5 de jan. de 2020

Instituto interpreta errado números do turismo em São Luís e leva governo a superestimar movimento no setor

Números de visitantes é superestimado pela Secretaria de Turismo
Ninguém torce contra o desenvolvimento do turismo no Maranhão; muito pelo contrário, todos são a favor, daí a tristeza com a divulgação de números que atestam queda de empregos no setor, não estar entre os destinos mais procurados do país etc. O mais triste é perceber que o órgão responsável pelo seu fomento é iludido e tenta iludir com números fora da realidade com o objetivo de passar a impressão de que vai tudo bem.

Leia mais:
Governo diz que no carnaval de 2019, número de turistas na capital foi igual a 50% da população

Neste fim de semana, por exemplo, a Secretaria de Comunicação e Assuntos Políticos (Secap) divulgou duas notícias sobre as projeções do Turismo para 2020, com dados de assustar.  Com base em números do Instituto Interpreta, que ganha uma fortuna para fazer pesquisas para o Estado, a Secap apurou que em 2019, no período do carnaval, "São Luís recebeu 500 mil pessoas em cinco dias de festas". 

Carnaval fez população de São Luís aumentar 50% em apenas cinco dias,
segundo números apurados pelo Instituto Interpreta. Que viagem!
Imagina, leitor, o impacto que causa numa cidade a população aumentar em menos de uma semana 50%, mas isto é que os pesquisadores do instituto "interpretam", pois, segundo eles, aumentou de 1 milhão para 1,5 milhão a quantidade de pessoas dividindo os mesmos espaços de São Luís.

Pior é a contradição, pois, mesmo com este super crescimento populacional, a rede hoteleira ficou com 70% de ocupação, o que para as autoridades estaduais é motivo de comemoração, mas para os empresários do setor, uma frustração, pois fica próximo de entrar no prejuízo.

E tem mais sobre os números da Secap: "em 2018 pouco mais de 1,5 milhão de passageiros desembarcaram no Aeroporto Marechal Cunha Machado, em São Luís. Em 2019 esse número subiu, e a expectativa é que alcance a marca dos 2 milhões de visitantes". Bom, os números de 2019 ainda não foram fechados, mas os de 2018 apontam que passaram pelo Cunha Machado, em 12 meses, 1.598.004 passageiros, porém esta é a soma de embarcados e desembarcados. Os desembarques em 2018 somaram 782.980. 

Nenhum comentário: