24 de jan. de 2020

União com "bolsonaristas arrependidos" defendida pelo governador Flávio Dino recebe criticas do sociólogo e ativista de esquerda Milton Alves

Resultado de imagem para milton alves"
A movimentação do governador Flávio Dino (PCdoB) no campo conservador, e já adentrando à direita, com vistas à eleição de 2022 foi criticada pelo ativista social Milton Alves, que chamou de frente com "teto rebaixado" a articulação com bolsonaristas arrependidos, "sem a ruptura na economia e o restabelecimento dos direitos sociais confiscados a partir do golpe de 2016", conforme reportagem publicada pelo Blog do Esmael, um dos mais alinhados a partidos e políticos de esquerda.

Leia mais: 
Sociólogo e ativista de esquerda critica inclinação de Flávio Dino à direita

Milton Alves, que é autor do livro "A Política Além da Notícia e a Guerra Declarada Contra Lula e o PT", defende uma frente formada por PT, PSOL PCdoB, setores do PSB e PDT, PCO, personalidades progressistas, frentes sociais Brasil Popular e Povo "para derrotar globalmente o projeto antinacional e antidemocrático do governo Bolsonaro, apresentando uma programa de defesa da soberania nacional, dos direitos democráticos e sociais do povo".

Nenhum comentário: