27
4,647
3,940
4,154

BOA VISTA
RR
13
4,312
3,681
4,159

FLORIANOPOLIS
SC
36
4,222
3,765
3,998

SAO PAULO
SP
179
4,216
3,570
3,980

ARACAJU
SE
21
4,536
4,001
4,283

PALMAS
TO
10
4,649
4,070
4,220


Um comentário:

Anônimo disse...

Desculpe, mas essa tabela está confusa. Analisando os números percebe-se que há valores mais altos que os praticados em São Luis abaixo da oitava posição.