1 de out de 2019

Conselho das Micro e Pequenas Empresas da Federação das Indústrias realiza debate sobre mediação de conflitos

GIRO ECONÔMICO

O Conselho Temático de Micro e Pequenas Empresas da Federação das Indústrias (Fiema), realizou, semana passada, palestra sobre mediação de conflitos com o juiz Alexandre Lopes de Abreu. Segundo ele, desde 2010, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) implementou a Política de Tratamento Adequado de Conflitos. Isso fez com que os tribunais começassem a identificar as demandas diferenciadas e apontar formas também variadas de solução para as questões. 

Dentro do setor econômico, as demandas que são apresentadas, como a recuperação de crédito ou o entendimento com clientes que reclamam, ou a negociação com fornecedores, sempre careceu de um tratamento próprio e é exatamente isso que a gente veio apresentar, as inovações do TJ para o setor econômico.

Para Celso Gonçalo, vice-presidente da instituição, o objetivo de discutir o tema no âmbito do conselho temático foi expor aos empresários uma alternativa que eles podem acessar para resolver seus conflitos sem ser justiça. 

Certificação - O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) fez a entrega, semana passada, de certificados a 102 alunos do Programa de Aprendizagem Profissional Comercial em Imperatriz. As turmas que receberam certificação foram dos cursos de Aprendizagem Profissional Comercial em Serviços Administrativos, Serviços de Vendas, Serviços de Supermercados e Serviços e Operações em Logística. A solenidade contou com a presença das supervisoras educacionais do Senac, Eliene Aquino e Marlívia Macatrão. 

Ferrovias - A Comissão de Serviço de Infraestrutura (CI) do Senado analisa, nesta terça-feira (1º), o projeto de lei do senador José Serra (PSDB-SP), que permite à iniciativa privada a construção e a operação de suas próprias ferrovias, como atividade econômica. O projeto já foi aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), mas ainda não tem relatório na CI. O projeto estabelece que as autorizações não terão vigência predefinida, sendo extintas somente por cassação, caducidade, decaimento, renúncia, anulação ou falência. 

Na palestra sobre Mediação de Conflitos, na Federação das
Indústrias (Fiema), o juiz Alexandre de Abreu, com o
vice-presidente da entidade, Celso Gonçalo (D)
Magistrados - O juiz federal Carlos Madeira começa a se movimentar para dar musculatura ao seu projeto de ser o futuro prefeito de São Luís. Neste domingo (29), ele recebeu visitas de empresários que manifestaram intenção de apoiá-lo, caso esteja realmente disposto a suceder Edivaldo Holanda Júnior. 

Temporários - Pesquisa realizada em todas as regiões do país pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) estima que aproximadamente 103 mil vagas serão abertas até dezembro, um aumento de 43,8 mil postos de trabalho em relação ao previsto em 2018. O levantamento aponta um leve recuo de 72% para 69% no percentual de empresários que não têm a intenção de fazer contratações nesse fim de ano, sejam temporários, informais, efetivos ou terceirizados. 

Seletivo - O Serviço Social do Comércio (Sesc), órgão vinculado ao Sistema Federação do Comércio (Fecomércio), está com inscrições abertas para o seletivo voltado para contratação de profissional arte educador. As inscrições podem ser feitas desta terça (1º) a quinta-feira (03) em sua sede, na Avenida dos Holandeses (Calhau), das 8h30 às 11h30 e das 14h às 16h. Para concorrer uma vaga, os candidatos devem doar 1kg de alimento não perecível, de preferência arroz, para o Programa Mesa Brasil Sesc.

Nenhum comentário: