15 de jul de 2019

Kátia Bogéa descarta disputar a Prefeitura de São Luís e diz que na vida pública seu papel é servir, pois é servidora

Apontada pelo MDB como uma das melhores opções para a disputa pela Prefeitura de São Luís em 2020, a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, declarou nesta segunda-feira (15) que cargo eletivo não está no seu radar, ou seja, pretende continuar trabalhando no serviço público apenas como técnica, fazendo boas parcerias com os políticos a fim de viabilizar recursos para os projetos que pretende desenvolver não apenas em São Luís, mas no Brasil, já que sua função hoje é de nível nacional.

Segundo Kátia Bogéa, sua atuação na esfera pública se resume a servir, já que é servidora, "com muito orgulho", cabendo o papel de fazer política aos políticos. Ele fez questão de ressaltar a boa parceria que mantém com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e pretende trazer mais benefícios para a cidade, por meio de convênios entre governos e a iniciativa privada, porém sem pretensões de vir a concorrer a qualquer cargo.

A presidente do Iphan anunciou que no próximo mês o presidente Jair Bolsonaro deverá vir a São Luís para entregar as obras de requalificação da Rua Grande, que foram iniciadas na gestão de Michel Temer, e anunciará o início as obras de reformas das praças João Lisboa e Largo do Carmo, além da Rua de Nazaré, e a construção da Praça das Mercês, ao lado do Convento das Mercês. Leia mais em MARANHÃO HOJE.

Nenhum comentário: