6 de jun de 2019

Já testado sem sucesso, projeto que transfere feriados do meio da semana para a segunda-feira é votado no Senado

Resultado de imagem para descansoGIRO ECONÔMICO 

A experiência foi testada sem sucesso quando José Sarney era presidente da República, pois, em vez de um, passaram a ser dois, mas a Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado aprovou, terça-feira (04), projeto de lei que prevê a antecipação aprovou nesta de feriados nacionais que caem em dias úteis para as segundas-feiras. A proposta do senador Dário Berger (MDB-SC) não afeta datas como Confraternização Universal (1º de janeiro), Carnaval, Sexta-feira Santa, Dia do Trabalho (1º de maio), Corpus Christi, Independência (07 de setembro), Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro) e Natal (25 de dezembro). 

Uma consultoria norte-americana aponta o Brasil como o sétimo país com mais feriados no mundo, 12 no total. Para o autor, o excesso de feriados é nocivo para empresas, trabalhadores e governo. “Nossa intenção com a presente proposição é, de um lado, preservar nossos feriados e datas comemorativas nacionais e, de outro lado, manter aquecida a atividade econômica de uma forma geral, o que redundará na proteção das empresas e dos trabalhadores”, destaca Berger.

O relator, senador Jorginho Mello (PL-SC), apresentou uma emenda ao texto. Ele sugere que a antecipação exclua os feriados disciplinados por estados, Distrito Federal e municípios. Se não houver recurso para análise no Plenário, a matéria segue para a Câmara. 

Saneamento - Relator do projeto de lei que possibilita a privatização dos serviços de água e esgoto, o senador Roberto Rocha (PSDB) afirma que a matéria “moderniza o marco regulatório de saneamento básico”. Para ele, o desenvolvimento do setor vai gerar milhares de empregos, melhorar a produtividade e os níveis de escolaridade. “Cerca de 35 milhões de brasileiros não têm água tratada. Metade da população não tem serviços de coleta de esgoto. Do esgoto coletado, apenas 42% são tratados. São dados graves”, diz ele. 

Saúde - No dia 18 de junho, o Serviço Social do Comércio (Sesc), órgão vinculado ao Sistema Federação do Comércio (Fecomércio) leva para o povoado Bom Viver, em Pinheiro, a sua Carreta Escola em mais uma ação do programa Saúde da Família. Durante sua permanência na comunidade, serão oferecidos serviços de exames preventivos, consultas ginecológicas, mamografia e outros. Desde seu lançamento, o programa já atendeu diversos municípios e o objetivo é ampliar mais este alcance. 

69º Congresso da FIFA - Paris 2019
Em Paris (França), o empresário Fernando Sarney (E), que 
é vice-presidente da CBF, com o presidente da Fifa, Gianni 
Infantino, que foi reconduzido ao cargo, o jogador Kaká e 
o presidente da CBF, Rogério Caboclo, no evento de lançamento 
da Copa do Mundo Feminina
Contas - O Tribunal de Contas do Estado (TCE) julgou regular, nesta quarta-feira (05), a prestação de contas do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) referente ao exercício de 2015. O relator foi o conselheiro Edimar Cutrim. 

Amoêdo - Falando para um público estimado em 300 pessoas, o presidente do Partido Novo, João Amoêdo, disse nesta terça-feira, em evento no Hotel Luzeiros, em São Luís, que o Brasil enfrenta uma grave crise, mas é preciso que todos reflitam e assumam suas responsabilidades por ela, pelo comportamento em cada eleição. “A responsabilidade pela situação do Brasil é nossa; é nosso dever mudar”, disse ele, pregando um voto mais consciente nos próximos pleitos, pois nem sempre o melhor candidato é o melhor gestor. 

Meio ambiente - Ministério Público, Governo do Maranhão, Tribunal de Justiça e o Conselho Estadual de Educação realizam, nesta quinta-feira (06) e na sexta (07), na Procuradoria Geral de Justiça, no Jaracati, em São Luís, o Seminário Estadual de Educação Ambiental, evento que vai reunir especialistas, gestores e ativistas da área ambiental, além de professores e estudantes das redes pública e privada. Na programação, estão previstas palestras, painéis, mesas-redondas e apresentações de experiências em educação ambiental.

Nenhum comentário: