14 de jul de 2019

Candidatos que fazem oposição a Flávio Dino e Edivaldo têm a preferência de mais de 60% dos eleitores da capital

Resultado de imagem para braide, wellington e adriano
Adriano Sarney, Wellington do Curso e Eduardo Braide somam mais de 60% das intenções de votos em São Luís
A pesquisa sobre intenções de votos para prefeito de São Luís em 2020 divulgada neste domingo (14) mostra que o governador Flávio Dino (PCdoB) e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) vão ter de trabalhar muito para reverter o quadro que favorece neste momento os candidatos do campo da esquerda.

De acordo com os números, nos dois cenários de pergunta estimulada, Eduardo Braide (PMN), que lidera as intenções de votos, somado com outros candidatos do campo da oposição chega a 60% ou mais, dependendo do cenário, ou seja, um grande risco dos governistas perderem ainda no primeiro turno, embora nem sempre os números apurados com bastante antecedência nem sempre se confirmem quando a disputa propriamente dita se inicia.

No cenário em que Duarte Júnior (PCdoB) aparece como candidato do governo, Braide, Wellington do Curso (PSDB) e Adriano Sarney (PV) somam 60%, enquanto Duarte, Neto Evangelista (DEM), Bira do Pindaré (PSB), Osmar Filho (PDT) e Dr. Yglésio (PDT) têm, somados, 29%.

No outro cenário, em que sai Duarte Júnior e entra Rubens Júnior (PCdoB), os três candidatos da oposição vão a 61% e os governistas atingem 21%. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Nenhum comentário: