14 de jan. de 2020

Custo do metro quadrado na Construção Civil do Maranhão é o mais alto do Nordeste, segundo o IBGE

GIRO ECONÔMICO

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) teve variação de 0,22% em dezembro, ficando com a mesma taxa verificada em dezembro de 2018 e 0,11 ponto percentual (p.p.) acima da taxa de novembro (0,11%). Assim, o índice fechou 2019 em 4,03%, ficando 0,38 ponto percentual abaixo da taxa de 2018 (4,41%). Em dezembro de 2018, o índice havia sido 4,41%. A parcela dos materiais apresentou queda de 0,13%, com uma diferença de 0,30 ponto percentual em relação ao mês anterior (0,17%).

Leia mais:
Construção Civil fecha 2019 com o metro quadrado no Maranhão mais caro do Nordeste

Quando comparado com dezembro de 2018, com variação de 0,45%, a taxa mostrou queda de 0,58 ponto percentual. Já o valor da mão de obra apresentou alta (0,59%), influenciado pelas altas observadas nos estados do Piauí e Minas Gerais, decorrentes de acordos coletivos. Esta taxa mostrou-se bem acima ao ser comparada com o resultado de dezembro de 2018 (-0,02%), quando se mostrou próxima da estabilidade.

No Maranhão, para as empresas com oneração da folha de pagamento, o custo ficou em R$ 1.115,34 e sem oneração, R$ 1.190,63, em ambos os casos os mais elevados do Nordeste.

Alimentação saudável  - Visando à criação de novos hábitos alimentares em crianças e estimular a alimentação saudável, o Serviço Social da Indústria (SESI), por meio da Unidade de Promoção da Saúde Sesi Araçagi realiza neste terça-feira (14), das 09h às 11h, na Casa da Indústria Albano Franco (sede da Fiema), no bairro da Cohama, uma Oficina de Culinária Infantil, voltada para um público de 07 a 12 anos. Os participantes vão aprender também como preparar receitas saudáveis de forma prazerosa e divertida.

Leia mais:
Sesi desafia garotada a trocar hambúrguer, pizza e refrigerante por chuchu, beterraba e cenoura

Senac de Pinheiro - Ao participar semana passada da solenidade de certificação de 86 concludentes de cursos profissionalizantes nas áreas de Moda e Beleza, em Cururupu, o diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), José Ahirton Lopes, lembrou que em breve todos os formandos poderão ser funcionários ou instrutores do órgão. “Teremos em breve um moderno em Pinheiro, então aproveitem para participar do processo seletivo e das oportunidades de contratação com a inauguração desta unidade”.

Leia mais:
Senac certifica 86 novos profissionais na área de beleza no município de Cururupu


Fábio Ribeiro, presidente da CDL São Luís, e Socorro Noronha,
presidente da Federação dos Lojistas do Maranhão, que administram
o SPC no estado, aguardam com otimismo a entrada em operação do
Cadastro Positivo a partir desta quarta-feira. 


Leia mais:
SPC começa a disponibilizar nesta quarta-feira dados do Cadastro Positivo
Clube empresa - Dentre os projetos da área de esportes aprovados pela Câmara dos Deputados em 2019 está o PL 5082/16, agora está em análise no Senado, que prevê a criação do clube -empresa para obtenção de vantagens tributárias e renegociação de dívidas.

Rodovia dos Lençóis - O secretário da Infraestrutura, Clayton Noleto, comemora o início dos serviços da recuperação da MA 315, entre Barreirinhas e Paulino Neves, o que pode devolver sua importância para fortalecimento do turismo na Rota das Emoções, pois diminui a distância entre os dois extremos: Lençóis e Jericoacoara. Segundo ele, "os trabalhos iniciaram no primeiro trecho de 1.200 metros, na parte de Barreirinhas, e vão se intensificar em diversos novos pontos, tudo para garantir o tráfego em toda sua extensão".

Leia mais:
Rodovia entre Barreirinhas e Paulino Neves deverá ser fechada para veículos pesados

Força tarefa da Caixa - A Caixa implementou um modelo de atendimento e negócios para clientes do Atacado. Alinhado às práticas do mercado. O modelo envolve nova segmentação de clientes, ampla oferta de produtos e serviços, abertura de unidades de atendimento exclusivo com equipe especializada e foco em setores que o banco possui forte atuação, como infraestrutura, construção civil e agronegócio. O objetivo é ampliar os negócios com as empresas médias e para as grandes, o foco é o mercado de capitais e apoio a projetos de infraestrutura.

Nenhum comentário: