26 de set. de 2019

Projeto Hortas Pedagógicas da Embrapa apresenta primeiros resultados em escolas de São Luís

GIRO ECONÔMICO

Passado um mês da implantação do Projeto Hortas Pedagógicas em duas escolas públicas de São Luís, crianças, professores e pais fizeram nesta quarta-feira a colheita simbólica de verduras, legumes e frutas para preparar sanduíche de hortaliças. Segundo o chefe de transferência de de tecnologia da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Carllos Vitoriano, o objetivo foi demonstrar como essas podem ser, cada vez mais, bem nutridas não só de alimentos, “mas também de conhecimentos, ideias e sonhos”. 

 O Hortas Pedagógicas é uma política para a segurança alimentar e nutricional, por meio da educação e ferramenta de aprendizagem para estudantes do 1º ao 9º do Ensino Fundamental. A etapa piloto foi implantada no Maranhão pela Embrapa Cocais e parceiros municipais e estaduais.

Inicialmente, duas escolas públicas municipais de São Luís – a Unidade de Educação Básica – UEB Jackson Lago, na área urbana, e a UEB Augusto Mochel, na zona rural – receberam o projeto, que tem perspectiva de expansão para mais escolas da capital e do estado. 

Expoema - A Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema) deste ano, a 61ª da história, terá um foco maior na inclusão social e no conhecimento, mas há uma expectativa de geração de bons negócios nos seus oito dias de realização, embora nem de longe lembre as versões anteriores à suspensão motivada pela devolução ao Estado do Parque Independência. Serão apenas três leilões: Zebu (animais para cria, recria e engorda), Balde Branco (gado leiteiro) e Independência (de ovinos e caprinos). 

Circular - O presidente da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), Edilson Baldez, participou em São Paulo, do Encontro Economia Circular e a Indústria do Futuro, promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O evento teve como principal objetivo debater a adoção de princípios de circularidade e o desenvolvimento de novos mercados e cadeias produtivas para a indústria do futuro, onde três temas são priorizados: políticas públicas, modelos de negócio e financiamento. 

Cristiano Cantanhede Fernandes, filho do ex-presidente Luiz
Carlos Cantenhede Fernandes, é até agora o único empresário
que colocou seu nome à disposição da Associação Comercial do
Maranhão para a eleição de dezembro próximo
Mudança - Ao que tudo indica, a reinauguração do Edifício João Goulart, na Avenida Pedro II, para onde serão transferidos diversos órgãos da administração estadual, que estava prevista para agosto, ficará para dezembro, ou, quem sabe, para o próximo ano. 

Lixo - Três toneladas de lixo foram recolhidas, de 20 a 22, em São Luís no Clean Up the World, campanha mundial que estimula a sociedade a promover ações voluntárias de limpeza de praias e rios como forma de sensibilizar a população e os governos para a preservação da natureza. Todo esse material foi recolhido nas praias da Ponta d’Areia e da Guia e do Rio Pedrinhas. Em São Luís, a campanha é realizada desde 2012, mas este ano ganhou força com a integração de empresas, universidades, escolas e poder público. 

Advogados - Convênio celebrado pelo Centro de Estudos Constitucionais e Gestão Pública (CECGP) e a seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA) possibilita a advogados um desconto de até 20% no curso de pós-graduação de Ciência Política, que tem como objetivo geral o estudo da política no Brasil e fora dele, com uma reflexão sobre os aspectos teoria política, sistemas políticos e partidos políticos, bem como a análise das conjunturas no âmbito nacional e outras de âmbito internacional de maior interesse.

Nenhum comentário: